Fundação Vanzolini

Seu primeiro passo no Lean Seis Sigma está aqui. Você vai conhecer os conceitos das metodologias Lean e Seis Sigma que, juntas, produzem a inovação necessária para conduzir projetos de melhoria. Partindo de uma visão geral do Lean Seis Sigma (DMAIC), o curso aborda análises, conceitos, ferramentas e medidas que visam a solução de problemas complexos.

Veja tudo o que você vai aprender:

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Lidere projetos de melhoria contínua e treinamentos de times com uma das metodologias mais eficientes do mercado. Torne-se especialista para adquirir habilidades avançadas de análise, resolução de problemas e liderança. Você aprende com professores experientes e altamente capacitados para alcançar um dos mais altos níveis da certificação Lean Seis Sigma.

Veja tudo o que você vai aprender:

 

CERTIFICADO

É necessária a frequência mínima de 85% da carga horária do curso para garantir o seu certificado:

 

*É necessário ter acesso ao sistema operacional Windows (versão 10 ou superior). O Software Minitab não é compatível com o sistema operacional iOS.

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Torne-se um especialista nas metodologias Lean Seis Sigma. Amplie seus conhecimentos nas metodologias Lean e Seis Sigma e saiba como conduzir processos de melhoria para impulsionar a sua carreira com o curso Green Belt Lean Seis Sigma. Aprenda a aplicar ferramentas com o apoio de professores que têm ampla experiência de mercado e te preparam para um novo patamar profissional.

Veja tudo o que você vai aprender:

 

CERTIFICADO

É necessária a frequência mínima de 85% da carga horária do curso para garantir o seu certificado:

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Guia Lean Seis Sigma: saiba como implementar a metodologia que fará a empresa crescer, a partir da redução de danos e melhoria de atividades.

Gostaria de conhecer uma metodologia que melhora todos os processos da empresa? Com ela, as ditas “dores de cabeça” mais comuns são erradicadas e até mesmo possíveis adversidades são sanadas por antecipação.

Interessou-se pela proposta? Então este Guia Lean Seis Sigma é para você! Afinal, para um negócio crescer, a equipe precisa encerrar  o que tem dado problema.

Para fazer isso, são necessários conhecimentos de reestruturação, melhoria e otimização de processos, exatamente o papel do Lean Seis Sigma.

Como funciona a estrutura Six Sigma? Conheça a metodologia DMAIC

Utilizada para identificar problemas, analisar dados, implementar melhorias e manter os resultados, a metodologia DMAIC é uma das responsáveis pelo funcionamento da estrutura Lean Seis Sigma.

Mas, afinal, do que se trata o método?

Definir

O primeiro passo para iniciar qualquer ação é definir as metas a serem alcançadas. Porém, antes mesmo do primeiro passo, é preciso observar quais são as lacunas, problemáticas e dificuldades encontradas no sistema operacional da empresa.

A partir desse contexto, começa-se a perceber quais são os objetivos, as melhorias a serem feitas. Sem a definição clara dos propósitos, as chances de não se resolver certos problemas são altas.

Medir

Após a definição do objetivo, é o momento de delinear as métricas, baseadas na coleta de dados quantitativos e ou qualitativos do que será trabalhado. Assim, é possível ter uma ideia mais precisa dos próximos passos.

Analisar

Ao mensurar, a equipe consegue identificar onde estão os problemas operacionais. Nessa fase, ocorre o reconhecimento da raiz das adversidades, divergências e tudo o que tem atrapalhado o funcionamento da empresa.

É importante que a análise seja minuciosa, para não deixar nenhum obstáculo para trás, pois, mesmo com algumas questões resolvidas, outras ainda podem persistir.

Incrementar

Finalmente, o passo mais prático: pensar em estratégias e ações que solucionem as dificuldades encontradas nas fases anteriores. Essa é a hora de aprimorar e desenvolver melhorias onde quer que as adversidades estejam.

Controlar

Por último, o controle. Afinal, nem todas as atividades podem funcionar como estavam previstas no planejamento, assim, o próximo passo é monitorá-las para, então, ajustá-las.

O profissional responsável deve se apropriar de ferramentas de monitoramento para se certificar de como está a nova estratégia e se as metas estão sendo alcançadas como previsto.

Green Belt: um dos profissionais em Lean Seis Sigma

O gerenciamento das práticas Seis Sigma envolve profissionais de vários níveis, um deles é o Green Belt. A partir desse nível, o profissional está apto para gerenciar um projeto.

Qual é o papel e as responsabilidades do profissional Green Belt?

O Green Belt possui conhecimento que se inicia no nível intermediário e segue até o nível avançado em Lean Seis Sigma. Portanto, suas responsabilidades envolvem conhecer as teorias e saber colocá-las em prática em todas as fases do DMAIC.

Basicamente, ele pode liderar, lançar, gerenciar e controlar projetos de todos os níveis de complexidade, podendo até mesmo dar cursos e criar guias Lean Seis Sigma.

Leia mais: Six Sigma: como otimizar processos e operações

Quais são os conhecimentos e habilidades necessários?

Para ter os conhecimentos necessários e conseguir uma colocação na área, o profissional deve ter formação Green Belt Lean Seis Sigma, que aborda os seguintes conteúdos:

Em relação às habilidades, o especialista em Seis Sigma deve ter:

Como conseguir construir sua carreira com as certificações Seis Sigma?

Guia Lean Seis Sigma: conheça exemplos de casos reais

Motorola

A Motorola melhorou seu método de fabricação de semicondutores, materiais utilizados na condução de correntes elétricas, o que resultou na redução de defeitos e, por consequência, aumentou a satisfação e confiança dos compradores.

General Electric

A General Electric, uma das principais empresas fornecedoras mundiais de turbinas eólicas, utilizou o Seis Sigma para melhorar seus processos de fabricação. Assim, a empresa conseguiu reduzir bilhões de dólares em gastos na produção de motores de avião.

Amazon

No caso da Amazon, a operação logística foi a contemplada e o resultado foi uma otimização do fluxo de produtos nos centros de distribuição, o que trouxe mais eficácia e precisão na entrega dos pedidos.

Johnson & Johnson

Já a Johnson & Johnson elaborou melhores táticas de produção e controle de qualidade dos dispositivos médicos, resultando na redução de custos e aumento da segurança de seus dispositivos.

Mais exemplos de aplicação para se inspirar

O Lean Six Sigma é uma metodologia ampla e de fácil utilização e serventia em diversos setores, como o industrial, prestação de serviços, hospitalar, tecnológico, etc. Abaixo, confira mais exemplos de casos em que a metodologia pode ser aproveitada:

O resultado, no geral, é a diminuição das falhas processuais, das reclamações e insatisfações dos clientes. Isso porque, uma vez que se aumenta a eficiência e a qualidade das atividades da empresa, ela melhora sua entrega, aumenta a confiabilidade e evolui mais perante seu mercado.

Quer aplicar a metodologia Lean Seis Sigma no seu negócio?

Este não seria um guia Lean Seis Sigma completo sem a apresentação de uma qualificação à altura.

Nesse caso, o curso Green Belt Lean Seis Sigma possui, além de uma grade curricular plena, condizente com o setor de atuação, professores seniores com vasta experiência em ensino e consultoria.

Conheça nossa metodologia e dê ao seu negócio a chance de alcançar lugares maiores, a partir da resolução de problemas que estão impedindo o crescimento da empresa.

Se você tem interesse em se aprofundar mais neste assunto, conheça os cursos:

Yellow Belt Lean Seis Sigma

Green Belt Lean Seis Sigma

Upgrade para Black Belt em Lean Seis Sigma

ENTRE EM CONTATO

Fontes:

https://caetreinamentos.com.br/blog/carreira/metodologia-lean-six-sigma-aplicado-a-logistica/

https://www.escolaedti.com.br/seis-sigma-aplicado-em-diferentes-areas

https://vanzolini.org.br/blog/educacao/introducao-seis-sigma/

Você sabe o que é Lean Six Sigma? Acompanhe o texto até o final e entenda porque a certificação Lean Six Sigma é tão importante para o seu negócio!

 

Para elevar a sua empresa a um alto nível de qualidade produtiva, é indispensável que você compreenda o que é Lean Six Sigma.

Além da brasileira Ambev, marcas consagradas no mercado internacional como Nike, Toyota, Intel e Ford também atingiram seu sucesso graças à aplicação da metodologia Lean Six Sigma.

Quer saber mais sobre esse método? Leia até o final e entenda como ele pode ser aplicado na gestão da sua empresa. Aprecie a leitura!

O que é Lean Six Sigma? Entenda a estrutura

O primeiro passo para entender o que é Lean Six Sigma é saber que essa metodologia é a junção de dois processos de gestão distintos: o Lean Manufacturing e o Six Sigma.

Lean

O Lean Manufacturing é uma filosofia de gestão criada nos anos 40, durante a era toyotista. Seu principal objetivo é eliminar quaisquer tipos de desperdícios em um processo produtivo.

Amplamente recorrentes nas empresas, existem 7 principais “gargalos” que prejudicam uma cadeia de produção e são combatidos pelo método Lean. São eles:

  1. Processamento desnecessário: operação ineficiente que provoca aumento do tempo de produção;
  2. Movimentação desnecessária: deslocamento frequente de colaboradores de um lugar a outro;
  3. Estoque excessivo: mercadorias em quantidade exagerada, que provocam problemas de armazenamento e espera de venda;
  4. Superprodução: Produção desenfreada, sem acompanhar a demanda de pedidos, gerando desgaste na equipe e problemas de estoque;
  5. Espera: quando a equipe fica esperando o recebimento de matéria-prima ou algum outro item necessário na etapa produtiva;
  6. Defeitos: erros que geram retrabalho e tempo extra;
  7. Transporte: ação desnecessária de levar produtos ou peças de um lugar a outro no ambiente de trabalho.

Six Sigma

Enquanto o Lean se preocupa em eliminar desperdícios e enxugar o tempo de produção, o Six Sigma é um conjunto de esforços qualitativos, que buscam evitar defeitos nos produtos e serviços.

Criado nas atividades da Motorola nos anos 80, esse método se destaca pela ação objetiva de identificar os problemas produtivos e agir diretamente com foco na solução.

Para garantir a eficiência da metodologia, alguns termos como os Belts e a DMAIC são colocados em prática, conforme você entenderá melhor abaixo.

DMAIC

A principal estratégia por trás da metodologia Six Sigma é a DMAIC, sigla para “Definir, Mensurar, Analisar, Incrementar e Controlar”. Vejamos melhor o que é cada uma dessas etapas:

Cada etapa é fundamental para entender o que é Lean Six Sigma. Por meio da aplicação prática da DMAIC no seu negócio, os indicadores de qualidade do processo dispararão em 99,9996% de eficácia!

O profissional Green Belt

Dentro da organização interna do Six Sigma, existe uma classificação que categoriza as funções específicas de responsabilidade do gestor, são os chamados Belts (cinturões, em português).

Imagine o exemplo de uma determinada arte marcial. Você inicia o treinamento no nível mais básico, representado pela faixa branca, e progride até o mais elevado, que é a faixa preta.

Essa analogia é fundamental para compreender o que é Lean Six Sigma, afinal, a mecânica é a mesma, iniciando com o White Belt e podendo evoluir até o Master Black Belt.

Nessa classificação, o Green Belt é o gestor que já superou os níveis iniciais (White e Yellow Belt) e tem um foco mais direcionado ao aprimoramento de processos.

Ao obter a  certificação Lean Six Sigma, você estará habilitado a liderar os projetos de melhoria contínua com mais propriedade, devido à bagagem das experiências anteriores.

Além disso, uma das principais funções do Green Belt é a análise minuciosa de dados estatísticos dos processos e os problemas que prejudicam a sua execução.

Atrás apenas do Black Belt e do Master Black Belt, a certificação Green é uma das mais requisitadas do mercado, em virtude da versatilidade e da alta importância de suas funções.

Casos e tendências da metodologia Lean Six Sigma

Agora que você já sabe que Lean e Six Sigma são duas metodologias que se unem para buscar a excelência do trabalho, é hora de ilustrarmos com um exemplo!

Imagine que, numa hipotética indústria alimentícia, os colaboradores da linha de produção devem passar por uma barreira sanitária para higienização das mãos, antes de entrar no setor.

Essa é uma exigência das normas de manipulação de alimentos e a empresa está dentro dos parâmetros, o que mostra um compromisso com a qualidade do produto.

O problema é que essa barreira não foi colocada em um ponto estratégico e, após a lavagem das mãos, a equipe precisa se deslocar por um longo trajeto até chegar ao posto de trabalho.

Esse descolamento ocasiona um atraso diário de alguns minutos na produção e dificulta a boa execução do processo de fabricação.

Uma maneira simples de resolver o problema é trocar o ponto de higienização de lugar, deixando-o mais próximo do setor para evitar uma movimentação desnecessária.

Aplicando o conceito de enxugamento nesse caso, há economia de deslocamento, de tempo e o processo fica mais otimizado para potencializar a produção.

O trabalho do gestor Green Belt seria observar essa situação, medir exatamente quanto tempo cada funcionário estava levando para se movimentar sem necessidade e propor essa adaptação aos diretores da empresa.

A importância da certificação Lean Six Sigma

Diante da altíssima relevância do profissional Green Belt e da metodologia como um todo, a certificação Lean Six Sigma é uma maneira de demonstrar ao mercado a sua capacitação profissional.

Da perspectiva do empregador, contratar alguém certificado significa trazer qualidade técnica e experiência ao empreendimento, o que vai melhorar consideravelmente o trabalho e as vendas.

Já pelo lado do empregado, terá mais chances de ser integrado a equipes capacitadas e simpatizantes ao método Lean Six Sigma, o que pode gerar um valioso crescimento profissional.

Essa certificação é obtida por meio de cursos específicos e também programas de capacitação ofertados pelas próprias empresas a fim de melhorar os indicadores da equipe.

Conclusão

Como você percebeu, organização é uma palavra-chave para compreender o que é Lean Six Sigma no mercado moderno.

A partir da junção de duas metodologias, resulta-se numa estratégia poderosa e comprovadamente eficaz para melhorar a qualidade do seu negócio como um todo.

Otimizando processos de trabalho, os colaboradores ficam mais felizes e realizados, desse modo, produzem com mais motivação, o que dispara no faturamento do seu negócio!

Invista em capacitação para a sua equipe! Aproveite os nossos cursos especiais e leve a metodologia Lean Six Sigma para dentro da sua marca!

Fontes:

caetreinamentos.com.br

kanbanize.com

Este conteúdo foi útil para você? Aprenda mais sobre o assunto: a Fundação Vanzolini oferece cursos com especialistas na área para você ampliar o seu repertório e transformar a sua carreira.

 

Conheça os cursos de Lean Seis Sigma da Fundação Vanzolini.

ENTRE EM CONTATO

A metodologia gerencial Lean e Seis Sigma é uma abordagem de processos empresariais focada em incrementar os negócios e alcançar poderosas melhorias na produção e serviços (mais…)

A metodologia Lean Seis Sigma é reconhecida como uma das mais avançadas e eficazes do mercado para atingir novos patamares de produtividade.

(mais…)

Obtenha os conhecimentos da metodologia Seis Sigma com a certificação Green Belt e dispare na frente de concorrentes, com uma das capacitações mais procuradas na gestão de projetos

A metodologia Seis Sigma diz respeito a uma abordagem estruturada para melhoria de processos, e entre os benefícios, destaca-se sua eficácia em reduzir variações, eliminar defeitos e maximizar a eficiência operacional.

Em uma empresa, a metodologia representa a resolução dos problemas que contribuem para a falta de eficiência de certas atividades e da qualidade da instituição em geral. 

Para aplicar um método tão completo e benéfico, existem as certificações necessárias. O curso Green Belt Lean Seis Sigma, por exemplo, é uma oportunidade para os profissionais se tornarem especialistas na aplicação dessa metodologia, por meio de uma abordagem sistemática e altamente eficaz, para melhorar os processos e a qualidade em uma organização.

Para ter uma visão geral do curso e como ele capacita os profissionais a implementarem o Seis Sigma, fique até o final!

Quais são os fundamentos do Seis Sigma?

O curso começa geralmente com uma introdução aos princípios fundamentais do Seis Sigma, incluindo a metodologia DMAIC (Definir, Mensurar, Analisar, Incrementar e Controlar), e a importância da redução da variabilidade nos processos.

Sem dúvida, a sigla DMAIC representa bem os fundamentos da metodologia, por ser a principal sistematização do Green Belt.

Abaixo, confira sua definição:

Definir

Etapa na qual se define quais são as defasagens, as dificuldades e as lacunas a serem preenchidas no sistema organizacional da empresa. Portanto, é uma fase diagnóstica, o momento em que se detectam as problemáticas que serão solucionadas nas fases seguintes.

Os responsáveis pela definição devem se atentar à detecção de forma crítica e detalhada, pois se trata do ponto de partida para estabelecer metas alcançáveis, que impulsionarão as melhorias e a evolução desejada.

Mensurar

Após a definição dos problemas, há a medição deles. Afinal, as providências tomadas devem ser estabelecidas conforme a magnitude das brechas. Nessa etapa, os responsáveis coletam dados quantitativos e qualitativos para medir a qualidade das atividades da empresa.

Não se deve subestimar a mensuração, uma vez que ela entrega uma visão abrangente dos problemas e como eles afetam o funcionamento institucional. Por outro lado, a medição ainda demonstra quais são os acertos, esses, que podem ser mantidos após a análise.

Analisar

Na etapa de análise, o profissional Green Belt se responsabiliza por identificar as causas dos problemas das fases anteriores. Assim como todo problema tem uma solução, eles também têm uma causa, sendo indispensável conhecê-la para encontrar as possíveis resoluções.

Na análise, deve-se responder às questões como: os motivos dos erros e quais são as ações, atividades, estratégias e métodos cujo desempenho está prejudicando o andamento da empresa.

O responsável deve, obrigatoriamente, realizar uma investigação minuciosa para não deixar passar nenhum problema, pois eles atrapalham o andamento do projeto.

Incrementar

Agora, é o momento de colocar em prática as ações que irão solucionar os problemas identificados nas fases anteriores. Tudo o que foi visto como empecilho, adversidade, impedimento, falha, complicações, etc., é ajustado e melhorado. Em resumo, trata-se da fase das soluções práticas.

Controlar

Por último, realiza-se o controle das práticas concebidas na fase de incremento. O controle permite verificar se as medidas foram eficazes, portanto, serve como um termômetro do sucesso do projeto.

Essa verificação não deve ser dispensada, pois em um cenário no qual as soluções não estão sendo eficientes, a equipe pode contorná-las em vez de perceberem os danos somente quando eles forem irreparáveis.

A DMAIC, a principal metodologia Seis Sigma, foi criada com o intuito de percorrer cada processo do projeto, sendo muito bem estruturada e, por isso, eficiente.

Do que se trata a certificação Green Belt? 

A certificação Green Belt é uma das mais procuradas da metodologia porque está no topo da pirâmide belt, no primeiro nível no qual o profissional pode liderar a gestão de projetos.

Após o White e o Green Belt, os conhecimentos são mais avançados, justamente porque a pessoa não somente participa, mas gerencia o projeto. Então, a certificação oferece o conhecimento necessário para implementá-lo e melhorá-lo exponencialmente.

Com certeza, o curso em questão cresce a carteira profissional de quem o realiza, além de abrir muitas portas profissionais. Pois, com esses conhecimentos avançados, principalmente devido à capacidade de análise de estatísticas e extração dos dados sobre os problemas enfrentados, podem-se obter as possíveis soluções.

Sendo assim, o profissional Green Belt consegue:

Como o processo de certificação funciona?

Na Vanzolini, os professores da certificação Green Belt são especialistas com vasta experiência no mercado, todos com atuações reais e, é claro, de sucesso. Para se ter uma noção da qualidade, confira o conteúdo programático:

Para saber mais, leia: Por que a Fundação Vanzolini é uma autoridade em Green Belt?

A partir de todos esses conhecimentos, os participantes desenvolvem habilidades para implementar a metodologia Seis Sigma de forma eficaz e completa, capaz de agregar valor ao produto ou serviço oferecido pela empresa.

Seja você o profissional responsável por alavancar um projeto e incremente seu currículo com certificação e cases de sucesso por meio do Green Belt. 

Este conteúdo foi útil para você? Aprenda mais sobre o assunto: a Fundação Vanzolini oferece cursos com especialistas na área para você ampliar o seu repertório e transformar a sua carreira.

Leia mais aqui:

Green Belt e a gestão de mudanças organizacionais

Por que a Fundação Vanzolini é uma autoridade em Green Belt?

Certificações Seis Sigma, do White ao Master Black Belt

Green Belt Lean Seis Sigma

ENTRE EM CONTATO

Seis Sigma

Seis Sigma

Compartilhe:

O Lean Seis Sigma é uma metodologia que visa a redução de erros/defeitos em processos empresariais, além da eliminação dos desperdícios associados, com consequente melhoria dos resultados do negócio, associada ao aumento da produtividade. É uma das metodologias que tem provado maior índice de sucesso na sua utilização em empresas dos mais variados portes.

A Fundação Vanzolini possui mais de 21 anos de experiência na implantação do Lean Seis Sigma, tanto em empresas de manufatura e serviços, situadas no Brasil como no exterior (América Latina). Seus especialistas são todos consultores seniores, com experiência e vivência obtidas em empresa líderes nesta metodologia. Didática e profundo conhecimento de suas ferramentas é sua especialidade.

O modelo desenvolvido para a implantação da metodologia é reconhecido como sendo um dos mais avançados e eficazes que existem no mercado.

Podemos oferecer diversas soluções para as empresas:

  • Elaboração do plano de implementação, seleção dos projetos e dos especialistas (belts) em Lean Seis Sigma
  • Capacitação da liderança da empresa para a condução do processo
  • Suporte aos projetos dos especialistas (coaching)
  • Treinamento de especialistas em vários níveis (Master Black Belts, Black Belts, Green Belts Yellow Belt e White Belt)
  • Cursos in Company, formatados de acordo com as necessidades específicas de cada cliente
  • Auditorias para comprovação dos resultados

 

Quer saber mais?
Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

    A introdução ao Seis Sigma é uma excelente opção para alcançar melhorias nos processos gerenciais das empresas preocupadas com a qualidade de seus serviços e produtos.

     

    Toda empresa necessita de processos internos cada vez mais eficientes e econômicos. Assim, a introdução Seis Sigma é fundamental para reduzir erros e falhas nas operações.

    O Seis Sigma é uma metodologia que melhora o desempenho das empresas a partir da análise dos seus processos, garantindo competitividade do negócio no mercado.

    Para saber por onde começar, acompanhe a leitura a seguir!

     

    O que é o Seis Sigma?

    O Seis Sigma é uma metodologia de controle de qualidade, cujo propósito é identificar erros e defeitos nos processos internos de uma empresa.

    Após a identificação desses problemas, é implementada uma série de melhorias nas operações internas, visando reduzir custos e aumentar os lucros do negócio.

    Mas o que significa Sigma? Essa expressão possui origem na língua inglesa, porém, o sigma é uma letra do alfabeto grego (σ) que representa variações estatísticas.

    Por isso, no universo empresarial, o Sigma é utilizado para medir a frequência de erros e acertos em diversas operações.

    Geralmente, são avaliadas como as transações estão utilizando os recursos para satisfazer os seus clientes, e se está gerando mais lucros ou prejuízos para a empresa.

    Ou seja, o Sigma determina quantas vezes ocorre desperdício, economia e lucro.

     

    Níveis de Sigma

    Para determinar as frequências das operações, é utilizado um sistema de níveis de Sigma que representam a escala de qualidade do negócio.

    O nível Seis Sigma é o mais avançado e o ideal. Quando o Seis Sigma é atingido, significa que a empresa está operando no mais alto nível de excelência.

    Mas, vamos entender os outros números da escala.

    A empresa que está no nível de 1-sigma possui uma taxa de sucesso muito baixa, o que significa que os seus processos estão gerando mais prejuízos e menos satisfação para o cliente.

    O nível mediano é o 3-sigma, mas, ainda assim, é preciso continuar aprimorando os seus processos. Afinal, clientes prezam pela excelência e não pelo básico.

    Para atingir o Seis Sigma, é necessário otimizar processos e reduzir as falhas da sua corporação.

    Dessa forma, é importante saber a introdução Seis Sigma e utilizar essa metodologia para obter um diagnóstico preciso do seu negócio.

     

    Como funciona essa metodologia?

    O Seis Sigma funciona a partir da definição de metas e dos meios para atingir esses objetivos.

    Após a primeira parte, é necessário coletar dados e fazer uma análise apurada de toda a parte operacional da corporação, por isso a importância da introdução Seis Sigma.

    A partir do resultado das análises, é importante trilhar um caminho para implementar melhorias e garantir a excelência.

    Mas, para que isso seja executado da melhor forma, há a estratégia DMAIC, o método para atingir o Seis Sigma:

     

    Definir

    O primeiro passo é definir quais são as metas que a sua empresa precisa alcançar.

    Comece avaliando as dores dos clientes e depois observe o andamento das suas operações. Assim, você terá clareza sobre o que precisa melhorar.

     

    Mensurar

    A partir da observação do sistema operacional da sua empresa, é hora de estabelecer métricas para atingir níveis maiores de qualidade.

    Saber como funciona 100% das operações ajuda a alcançar as metas definidas no primeiro passo.

     

    Analisar

    Identifique os erros e crie novos caminhos para eliminar os problemas na sua operação.

    Para isso, tenha dados estatísticos em mãos, evitando análises equivocadas.

     

    Incrementar

    É hora de melhorar o seu sistema por meio de novas soluções. Utilize toda a sua criatividade e transforme a maneira de executar as atividades.

    Não é necessário realizar mudanças estruturais, ao  aprimorar a operação já aumentará o nível de excelência.

     

    Controlar

    Após realizar toda a estratégia, é hora de controlar o novo sistema desenvolvido.

    Nesse momento, o importante é garantir que todas as metas definidas sejam alcançadas e mantidas.

    O ideal é utilizar ferramentas de monitoramento em tempo real, trazendo mais otimização e praticidade para a gestão.

     

    Quais etapas devo seguir?

    Agora que você já sabe como funciona o DMAIC, é hora de aprender como essas etapas podem ser executadas, de fato, no seu negócio.

     

    1. Desenvolva o seu projeto

    Para definir metas a serem alcançadas, é necessário, primeiro, criar um projeto. Porém, antes, é necessário conhecer o seu sistema atual e entender os erros existentes.

    Após isso, você conseguirá preparar, planejar e organizar as suas próximas ações.

     

    2. Identifique oportunidades e erros

    Aqui você irá descobrir os pontos fortes e fracos dos seus processos operacionais. A partir disso, é hora de definir novas estratégias e aumentar a capacidade daquilo que já funciona.

     

    3. Implemente as melhorias

    Após a identificação de erros e acertos, você saberá em que nível Sigma a sua empresa se encontra.

    Assim, é o momento de implementar as melhorias e monitorar o novo sistema.

     

    Quem são os responsáveis pelo desenvolvimento do projeto?

    Para que o projeto Sigma tenha sucesso na sua empresa, é preciso envolver todos os funcionários. Porém, é importante desenvolver uma equipe multidisciplinar capaz de alcançar resultados promissores.

    Essa equipe deve ser liderada pelo Champion e pelo Black Belt. Todos eles devem ser altamente capacitados na metodologia Seis Sigma para executar essas ações.

    O que faz o Champion? Garante que as melhorias sejam implementadas com sucesso, evitando barreiras. Ele aprova ou reprova propostas de melhorias no sistema.

    Já o Black Belt é o líder da equipe. Ele conduz todos os membros na execução correta do método DMAIC, além de identificar oportunidades de melhorias nas operações.

    A equipe multidisciplinar, liderada por esses profissionais, deve ser envolvida e motivada a melhorar todo o sistema do negócio. Os dados devem ser coletados e analisados com seriedade. A comunicação clara e precisa com as lideranças também é fundamental.

     

    Essa metodologia apresenta resultados?

    Com certeza! Um dos pioneiros de maior sucesso na metodologia Seis Sigma é a General Electric. Nos anos 90, a empresa passou por uma mudança em seus sistemas a partir da implementação de melhorias na sua equipe.

    Tudo foi avaliado e executado a partir da introdução Seis Sigma, em que foi possível aumentar consideravelmente a produtividade e os recursos financeiros da corporação.

    Este conteúdo foi útil para você? A metodologia Seis Sigma é reconhecida como sendo uma das mais avançadas e eficazes no mercado. A Fundação Vanzolini oferece diversas soluções para as empresas, além de um conjunto de cursos, com especialistas na área.

     

    Conheça as soluções Seis Sigma da Fundação Vanzolini

     

    E se você tem interesse em se aprofundar mais neste assunto, conheça os cursos:

    Yellow Belt Lean Seis Sigma
    Green Belt Lean Seis Sigma
    Upgrade para Black Belt em Lean Seis Sigma

     

    ENTRE EM CONTATO