Fundação Vanzolini

Os tempos são outros, os ventos sopram novidades e o mundo corporativo também é afetado pelas mudanças de comportamento e pensamento atuais.

Mais competitivo, mais digital e mais consciente de seus impactos no mundo, o mercado busca por líderes capazes de acompanhar as transformações.

Dessa forma, o aprendizado contínuo, proporcionado por um curso de MBA, é uma forma de acesso ao conhecimento essencial às novas e antenadas lideranças.

Pensando nas necessidades do mercado e na importância do MBA na formação de novos líderes, preparamos este artigo. Acompanhe a leitura e veja como um MBA em Liderança pode alavancar sua carreira!

Aprendizado contínuo e liderança: dupla de sucesso

Um profissional que entrega nem sempre é um líder preparado para assumir o papel de gestão. Isso porque as aptidões individuais que permitem as entregas não são suficientes, em muitos casos, para um lugar que envolve colaboração, engajamento, confiança e tomadas de decisão.

Desse modo, a liderança exige habilidades que extrapolam o desempenho individual e englobam uma conexão com as transformações sociais, ambientais e econômicas.

Assim, o aprendizado contínuo, proporcionado por um curso de MBA em Liderança, é uma maneira dos profissionais se prepararem para os desafios da gestão na atualidade, tão mais dinâmica, atenta, humana e consciente.

Os programas acadêmicos se mostram cada vez mais essenciais para o acesso a um conhecimento especificamente para a formação de líderes eficientes e atualizados.

Por meio do estudo de casos reais, de projetos de liderança e interações com professores experientes e atuantes no mercado, os alunos podem desenvolver habilidades de liderança como comunicação, tomada de decisão, resolução de conflitos e motivação de equipes.

Como falamos, competências essas que são fundamentais, hoje em dia, para se criar um ambiente de trabalho seguro e produtivo, além de gerar impactos positivos para a carreira e toda a organização.

Ou seja, a união de aprendizado com a liderança gera melhores condições e resultados de trabalho para todos os envolvidos.

A importância da liderança no ambiente de trabalho

O mercado tem buscado novos líderes, alinhados às atuais demandas da sociedade e atentos às necessidades das organizações diante das muitas transformações vividas.  

Nesse contexto, o papel da liderança é essencial e sua presença no ambiente de trabalho é a ponte capaz de conectar os valores e os propósitos da empresa com seus colaboradores, incentivando-os e engajando-os. 

Segundo o Instituto Gallup, profissionais que se dedicam estão emocionalmente comprometidos com a empresa e suas metas. Ou seja, eles se importam com seu trabalho e estão dispostos a colocar seu esforço para melhoria e crescimento da organização.

Pesquisas demonstram que 82% dos colaboradores querem desempenhar um papel importante, fazer a diferença e se sentir parte integrante da organização em que trabalham.

Assim, quando as pessoas estão engajadas, elas atuam mais motivadas, gerando melhores retornos para suas próprias carreiras e para a empresa.

Então, por meio de ações diretas, os líderes podem motivar e influenciar positivamente o sentimento de pertencimento e de valorização das pessoas do seu time, colaborando para esse comprometimento e expansão coletiva.

Mas, para isso, o líder precisa ter insumos e recursos para uma boa Gestão de Pessoas. É aí que entra o desenvolvimento da liderança e os cursos de MBA.

Habilidades de liderança desenvolvidas por meio de um MBA

O aprendizado contínuo e o aprofundamento em Gestão de Pessoas e Liderança permite que o profissional se torne um especialista qualificado, aumentando seu repertório, credibilidade e autoridade na área de atuação.

A vivência do curso de MBA permite o acesso ao conhecimento necessário para os desafios atuais da gestão e para as demandas do mercado. Com uma expertise mais profunda, o profissional tem melhores condições de desenvolver uma gestão de resultados positivos, favorecendo as pessoas do seu time, a organização e sua própria carreira.

Além disso, a qualificação permite que o líder adquira a capacidade de resolver problemas de forma mais criativa e ágil. Estes profissionais especializados são cada vez mais buscados por empresas que desejam soluções precisas e inovadoras para desafios específicos.

MBA como construção de redes de contato

A criação de redes de contato profissional é outro fator que destaca a importância do MBA em Liderança. Quando o profissional busca por uma especialização, ele passa a se relacionar com líderes de outras empresas e com os professores com experiência no mercado.

Essa vivência é enriquecedora, pois permite trocas valiosas entre as mais diferentes jornadas de gestão. 

A diversidade de segmento, de opinião, de pontos de vista agrega valor às discussões e abre horizontes para soluções inovadoras.

Em razão disso, um curso de MBA em Liderança é uma forma de expansão de conhecimento e de contatos, que podem se transformar em novas oportunidades de negócios e parcerias.

Como escolher o programa de MBA em Liderança certo para você

Depois de entender a importância do MBA em Liderança no ambiente de trabalho e a necessidade do mercado de contar com profissionais atualizados, conscientes e eficientes, é hora de você saber como escolher a formação que mais se encaixa com suas expectativas e demandas profissionais.

No momento de decidir por um curso de MBA em Liderança, leve em consideração:

Lembre-se que o estágio da sua carreira e as suas perspectivas futuras também devem ser consideradas ao escolher por uma formação acadêmica de especialização.

Sucesso e o impacto do MBA em Liderança na progressão de carreira

De acordo com uma reportagem publicada no site da Forbes, em geral, entre os principais fatores pela busca de um MBA está o desejo de ascensão na carreira.

Junto do crescimento profissional está o crescimento do salário e, nesse sentido, uma pesquisa salarial conduzida pela Catho Educação, de 2018, com mais de 2 milhões de profissionais, de mais de 25 mil empresas em 4.063 cidades de todo país, revelou que, em todos os níveis hierárquicos, o salário aumenta de acordo com o investimento em cursos de qualificação, como graduação e pós-graduação.

Ainda de acordo com levantamento da Catho, no caso de profissionais com cargos de coordenação, por exemplo, a pós-graduação/MBA ou o mestrado/doutorado podem aumentar os salários em, respectivamente, 53,7% e 47,4%.

Já em cargos de diretoria, a diferença salarial entre executivos com pós-graduação ou MBA, em comparação aos que não possuem essa formação, é de 47,2%.

Como podemos ver, a formação contínua agrega valor ao profissional e permite que ele alcance melhores condições de salário e posição dentro das organizações.

MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança: o seu próximo passo na carreira

A Fundação Vanzolini oferece o curso de MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança, que atende às necessidades do mercado na formação de novos líderes.

Então, se você tem interesse em liderar ambientes empresariais modernos, dinâmicos e digitalizados, nosso MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança pode ser o próximo passo em sua jornada profissional.

Por meio das aulas, você poderá aprimorar suas habilidades de liderança em empresas modernas e voltadas para a inovação digital, irá aprender ferramentas práticas e conhecimentos em áreas essenciais, como métodos ágeis, gestão de produtos digitais, gestão da inovação e transformação digital, além de liderança e desenvolvimento de equipes.

Este é um MBA completo para quem quer conquistar novos patamares na carreira e promover melhorias junto ao seu time e sua organização.

Acesse nosso site e conheça mais sobre a formação acadêmica específica para negócios e Gestão de Pessoas da Fundação Vanzolini.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

forbes.com.br/carreira/2023/02/e-hora-de-fazer-um-mba-tudo-o-que-voce-precisa-saber-para-decidir/

A área de Gestão de Projetos passou por mudanças significativas nos últimos anos. Devido ao desenvolvimento de novas tecnologias e a rapidez no compartilhamento de dados alcançados pela globalização, o planejamento e a execução de estratégias corporativas se tornaram mais dinâmicos. 

Assim, o mercado de trabalho começou a perceber que abordagens tradicionais de gestão de projetos nem sempre atingiam a eficácia necessária, por serem rígidas e bem definidas, não acompanhando a flexibilidade necessária em determinadas situações do atual cenário. 

O resultado da insistência na utilização de métodos tradicionais, quando não aplicáveis, é bem crítico, como atrasos nas entregas, despesas adicionais e até produtos fora de conformidade com as necessidades ou expectativas dos clientes. 

Atualmente, temos uma abordagem mais flexível e dinâmica, a Agilidade ou Agile. Uma inovadora metodologia de gestão, em consonância com o comportamento da sociedade. 

Hoje, a demanda por gerentes de projeto ágeis está aumentando rapidamente, oferecendo amplas oportunidades de crescimento profissional, em um campo dinâmico e em constante evolução. 

Veja, a seguir, as projeções e expectativas do mercado de trabalho para os próximos anos, além de conhecer diferentes cargos de atuação para investir seus conhecimentos!

O que faz um Gestor de Projetos?

Os gerentes de projetos são agentes de mudanças que precisam inspirar um sentimento de propósito nas pessoas, de acordo com o PMI (Project Management Institute) – uma das maiores e mais reconhecidas associações para profissionais de gerenciamento de projetos no mundo. 

Esses profissionais são responsáveis pelo acompanhamento de demandas específicas ou contínuas, do começo ao fim. Possuem um comportamento estratégico, organizando o planejamento e certificando-se de que todas as partes envolvidas estão executando suas ações, para que no final os objetivos estabelecidos sejam alcançados dentro do prazo, escopo e orçamento definidos.

Um Gestor de Projetos Ágil tem como base o PMBOK® (Project Management Body of Knowledge), um guia que descreve práticas recomendadas, diretrizes aceitas e até terminologias padronizadas no setor de gestão de projetos. 

O profissional atua diretamente com equipes multidisciplinares e multifuncionais, onde este contato refletirá em uma visão macro para gerenciar recursos. Sendo capaz de tomar boas decisões para eventuais falhas ou alterações de processo que demandem adaptações. 

Atualmente, a Gestão de Projetos é vista como uma das principais profissões do futuro, sendo suas habilidades cada vez mais valiosas, em um mercado onde as empresas precisam ser flexíveis, mantendo a eficiência para sobreviver.

Gestor de Projetos: um profissional altamente requisitado

Conforme citamos anteriormente, as empresas têm visto a posição como imprescindível para a sobrevivência organizacional. 

Por isso, conforme os dados do estudo “Talent Gap: Ten-Year Employment Trends, Costs and Global Implications”, publicado pelo Project Management Institute (PMI) em 2021, 2,3 milhões de pessoas serão necessárias, por ano, para preencher posições de gestão de projetos que são esperadas para abrir até 2030, o equivalente à 25 milhões de novos profissionais em 10 anos. 

Ainda de acordo com o Instituto, até 2027 o mundo contará com 87,7 milhões de profissionais trabalhando com gestão de projetos, uma crescente de 33% da área.

Em um mercado com números tão altos de profissionais atuantes, você pode estar se perguntando se ainda há espaço para novos talentos. A resposta é sim! 

Tendo um cenário econômico global turbulento, com empresas alcançando crescimentos abaixo do projetado, o Gestor de Projetos é visto como uma alternativa para evitar maiores perdas nas empresas. Para, assim, manterem o seu espaço no mercado e continuarem competitivas em relação à concorrência.

Além disso, com o aumento das metodologias ágeis, os gerentes de projeto não estão mais limitados a indústrias como construção e manufatura. Segundo informações divulgadas no relatório “Tendências Globais de Emprego – Gestão de Projetos 2023”, realizado pelo PMI, confira os principais setores em ascensão no mundo, os locais com maiores demandas para Gestores de Projetos:

Outro ponto que podemos destacar é que os Gestores de Projetos estão conquistando ótimas remunerações, por conta da alta demanda de vagas e a baixa oferta de profissionais qualificados. 

Dessa forma, a capacitação e desenvolvimento contínuo de conhecimento têm sido importantes para o setor. Segundo a pesquisa realizada pelo PMI sobre salários, profissionais que têm o certificado de PMP® (Project Management Professional) do PMI ganham 16% a mais, em comparação com aqueles que não têm.

As carreiras que um Gestor de Projetos pode seguir

Agile Scrum Master

O Scrum Master é o responsável por gerenciar o projeto de acordo com a metodologia Scrum. 

Sua função é garantir que todos da equipe estão seguindo os padrões ágeis em suas tarefas, que os processos estão atendendo aos objetivos definidos, de acordo com cada uma das partes (ex. clientes, empresa, funcionários) e que cada membro do time entenda suas responsabilidades dentro do todo. 

Costuma ser um profissional com ótima comunicação, visão analítica, escuta ativa, facilitador e agente de mudanças.  

Product Owner

O Product Owner é conhecido como “a voz do cliente” dentro do time. É responsável por transformar ideias em produtos tangíveis e, posteriormente, garantir a qualidade nas entregas, de acordo com o que foi definido para o projeto. 

Em sua rotina de gestão, utiliza o Scrum para organizar as demandas e obter o melhor resultado possível, com o menor tempo e custo. 

Além disso, é responsável por administrar o Product Backlog, o local onde novas funcionalidades, bugs ou melhorias são listadas e priorizadas, conforme a importância da função para os usuários, o tempo de desenvolvimento e outras dependências.

Agile Coach

O Agile Coach tem a responsabilidade de otimizar processos e agilizar a melhoria dos produtos em desenvolvimento, pensando no que, de fato, vai ao encontro dos objetivos e necessidades do cliente. 

Sua atuação independe do tamanho do time ou do segmento da organização. Contudo, apesar de sua função parecer similar à do Scrum Master, seu papel não está atrelado ao Scrum e a nenhum outro framework

O Agile Coach reúne conhecimento de diversas metodologias e frameworks. Dentre suas principais responsabilidades estão a organização de prazos, estimativas e previsões, o apoio às pessoas que se encontram em cargos de liderança e o acompanhamento completo de todos, para que o progresso da equipe e ou empresa seja contínuo, seguindo um fluxo de trabalho sem interrupções de projeto. 

Tendo habilidades tão amplas e importantes, o profissional desempenha um papel de coaching, prestando consultoria com análise de toda a empresa, para entregar treinamentos que ensinem a organização na aderência de práticas ágeis.

Soft Skills essenciais para um Gestor de Projetos

Além do conhecimento técnico sobre a gestão de um projeto (iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle e encerramento) e também sobre processos ágeis, o Gestor de Projetos deve desenvolver algumas habilidades comportamentais, ou soft skills, para um maior êxito em suas interações.

Este conteúdo foi útil para você? Aprenda mais sobre o assunto: a Fundação Vanzolini oferece cursos com especialistas na área, para você ampliar o seu repertório e transformar a sua carreira.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo! 

Diversos profissionais e empresas têm testemunhado uma revolução que está moldando o mercado: a ascensão do Big Data. A capacidade de coletar, armazenar e analisar volumes imensos de dados, muitas vezes complexos, está transformando o modo como corporações operam e tomam decisões estratégicas baseadas nessas informações.

Para que você saiba como o Big Data está presente nos mais variados segmentos do mercado, convidamos Renato Moraes, professor do MBA em Data Science & Analytics para Operações da POLI USP PRO e especialista no tema, que nos contará, em detalhes, como esse termo contribui para um novo futuro dos negócios. Confira!

O crescimento do Big Data

É inegável o grande crescimento do conceito de Big Data dentro das empresas. Segundo o profissional, essa evolução se dá especialmente por causa das tecnologias de geração de dados e de armazenamento.

“RFID (Radio-Frequency Identification — ou, em tradução, identificação por radiofrequência), telefonia móvel e as redes sociais geram um grande volume de dados sobre pessoas e objetos em diferentes formatos – como texto, áudio e vídeo.

Elas permitem acompanhar, em tempo real, a movimentação de materiais, animais e pessoas; as opiniões, avalições, percepções, emoções e sentimentos dos clientes e consumidores sobre produtos, marcas, empresas, lugares e ideias; além dos padrões de consumo e de comportamento”, afirma Moraes.

Além disso, o profissional completa dizendo que “esse enorme volume de dados gerados a cada segundo pode ser capturado e armazenado graças a tecnologias de comunicação e armazenagem. O desenvolvimento da computação nas nuvens permitiu armazenar esses dados de forma descentralizada, transparente e operacionalmente simples, na forma de Data Warehouses e Data Lakes”.

Aplicação nos diferentes setores

Atualmente, muitos setores do mercado utilizam o Big Data para proporcionar uma melhor experiência para seus consumidores, otimizar processos, desenvolver novos produtos, detectar fraudes e muito mais!

De acordo com o professor, “as tecnologias de manipulação e análise de dados são as que mais despertam o interesse das pessoas. Opções como aprendizagem de máquina, automação inteligente, inteligência artificial, reconhecimento de voz, processamento de linguagem natural e reconhecimento de imagens possuem fronteiras difusas e são termos mais frequentemente associados a ideia de análise de dados”.

“A evolução conjunta dessas diferentes tecnologias tem aberto novas possibilidades às organizações para tratarem grandes volumes de dados em diferentes formatos, gerados e transmitidos em grandes velocidades”, afirma o profissional.

Confira, a seguir, como algumas das principais áreas estão utilizando esse conceito em seu dia a dia:

Torne-se um especialista em Big Data!

Devido à grande ascensão do Big Data, o mercado está, cada vez mais, necessitando de profissionais especializados no assunto para aplicá-lo em vários setores. Por isso, essa é uma ótima oportunidade para aprofundar conhecimentos e atualizar-se sobre esse conceito em alta.

Para isso, o MBA em Data Science & Analytics para Operações da POLI USP PRO é ideal para quem quer se especializar em Big Data por meio de um curso certificado pela USP e que conta com um corpo docente renomado no mercado. Saiba mais sobre o MBA e inscreva-se agora mesmo!

Conquistar a vaga dos sonhos, chegar ao cargo almejado, ser reconhecido no trabalho. Para todos os movimentos dentro do mercado de trabalho, atualmente, é preciso muito mais do que apenas enviar um currículo e esperar por uma resposta.

O mundo mudou, o mundo do trabalho mudou e a forma de trabalhar também. As exigências das organizações e dos profissionais são outras e é preciso se atualizar para não ficar para trás.

Felizmente, para isso, há estratégias que podem ajudar você a se tornar um profissional mais preparado e pronto para se destacar no novo modelo de mercado de trabalho e garantir aquela vaga tão desejada.

Em primeiro lugar, é fundamental investir no aprimoramento das suas habilidades. Então, esteja sempre atualizado e em constante aprendizado, buscando cursos, workshops e certificações na sua área de interesse.

Além disso, é importante desenvolver uma autonomia e uma marca pessoal forte, que reflita seus valores e que seja capaz de diferenciar você dos demais candidatos.

Outra estratégia eficaz é construir um currículo e uma carta de apresentação personalizados, destacando suas principais realizações e aptidões relevantes para a vaga pretendida.

Mas, veja só, não se trata apenas de listar suas experiências em infinitos bullet points, mas de indicar como suas habilidades podem agregar valor à empresa e, em especial, ao cargo ou vaga almejada.

Desse modo, ao adotar essas estratégias, você estará um passo à frente na corrida pelo emprego dos sonhos. Então, veja a seguir algumas possibilidades de atualização e mãos à obra, comece a se destacar no mercado de trabalho.

Novo mundo, novas exigências do mercado de trabalho

Antes de falarmos da oportunidade em curso de atualização profissional para se destacar no mercado de trabalho, vamos apresentar um breve contexto do mundo atual, um mudo digital, no qual habilidades humanas e Inteligência Artificial (IA) coabitam e coexistem na mesma mesa.

Segundo o relatório “Futuro do Trabalho 2023”, do Fórum Econômico Mundial, divulgado no final do primeiro semestre de 2023, 69 milhões de postos de trabalho devem surgir, contra o desaparecimento de outros 83 milhões, até 2027.

A pesquisa mostra, ainda, que 23% dos empregos devem mudar nesse período, impulsionados, principalmente, pelas soluções desenvolvidas com o uso da Inteligência Artificial. Por isso, entre as tendências desse novo mercado, um dos principais destaques são as funções relacionadas ao Machine Learning (aprendizado de máquina) e demais ferramentas de IA.

Sendo assim, diante de transformações tecnológicas, soluções inovadoras, crises econômica e sanitária e dos grandes volumes de demissão, o mercado de trabalho tem colocado novos desafios e exigências para organizações, gestores e colaboradores.

Dessa forma, lidar com mudanças tecnológicas, estruturais e culturais tem feito parte do cotidiano de praticamente todas as empresas e, nesse sentido, é preciso ter muita flexibilidade para enfrentar as vulnerabilidades constantes. Praticar o popular “jogo de cintura” nunca esteve tão em alta. Não à toa, a flexibilidade tem sido uma das habilidades mais requisitadas.

De acordo com estudo de ManpowerGroup sobre escassez de talentos, as principais competências buscadas pelos empregadores brasileiros, com as habilidades humanas se destacando em uma era dominada pelo digital, são:

Depois de compreender a atual demanda no mercado de trabalho e suas exigências, vamos às dicas de como se destacar profissionalmente e na carreira, por meio de cursos de atualização.

Cinco dicas para se manter em alta no mercado de trabalho

Seja um profissional empático e flexível

Como falamos acima, as mudanças são muitas e também constantes na era digital. Tudo acontece em outra velocidade e, por isso, o profissional precisa saber lidar com vulnerabilidades, imprevistos e especificidades de cada organização e equipe.

Para isso, uma bagagem importante vem dos cursos de atualização voltado para a gestão de pessoas e autoconhecimento. Com o aprendizado, é possível transformar sua carreira, desenvolvendo habilidades essenciais para engajar e inspirar equipes.

Por meio do curso, você pode conhecer o seu perfil comportamental e de liderança, para então criar relações saudáveis com seus liderados e conquistar uma visão de gestão prática, com conhecimento sobre seleção de novos talentos, ferramentas de desenvolvimento de pessoas, clima organizacional e muito mais.

Seja um profissional atualizado sobre o mundo

Estar atento ao mundo ao seu redor é fundamental para se destacar no mercado de trabalho. Uma pessoa alienada do tempo e do contexto no qual ela vive dificilmente conseguirá entender dos problemas, das demandas e dos desafios que cercam a organização.  Então, se informe, leia jornais e busque informação em fonte confiável.

Seja um profissional por dentro da sua área de atuação

Como falado acima, saber das coisas que acontecem no mundo é importante para atuar no mercado de trabalho. Saber das coisas que envolvem sua profissão também é fundamental para que sua atuação não pare no tempo.

Então, por exemplo, se você é um profissional responsável por projetos, é necessário que você saiba quais são as novas ferramentas e métodos de gestão – como um Básico em Gestão de Projetos ou Agile Business Analysis, que estão em alta e vão agregar valor ao seu trabalho e à empresa.

Assim, para acompanhar as métricas e o resultado do seu trabalho, conheça quais são as ferramentas que vão auxiliá-lo nesse processo e invista em cursos que ofereçam esse domínio.

Seja um profissional que saiba fazer networking

Criar conexões, estabelecer contatos, ter uma rede de pessoas para fortalecer e colaborar com sua atuação. O famoso networking é uma ferramenta importante, que pode ligar pessoas às oportunidades.

Para desenvolver um bom networking, vale investir em um curso de oratória e storytelling, pois esses recursos podem ajudar na aproximação e na condução de conversas, além de trocas significativas para seu desempenho profissional.

A formação em oratória e storytelling também colabora para você se comunicar de forma clara e eficiente, tanto presencialmente quanto por meios digitais.

Seja um profissional que investe no seu conhecimento

Uma das formas mais eficientes de se destacar no mercado de trabalho é o investimento em conhecimento, em aprimoramento.

Então, como última dica: faça cursos, assista seminários, escute podcasts, leia livros e domine novas ferramentas que foram desenvolvidas para sua área.

Aposte em novos formatos de aprendizado, como da Vanzolini Play, que são mais dinâmicos, acessíveis a qualquer momento ou lugar e rico em conteúdo.

Por fim, com todas essas dicas à mão, é hora de se preparar e decolar na carreira, certo? Conte com a Fundação Vanzolini e seus cursos  atualização para se destacar cada vez mais e melhor no mercado de trabalho.

ENTRE EM CONTATO

Fontes:

Forbes

Você RH

Infor Channel

A Fundação Vanzolini informa aos seus clientes e parceiros que não é o organismo de avaliação da conformidade da 1Quality Instalações Técnicas de Gás Ltda (CNPJ 30.815.756/0001-50) e não reconhece o certificado, com data de emissão 03/06/2023 e validade 02/06/2024, que está sendo utilizado indevidamente nas propostas comerciais da referida empresa

Informamos ainda que já estão sendo adotadas as medidas cabíveis.

Fernando Tobal Berssaneti
Executivo Sênior da Unidade de Certificação da Fundação Vanzolini

Estar no mercado de trabalho, manter-se e destacar-se. São três ações diferentes que exigem preparo, posturas e práticas distintas por parte dos profissionais. (mais…)

A Fundação Vanzolini informa aos seus clientes e parceiros que não é o organismo certificador das panelas de alumínio do fabricante MP Alumínio. O código de registro da Fundação Vanzolini junto à CGcre – Inmetro – OCP 0001 foi utilizado indevidamente nas embalagens dos produtos.

Informamos ainda que já estão sendo adotadas as medidas cabíveis.

Supply Chain Management: Orquestrar mercadorias disponíveis – de acordo com as demandas dos clientes – com otimização e redução de custos; reger as atividades de transporte, armazenamento e estoque de produtos e insumos.

(mais…)

Na era da hiperconectividade, dados são preciosos. Em forma de números, tendências, informações e conteúdo, os dados são, hoje em dia, matérias-primas e recursos necessários para qualquer empresa. É com base na leitura de informações, cada vez mais complexas, geradas pelos dados, que as empresas têm tomado suas decisões de negócio, lançamento de novos produtos e até de gestão de pessoas.

(mais…)

Com informações do Prof. Dr. Daniel de Oliveira Mota

Uma sala com computadores e robôs. Essa é a imagem do futuro? Quando as palavras Inteligência Artificial, tecnologia, automação e futuro se encontram em uma frase, é quase certa a cena que se forma em nossas cabeças. Um mundo tomado por robôs e máquinas.

(mais…)