Get 10% extra OFF on Porto Summer Sale - Use PORTOSUMMER coupon - Shop Now!

Certificações para empresas: por onde começar?

Certificações para empresas: por onde começar?

Certificações empresariais são o resultado de uma jornada de conhecimento e aprendizado que geram confiança dos clientes e melhoram a qualidade da execução de processos, serviços e produtos da empresa

O que são e para que servem as certificações empresariais?

Certificações são muito mais do que quadros emoldurados nas paredes. As certificações nas empresas, e também em organizações sem fins lucrativos, são o resultado de uma jornada de conhecimento e aprendizado que tem, como objetivo, melhorar os processos, produtos e serviços de uma empresa.

Por meio dos caminhos percorridos para se obter uma certificação, há desenvolvimento organizacional e amadurecimento técnico e teórico, que refletem em maior destaque e melhor desempenho da organização dentro do cenário nacional.

Os certificados são também, muitas vezes, fundamentais para determinadas transações comerciais, para fechamento de contratos e para o cumprimento de exigências legais.

No entanto, é importante destacar que as certificações extrapolam os limites das áreas jurídicas e financeiras na medida em que agregam valor aos profissionais e aos times envolvidos, promovendo a capacitação dos colaboradores. O investimento em certificações é capaz de expandir horizontes e conferir mais credibilidade para as empresas e seus colaboradores.

Mas, por onde começar? Quais formações e certificações podem ser o início dessa trilha? Para responder a essas questões e te ajudar a compreender melhor a importância das certificações, preparamos este artigo.

Acompanhe a leitura!

Qual a importância das certificações para as empresas?

Para começar, vamos destacar alguns pontos que mostram a importância das certificações para o desenvolvimento e posicionamento de uma empresa no mercado.

As certificações fazem a diferença, pois atestam o comprometimento das organizações com o desenvolvimento profissional de seus colaboradores e com a melhoria sistêmica de seus processos e produtos.

Ao se posicionar como uma empresa que se importa com a qualidade de seus serviços e de seu pessoal, ela ganha credibilidade perante o mercado, que a reconhece nesse lugar de compromisso e seriedade nas ações, aumentando e melhorando, assim, sua reputação.

O investimento em formações e no caminho que se leva à obtenção dos certificados são reconhecidos em forma de mais confiança por parte dos clientes, que se sentem mais seguros e protegidos, e dos próprios colaboradores, que se sentem mais valorizados.

Então, para as empresas, as certificações agregam valor, pois:

  • geram mais confiança aos clientes;
  • tornam os colaboradores mais capacitados, valorizados e satisfeitos;
  • melhoram a qualidade da execução de processos, serviços e produtos;
  • refletem em maior produtividade.

Qual a importância das certificações empresariais para as pessoas?

Vamos, agora, destacar alguns fatores que tornam as certificações importantes também para as pessoas. Os certificados, como dissemos, são o resultado de uma travessia de conhecimento e, desse modo, os profissionais que passam pelas formações saem com bagagens importantes para sua atuação tanto na empresa como na vida.

As certificações empresariais permitem a obtenção de ferramentas e experiências que auxiliam o colaborador a encontrar soluções inteligentes e a lidar melhor com os problemas e desafios inerentes ao dia a dia no mundo do trabalho.

Obter o certificado de uma instituição importante e reconhecida pela qualidade gera também mais confiança e credibilidade nas pessoas, que se sentem mais preparadas e munidas de recursos para suas funções.

Além disso, a certificação demonstra o compromisso com o profissionalismo para manter e melhorar os padrões da empresa, em um aprendizado contínuo.

Então, para as pessoas, as certificações ajudam:

  • no impulsionamento do desenvolvimento pessoal e profissional;
  • no destaque e na relevância dentro do trabalho;
  • no avanço na carreira e manutenção do emprego.

Certificação ISO: o que é?

Quando falamos em certificação, pensamos logo na sigla ISO, não é mesmo? Então, antes de falarmos sobre como começar o processo de obtenção de certificação, vamos esclarecer o que é a ISO e o que ela significa para as pessoas e organizações.

ISO é sigla de International Organization for Standardization (Organização Internacional de Normalização) e seu objetivo é o de promover o desenvolvimento de normas, testes e certificação, com o intuito de aprimorar o comércio de bens e serviços.

Desse modo, a ISO é composta por uma série de normas e, entre elas, a mais falada é a ISO 9000, que inclui, na realidade, cinco normas internacionais sobre o gerenciamento e a garantia da qualidade (a ISO 9000, ISO 9001, ISO 9002, ISO 9003 e ISO 9004).

Para conquistar as certificações ISO, as organizações devem atender às exigências das normas envolvidas em seus processos e é por meio do envolvimento em treinamentos e formações que empresas e profissionais engajados alcançam esse objetivo.

Mas, então, por onde começar?

Para começar a jornada, um primeiro passo pode ser as formações voltadas às certificações de sistema de gestão, já que se tratam de ferramentas indispensáveis para empresas que buscam melhorar seus processos, produtos, serviços e, como reflexo, demonstrar ao mercado nacional e internacional seu compromisso com a melhoria contínua.

Nesse sentido, dois aspectos podem impulsionar o movimento para a realização dos treinamentos e trilhas para obtenção das certificações. Veja só:

Boas práticas e metodologias

Quando uma empresa quer ser certificada para fechar contratos com clientes que fazem exigência de determinada norma, por exemplo, a certificação de sistemas de gestão, sendo um processo que influencia e permeia toda a empresa, pode ser compreendida como o primeiro passo para desenvolver as competências na norma de interesse.

É evidente que a profundidade do conhecimento na norma vai depender do quanto cada equipe estará mergulhada no processo de certificação. No entanto, é fundamental que a certificação seja conhecida por todos os envolvidos.

Dessa forma, os treinamentos que abordam “Metodologia e boas práticas” podem apresentar os conceitos básicos da norma e são indicados para quem deseja ter um primeiro contato com o tema.

Esses treinamentos são recomendáveis também para os profissionais que terão um envolvimento direto ou indireto no processo de certificação, tais como equipes operacionais e técnicas, bem como supervisores, gerentes e diretores.

Já os treinamentos de “auditor interno” e “auditor líder” são especialmente recomendados para profissionais que se envolvem diretamente no processo de certificação.

Auditor interno e líder

Para os profissionais que buscam uma formação intensiva e dispõem de pouco tempo para mergulhar em determinada norma, a recomendação são os treinamentos de “auditor interno” e “auditor líder”, que apresentam questões relacionadas à interpretação adequada da norma em situações reais de auditoria e que permitem que os profissionais assumam responsabilidades nos processos de auditoria.

Desse modo, como um segundo passo para um aprofundamento maior e mais intenso, a indicação é a trilha completa dos treinamentos: “Metodologia e boas práticas”, “Formação de auditores internos” e “Formação de auditores líderes” nas normas de interesse.

Fundação Vanzolini e a trilha para as certificações

Atenta às necessidades das organizações e dos profissionais diante das exigências do mercado atual, a Fundação Vanzolini oferece formação para obtenção de certificações importantes, como as citadas acima.

Ao reconhecer o valor das certificações como forma de qualificação profissional e pessoal, além de garantia de atendimento aos requisitos contratuais, a Vanzolini contribui para que a jornada rumo ao certificado comece e transcorra com toda a bagagem necessária para o maior domínio e cumprimento das normas exigidas.

Para isso, a Vanzolini conta com uma trilha de cursos que fazem, justamente, esse caminho de começo e aprofundamento nas certificações.

Para começar, temos as formações chamadas de “Metodologias e boas práticas” referentes à diversas normas ISO e áreas, que dão o panorama básico e fundamental para o primeiro contato.

Seguindo a trilha, temos as formações para certificações das normas em um nível mais aprofundado, como auditor interno:

Por fim, há ainda a formação em auditor líder, que confere questões relacionadas à interpretação adequada da norma em situações reais e que permite que os profissionais assumam responsabilidades nos processos de auditoria. Trata-se, então, de uma etapa mais avançada e intensa:

Importante destacar que a Fundação Vanzolini possui parceria exclusiva, no Brasil, para a formação de auditores pela IQNET Academy, reconhecida internacionalmente, o que imprime ainda mais robustez e credibilidade às certificações.

Para encerrar este artigo, gostaríamos de ressaltar que as certificações devem ser encaradas por todas as pessoas envolvidas como uma validação de conhecimento adquirido e digerido por meio de sua aplicação constante e não apenas pontual, em determinado momento da empresa. Somente com a aplicação orgânica e sistêmica é que elas continuarão a fazer sentido e a ter relevância para o negócio e para o mercado.

Conte com a Fundação Vanzolini para trilhar um caminho de desenvolvimento e aprimoramento constantes.

» Conheça os cursos nas áreas de Normas e Certificações da Fundação Vanzolini.

» Para receber mensalmente o boletim Educação Vanzolini com conteúdo sobre carreira e mercado, inscreva-se aqui.

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


chat icone

Posso
ajudar?

You've just added this product to the cart:

×