Fundação Vanzolini

Aprendizado sob medida para a organização e seus colaboradores. Cursos e treinamentos costurados para atender às necessidades específicas de cada empresa.

Assim são os chamados cursos In Company, uma modalidade de capacitação voltada ao ensino corporativo, ou seja, destinada à qualificação e atualização dos profissionais de determinada empresa.

Por meio do investimento em cursos In Company, é possível desenvolver e atualizar times, prosperando em eficiência, produtividade e qualidade.

Desse modo, os cursos e treinamentos In Company são uma ferramenta poderosa e estratégica para empresas que desejam estar à frente no mercado.

Quer saber mais sobre os cursos In Company e como eles podem agregar valor à sua organização? Então, siga com a leitura deste artigo!

O que são treinamentos In Company?

Os cursos chamados In Company são uma modalidade de aprendizado direcionada às empresas e seus colaboradores e desenvolvidos sob medida, para atender determinada necessidade – em sua grande maioria. 

Sendo assim, os cursos In Company podem ser colocados na categoria de ensino corporativo, pois são realizados, em geral, dentro da estrutura da própria empresa e têm como foco a qualificação de seus profissionais.

Trata-se, portanto, de um aprendizado restrito aos colaboradores da empresa, independentemente de ser um workshop de uma semana ou um treinamento de quatro horas. 

Desse modo, o mais importante a se considerar na definição de cursos In Company é que eles são desenhados com forma e conteúdo sob medida, de acordo com o perfil e as necessidades daquele momento e daquela organização. Interessante, não?

Acompanhe a leitura e veja quais os motivos, então, para investir em cursos In Company na sua empresa.

Por que investir nos treinamentos In Company?

Em 2023, uma pesquisa realizada pela consultoria Deloitte mostrou que as empresas que investem de maneira contundente em treinamentos corporativos apresentam uma performance 34% superior em relação àquelas que não o fazem.

Dessa forma, as organizações que oferecem capacitação interna têm como retorno:

Esses retornos criam uma vantagem competitiva significativa e duradoura às organizações.  

Vale destacar, ainda, que a formação contínua de colaboradores é essencial para o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias para dar conta dos desafios atuais e futuros.

Assim, o investimento em qualificação é um movimento estratégico que mostra a valorização das pessoas que estão ali trabalhando. Essa valorização se transforma em mais confiança e engajamento.

Mas os benefícios dos cursos in company não param por aí. A aposta no ensino corporativo faz com que a empresa desenvolva também uma cultura de aprendizado mais sólida, capaz de tornar o ambiente mais receptivo à inovação, à colaboração e à adaptabilidade.

Por falar em inovação, uma pesquisa da Educação Tech & Eficiência Operacional das Empresas, feita pela Alura Para Empresas em parceria com a FIAP, demonstra que 80% das companhias esperam um aumento de performance e produtividade ao investirem em capacitação tech para os seus colaboradores.

O levantamento mostrou, ainda, que 42% das organizações desejam aumentar os seus índices de engajamento nas ações internas, a partir do aprendizado direcionado.

Como funcionam os cursos ou treinamentos In Company?

Como as formações tradicionais, os cursos In Company reúnem aprendizados teóricos e práticos, com foco em oferecer uma visão completa aos profissionais.

Os encontros dos cursos In Company podem ser realizados de forma virtual ou nos espaços físicos da organização, ou mesmo da própria instituição de ensino contratada.

Importante destacar que, para obter os resultados desejados com o investimento nos cursos In Company, é preciso contar com uma instituição de ensino séria, responsável e com expertise no tema.

A instituição deve estar alinhada com as necessidades da organização e, a partir disso, desenvolver um treinamento capaz de englobar as dificuldades enfrentadas pela empresa, suas reais vivências e objetivos.

Para isso, em geral, são feitas análises para diagnósticos das necessidades e problemas a serem sanados por meio de conhecimento e treinamento dos colaboradores. Na sequência, são desenvolvidos os conteúdos e o formato do curso a ser aplicado.  

Tudo é voltado especificamente para a realidade da companhia e deve ser feito por meio de uma sinergia entre organização e instituição de ensino. O tempo, a duração e o formato dos cursos ou treinamentos In Company podem ser decididos em conjunto, por meio dessa integração empresa-escola, para melhor aproveitamento e melhores resultados.

Mais adiante, saberemos como escolher a instituição certa para um curso In Company. 

Quais os tipos de cursos In Company?

Entre os tipos de cursos In Company estão:

Para aprofundar em alguns tipos, vamos falar dos cursos In Company voltados para três áreas: produção, comércio e serviços.

●       Na produção

No caso da produção, o treinamento In Company pode servir para a melhora da parte organizacional da empresa e para o entrosamento das equipes. O curso In Company também pode auxiliar no processo de melhoria da gestão da qualidade, atendendo, assim, a necessidade do cliente.

●       No comércio

Já no comércio, as empresas podem lançar mão do treinamento In Company para melhorar o desempenho das equipes de vendas. Trata-se também de um conhecimento importante para conseguir atrair e fidelizar os clientes.

●       Nos serviços

Os cursos In Company nos serviços ajudam a aprimorar o relacionamento com o cliente e melhorar a excelência no atendimento e na condução dos negócios.

Por fim, investir em cursos In Company é investir no futuro da sua empresa, pois:

●       Geram conteúdo personalizado

Sem dúvidas, esse é o maior trunfo de um curso ou treinamento In Company. A possibilidade de personalizar os temas abordados faz que o aprendizado seja mais direcionado para a demanda da empresa ou da área, encontrando soluções com mais agilidade e eficiência.

Além disso, o treinamento pode ter o seu conteúdo e formato dentro de um cronograma flexível, diante das necessidades da empresa.

●       Promovem fortalecimento da equipe

Por meio dos treinamentos e cursos In Company, os colaboradores têm a possibilidade de sair um pouco da rotina, de encontrarem seus pares e de trocar vivências e experiências, aproximando pessoas e fortalecendo as relações.

Com os encontros para aprendizado corporativo, há uma integração natural, que permite maior identificação, reconhecimento e vínculos de confiança e parceria.

●       Valorizam o colaborador

Ao investir em cursos e treinamentos voltadas para a equipe, a empresa demonstra seu interesse em valorizar os talentos da casa. Sabemos que, atualmente, há uma escassez de talentos no mercado, e poder contar com profissionais capacitados, engajados e satisfeitos é um privilégio.

Por isso, ao oferecer formações e novos conhecimentos para seus colaboradores, a empresa mostra seu desejo de garantir a valorização da equipe, além de se destacar da concorrência por ter um time contente, atualizado e especializado.

●       Garantem melhor aprendizado

Os cursos no formato In Company são capazes de garantir melhor aprendizado, pois são pensados e adaptados de acordo com o cotidiano dos colaboradores. No treinamento no trabalho, é possível tirar dúvidas, aperfeiçoar as atividades e garantir um melhor conhecimento de maneira mais imediata e direta ao ponto.

Como escolher uma instituição confiável?

Mas como saber qual instituição de ensino escolher para garantir cursos In Company para minha empresa?

O primeiro passo é pesquisar e buscar por uma instituição de qualidade, com experiência na área de ensino corporativo, com credibilidade e comprometida com os resultados desejados.

Então, procure saber do histórico da instituição com esse tipo de curso, procure se informar sobre quem são os professores responsáveis pelas aulas e quais qualificações e vivências profissionais possuem. O conhecimento do mercado é algo importante para a sala de aula.

Converse também, se possível, com ex-alunos da instituição e com líderes de outras empresas para saber como foram suas experiências com a instituição de ensino.

Por fim, antes de contratar um curso In Company para sua empresa, não deixe de tirar todas as dúvidas com os responsáveis pela escola, pois o treinamento deve ser totalmente personalizado e atender, de fato, as demandas específicas da organização, certo?

Ao longo deste artigo foi possível ver como o investimento em cursos e treinamentos In Company trata-se de algo sólido, benéfico e essencial para o sucesso das empresas no século XXI.

Certamente, as organizações capazes de compreender a importância do ensino corporativo estarão à frente, com profissionais mais satisfeitos, atualizados e prontos para enfrentar o presente, o futuro e seus desafios.

Conte com a Fundação Vanzolini para oferecer conhecimento e educação corporativa por meio de cursos In Company desenvolvidos por professores experientes e sob medida para sua empresa. Acesse nosso site e saiba mais!

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

Mundo RH

Treinamentos e ou cursos direcionados e pensados para cada organização, para cada time. Aprendizado para ser aplicado imediatamente no dia a dia e para garantir a melhoria contínua dos profissionais.

Os cursos in company são, em geral, feitos sob medida para a demanda de cada empresa, de acordo com seu momento e suas necessidades específicas. Dessa maneira, podem ser vistos como um investimento com retorno mais assertivo e eficiente, visto que vai no cerne da questão.

Além disso, investir em cursos e treinamentos no modelo in company é capaz de gerar, nos talentos da organização, sentimentos de valorização, reconhecimento e satisfação, que reverberam em maior engajamento, segurança e produtividade.

Sendo assim, os cursos in company são aliados importantes, pois agregam valor à marca, engajam e elevam o padrão de seus profissionais. Quer saber mais sobre os cursos in company, suas vantagens e impactos no sucesso dos negócios? Então fica que este texto é pra você!

A importância de qualificar talentos – e não esperar por eles prontos

Investir em cursos e treinamentos in company é uma forma de qualificar os talentos que já fazem parte do quadro da empresa, desenvolvendo habilidades e conhecimento dos profissionais que já são da casa.

Segundo estudiosos do tema, como Werther Jr e Davis (1983):

“através do treinamento dentro das organizações, obtêm-se inúmeros benefícios, que incluem: maior rentabilidade, melhoria no conhecimento e execução dos cargos em todos os níveis de uma hierarquia, melhoria da autoestima dos colaboradores, ajuda os trabalhadores a se identificarem com as metas da organização, cria uma melhor imagem da empresa, proporciona melhoria no relacionamento entre chefe e subordinados, ajuda na tomada consciente de decisões e soluções de problemas efetivos, ajuda no desenvolvimento para a promoção do trabalho interno, aumenta a produtividade e qualidade do trabalho, ajuda os empregados a se adaptarem melhor às mudanças, auxilia no tratamento de conflitos e na melhoria da comunicação, além de promover a redução dos custos de consultoria externa, por utilizar consultoria interna competitiva”.

Desse modo, podemos entender que, por meio do treinamento, as pessoas trabalhadoras podem se sentir mais confiantes, produzindo melhor e desenvolvendo suas habilidades com mais eficácia.

Vale destacar que a capacidade de aprendizagem contínua, como nos casos dos cursos in company, é uma aliada competitiva sustentável, pois mostra que o treinamento constante pode ser benéfico para a vida toda, ajudando os profissionais no presente e em responsabilidades futuras.

Falta de mão de obra qualificada – um desafio a ser superado

Para entender melhor a importância do investimento em capacitação interna dos profissionais, vamos a um panorama que tem desafiado as organizações: a escassez de mão de obra qualificada.

Uma pesquisa realizada pelo ManpowerGroup apontou que a falta de mão de obra qualificada no Brasil atingiu a marca de 81% em 2022 – a média global é de 75%.

A consultoria ouviu 40 mil empregadores, em 40 países, e 3 em cada 4 empresários relatam dificuldades para encontrar talentos.

Uma outra consultoria de recrutamento, a Robert Half, fez um levantamento no qual apontou que, no terceiro trimestre de 2023, 76% dos recrutadores brasileiros tiveram dificuldade em encontrar profissionais qualificados — aqueles com mais de 25 anos e ensino superior completo.

Um dos motivos para essa escassez está na transformação digital, no avanço acelerado e no desenvolvimento da tecnologia, que trazem cada vez mais soluções ágeis e exigem o melhor da competência humana.

Sendo assim, com a falta de mão de obra, a urgência e a rapidez com que o mundo caminha, especialistas apontam que a sustentabilidade está em trabalhar com o preparo dos profissionais, a empresa precisa ser um pool de talentos, e não buscar sempre as pessoas já prontas de imediato no mercado.

Pesquisa Panorama do Treinamento e Desenvolvimento no Brasil 2022/2023

Como falamos, a chave para destravar a falta de talentos e contar com profissionais qualificados é o investimento em capacitação. Mas como anda o panorama da qualificação profissional no cenário brasileiro? Para responder a esta pergunta, vamos aos dados do último levantamento feito pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD).

17ª edição da PESQUISA PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL – INDICADORES DE MERCADO PARA A GESTÃO DO T&D

De acordo com a pesquisa, a média brasileira de investimento anual em treinamento e desenvolvimento teve um crescimento de 34% em 2022, retomando os valores pré-pandemia.

Desse modo, o investimento anual, por trabalhador, foi de R$1012,00. Já em relação aos setores, Indústria e Serviço navegam sincronizados nesse indicador, com pequenas diferenças. O setor Indústria aumentou 48% seu investimento por colaborador neste ano, enquanto no setor Serviço o aumento foi de 17%.

Cursos in company na Vanzolini: solução sob medida para capacitação profissional

Bem, depois de percorrermos todo o cenário atual, é possível entender como a capacitação profissional pode ser considerada como um fator estratégico e decisivo para o futuro organizacional, certo?

Dessa maneira, como dissemos no início deste texto, os cursos in company são aliados e voltados à prática organizacional. Além disso, muitas vezes, são pensados sob medida para cada empresa, com foco em solucionar necessidades específicas de cada organização, potencializando os resultados.

Portanto, diante do quadro de escassez de mão de obra qualificada e da dificuldade de reter talentos no mundo do trabalho atual, os cursos in company são aliados na formação e na promoção da capacitação das pessoas que já estão na empresa, que já estão inseridas na cultura e na rotina organizacional.

Com os cursos in company, é possível direcionar melhor o aprendizado para o que é relevante e necessário para o profissional e para a empresa naquele momento, para aquele projeto, ou um caso específico. Ou seja, otimiza e potencializa as ações.

Para uma das referências da administração moderna, Peter Drucker, “Toda empresa precisa se tornar uma instituição que aprende. Ela também precisa se tornar uma instituição de ensino”. Trabalho e ensino devem caminhar juntos, pois o aprendizado não deve se esgotar.

Importante destacar que os cursos in company podem acontecer dentro da própria empresa, em um lugar diferente ou por meio do ensino a distância. Ou seja, há uma flexibilidade que colabora para atender diferentes demandas.

Com isso, os profissionais da empresa podem ter acesso às novas técnicas e conceitos de diversas formas, adquirindo ou aprimorando suas habilidades e competências.

Por fim, para oferecer capacitação com qualidade e excelência, as organizações podem contar com a Fundação Vanzolini e sua modalidade de cursos in company – nas mais diversas áreas -,  nos quais situações reais podem ser discutidas, abordadas e solucionadas com professores renomados e em atividade no mercado.

Para transformar o potencial dos colaboradores da sua empresa com excelência, conheça os Cursos In Company da Fundação Vanzolini.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/35803/3/VAILTON%20%20UFMG%20%20FINAL.pdf

https://www.cnnbrasil.com.br/economia/escassez-de-mao-de-obra-qualificada-no-brasil-atingiu-81-em-2022-diz-pesquisa/

https://www.otempo.com.br/economia/empresas-reclamam-da-falta-de-mao-de-obra-como-se-ha-tantos-desempregados-1.3253526

https://drive.google.com/file/d/1ts-K67qIZnMqkuBxgWXKnls6CNo5Kb1s/view

https://materiais.integracao.com.br/e-book-pesquisa-panorama-2023

Você conhece essa poderosa estratégia de treinamento que está impulsionando o sucesso de empresas em todo o mundo? Estamos falando dos cursos “In Company”. Eles estão transformando a forma como as organizações capacitam suas equipes. 

Imagine poder customizar ações de desenvolvimento profissional para atender às necessidades específicas da sua empresa, criar uma cultura corporativa mais sólida e confiante e promover o crescimento exponencial de suas equipes. 

Hoje, mergulharemos no mundo dos treinamentos customizados e revelaremos por que eles são a chave para um futuro mais brilhante e produtivo para sua empresa.

O que são cursos “In Company”?

Os cursos “In Company” são programas de treinamento projetados especificamente para uma empresa ou organização em particular. 

Esses cursos podem ser desenvolvidos e ministrados no formato on-line ou presencial, nas instalações da empresa ou em outro local acordado, e são projetados para atender às necessidades e requisitos de treinamento específicos da empresa. 

Algumas de suas características-chave incluem:

Personalização: Esses cursos são adaptados às necessidades específicas da empresa, o que significa que o conteúdo, a duração e o foco do treinamento são projetados de acordo com os objetivos da organização.

Flexibilidade: A empresa pode agendar os cursos de acordo com seu horário e disponibilidade, facilitando o treinamento dos funcionários, sem interferir significativamente na operação diária.

Foco em tópicos relevantes: Os cursos geralmente abordam temas e habilidades que são diretamente aplicáveis às funções e responsabilidades dos funcionários na organização.

Participantes específicos: Os cursos geralmente são projetados para um grupo específico de funcionários, garantindo que o treinamento seja relevante para suas funções e responsabilidades.

Confidencialidade: Como o treinamento é realizado internamente, a empresa pode abordar questões confidenciais ou estratégicas, sem se preocupar com a divulgação de informações sensíveis a terceiros.

Coerência: Os cursos podem garantir uma experiência de aprendizado consistente para todos os funcionários, ajudando a estabelecer uma cultura corporativa sólida e compartilhada.

Os cursos “In Company” podem cobrir uma ampla gama de tópicos, desde habilidades técnicas até desenvolvimento de liderança, gerenciamento de mudanças, ética empresarial e muito mais. Em geral, são uma forma eficaz de aprimorar as habilidades e conhecimentos dos funcionários de uma organização, de maneira específica e personalizada.

Os cursos “In Company” da Fundação Vanzolini 

A Fundação Vanzolini tem 57 anos de história. Foi criada pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP) e ainda hoje é gerida por eles.

Para profissionais que querem se destacar no mercado e impulsionar sua carreira, a Vanzolini oferece um amplo portfólio, com cursos de curta, média e longa duração em diferentes áreas e aspectos ligados à gestão. 

Esses mesmos cursos estão disponíveis no formato “In Company”, isto é, podem ser customizados para empresas interessadas em conteúdos sob medida para grupos fechados, adaptados às suas necessidades específicas.

A organização pode ainda solicitar que seja criado um treinamento sob medida no formato de curso, palestra ou workshop, especialmente voltado para atender o seu perfil e seus desafios, com o apoio dos professores da Fundação Vanzolini. Há também a possibilidade de o conteúdo ser adaptado para o inglês e para o espanhol.

Nos últimos quatro anos, mais de 4 mil colaboradores, de mais de 200 empresas, fizeram treinamentos in company na Fundação Vanzolini. Conheça o nosso portfólio:

Gestão de Projetos

Conheça outros cursos dessa área

Gestão de Pessoas e Soft skills

Conheça outros cursos dessa área

Novas Tecnologias para Negócios

Conheça outros cursos dessa área

Normas e Certificações

Conheça outros cursos dessa área

Operações e Processos

Conheça outros cursos dessa área

Importante destacar que a customização é feita pelo coordenador do curso, ou seja, por um especialista na área escolhida. 

Quer levar a credibilidade e a competência da Fundação Vanzolini para os treinamentos da sua organização? Todos os nossos cursos são especialmente projetados para atender às demandas do mundo corporativo, oferecendo soluções eficazes para aprimorar o desempenho e a eficiência dos profissionais. 

Saiba mais sobre as possibilidades de treinamento sob medida aqui.

ENTRE EM CONTATO

Cursos In Company

Cursos In Company

Compartilhe:

Descubra nossas soluções para o desenvolvimento contínuo dos colaboradores da sua empresa

Fundação Vanzolini tem 57 anos de história. Foi criada pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP) e ainda hoje é gerida por eles.

Para profissionais que querem se destacar no mercado e impulsionar sua carreira, a Vanzolini oferece um amplo portfólio, com cursos de curta, média e longa duração em diferentes áreas e aspectos ligados à gestão. 

Os cursos estão disponíveis no formato “In Company”, isto é, podem ser customizados para empresas interessadas em conteúdos sob medida para grupos fechados, adaptados às suas necessidades específicas.

Este trabalho compreende a modelagem e a implementação de soluções que envolvem processos e ações planejadas e sistemáticas para ampliar, atualizar, aprofundar ou complementar os conhecimentos, as capacidades, as habilidades e a formação profissional dos seus colaboradores, com a finalidade de melhorar o desempenho funcional e agilizar ou garantir o alcance dos objetivos institucionais relacionados.

A organização pode ainda solicitar que seja criado um treinamento sob medida no formato de curso, palestra ou workshop, especialmente voltado para atender o seu perfil e seus desafios, com o apoio dos professores da Fundação Vanzolini. Há também a possibilidade de o conteúdo ser adaptado para o inglês e para o espanhol.

Nos últimos quatro anos, mais de 4 mil colaboradores, de mais de 200 empresas, fizeram treinamentos in company na Fundação Vanzolini. 

Cursos In Company

A Fundação Vanzolini oferece mais de 90 cursos presenciais e online, de curta e média duração, para empresas e instituições.

Além disso, esses cursos podem ser personalizados ou adaptados às necessidades específicas da sua empresa.

Palestras, workshops e outros formatos

Conteúdo personalizado para eventos corporativos, no formato palestra ou workshop,  especialmente voltado para atender às necessidades e demandas da sua empresa.

Vanzolini Play

Descubra uma abordagem inovadora para a aprendizagem em nossa plataforma gamificada Vanzolini Play, com mais de 30 cursos de aprendizado rápido.
Quer saber mais?

Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato.

    Conheça as estratégias das capacitações de alta performance e saiba como desenvolver treinamentos personalizados para líderes focados em resultados.

    Os treinamentos personalizados para líderes envolvem a abordagem de práticas e estratégias voltadas às necessidades de um determinado grupo de gestores e seus objetivos organizacionais.

    Métodos como este são importantes pela singularidade  de cada organização, afinal, duas empresas, mesmo que sejam do mesmo segmento, podem ser bastante diferentes em relação à cultura e aos procedimentos.

    Neste artigo, daremos o passo a passo de como organizar treinamentos de alta performance e os motivos pelos quais você e sua equipe devem prezar pela exclusividade. Então, só leia se estiver preparado para o sucesso!

    Como desenvolver treinamentos personalizados para líderes?

    Capacitações exclusivas são fundamentais para alinhar treinamentos, perfis e metas específicas. Abaixo, estão algumas etapas a serem seguidas para criar treinamentos eficazes e personalizados para líderes:

    Identificar as necessidades dos líderes

    Conhecer as carências dos líderes é, sem dúvida, o primeiro passo antes de se elaborar os treinamentos. Na verdade, esse é o principal objetivo de uma qualificação: adquirir competências que nos faltam, porém fundamentais ao desempenho de nossas atividades.

    A etapa de identificação pode envolver avaliações de desempenho, feedbacks 360 graus, entrevistas com os líderes e outros métodos de coleta de dados.

    Definir objetivos claros de aprendizagem

    A partir das necessidades percebidas, deve-se definir os objetivos da aprendizagem, ou seja, dos cursos em si. Alcançar resultados maiores? Uma liderança mais assertiva? Implantar uma nova cultura? Incorporar novas atividades?

    Os objetivos devem ser alinhados com os resultados desejados pela organização e devem orientar o desenvolvimento dos treinamentos personalizados.

    Customizar o conteúdo do treinamento

    A customização é o conceito-chave dos cursos personalizados, que deve ser elaborada a partir dos dois tópicos acima.

    Portanto, se o objetivo for uma liderança mais assertiva, os conteúdos devem incluir: habilidades de liderança, comunicação eficaz, resolução de conflitos, tomada de decisão, gestão de equipes, entre outros.

    Nesse contexto, além do conteúdo em si, ele deve refletir a cultura, valores e contextos específicos da organização.

    Utilizar métodos de aprendizagem variados

    Além da personalização conteudista, os cursos ainda oferecem a adaptação dos métodos de aprendizagem, os quais podem ser: palestras, estudos de caso, discussões em grupo, simulações, coaching individualizado e atividades práticas, entre outros.

    Tratando-se de lideranças, quanto mais o método promover o engajamento, a troca, e a comunicação, mais eficaz ele será, afinal, essas são habilidades importantes em um líder, não é mesmo?

    Incorporar feedback e avaliação contínua

    Avaliar os participantes após a finalização do treinamento personalizado para líderes é importante, mas avaliá-los durante é ainda mais eficaz e proveitoso. Assim, se consegue corrigir possíveis falhas antes que elas prejudiquem efetivamente a liderança e a companhia.

    A avaliação pode incluir avaliações de pré e pós-treinamento, feedback dos participantes e supervisores, bem como avaliações de desempenho contínuas, após o treinamento.

    Promover a aplicação prática do aprendizado

    Essa é uma parte fundamental do processo, isso pois, de que adianta o conhecimento, se não irá colocá-lo em prática?

    Nesse contexto, envolve a aplicação das habilidades e conhecimentos adquiridos durante o treinamento em suas funções diárias, para testá-los além da teoria, e, se preciso, melhorá-los.

    Avaliar o impacto do treinamento

    Por último, deve-se avaliar o real impacto do treinamento sobre o desempenho dos líderes e os resultados para a empresa, seja por meio de análises de ROI (Return on Investment), indicadores-chave de desempenho ou feedbacks qualitativos dos participantes e partes interessadas.

    Treinamentos personalizados têm nome: Cursos In Company

    Neste artigo, usamos o termo “treinamento personalizado”, mas na linguagem corporativa, eles são chamados de Cursos ou Treinamentos In Company, que nada mais são do que programas de treinamento projetados especificamente para uma empresa ou organização em particular.

    Já imaginou ter qualificações exclusivas aos seus funcionários ou à sua equipe de liderança, pensando exatamente e especialmente nas metas da sua empresa, no seu time, na sua cultura e nas suas missões?

    Isso não somente é possível, como é fundamental, pensando na urgência em alcançar resultados e no quanto os setores estão concorridos. Para sair na frente, é preciso tornar-se único!

    Saiba mais: o que são Cursos In Company?

    Três exemplos da importância da aplicação dos Cursos In Company: 

    1. Em empresas que estão passando por processos de fusão, aquisição e incorporação

    Durante esses processos, as empresas enfrentam desafios significativos, incluindo a integração de equipes, sistemas e culturas organizacionais, pois tudo é novidade e a equipe nem sempre consegue lidar com elas naturalmente.

    Nesse contexto, cursos In Company são projetados para facilitar essa transição e as mudanças que a acompanham, fornecendo treinamento sobre novos processos, políticas e cultura corporativa unificada.

    O resultado? Menor índice de adversidades e a garantia de que todos os funcionários estejam alinhados com os objetivos e valores da nova organização.

    2. Em empresas que estão implementando novos projetos e ou novas áreas

    Quando uma empresa lança novos projetos ou áreas de negócios, ela deve capacitar os funcionários para que eles estejam aptos a lidar com as novas demandas. Caso contrário, mesmo os experts serão como iniciantes, o que pode atrapalhar o andamento das atividades.

    Os cursos In Company, então, são adaptados para fornecer treinamento personalizado que atenda às necessidades específicas da empresa e do projeto.  Nesse caso, o objetivo é garantir que os funcionários tenham as habilidades e conhecimentos necessários para as novas iniciativas.

    3. Em reciclagem de funcionários, educação continuada e treinamentos atrelados às metas e objetivos da empresa

    A educação deve ser contínua, caso os líderes desejem uma equipe que trará resultados igualmente contínuos para a empresa. Não há como se almejar a evolução dos negócios sem planejar a evolução das práticas, tecnologias e tendências do setor.

    Assim, mais uma vez, os Treinamentos In Company permitem que as empresas forneçam treinamento contínuo aos funcionários, garantindo que eles possuam as habilidades necessárias para enfrentar os desafios em constante mudança, além de oferecer uma capacitação diretamente ligada aos resultados desejados pela instituição.

    Os cursos In Company da Fundação Vanzolini são negociáveis até mesmo em questão de datas e locais específicos, além de serem personalizáveis, pois, adquirindo o curso, existe a possibilidade de customização em diversos formatos.

    Então, permita que equipe de liderança desfrute dos benefícios dos treinamentos personalizados para líderes e que sua empresa esteja pronta para enfrentar desafios por meio do desenvolvimento de uma força de trabalho qualificada.

    Afinal, desafios servem como um aprendizado, jamais permita que se tornem  obstáculos.

    ENTRE EM CONTATO

    Até o próximo!

    Fontes:

    roberthalf.com/br/pt/insights/carreira/como-elaborar-um-treinamento-de-desenvolvimento-de-lideres-rc

    pontotel.com.br/treinamento-de-lideranca/

    gupy.io/blog/treinamento-de-lideranca

    teambuildingbrasil.com.br/blog/treinamento-desenvolvimento-de-lideres/

    Dinâmico, o mundo do trabalho muda com os verbos conjugados no gerúndio, se reinventando e se refazendo, de acordo com as transformações sociais, econômicas e tecnológicas.

    Assim, a gestão de pessoas e a liderança dentro das organizações também precisa acompanhar as mudanças e estar alinhada às novas demandas que surgem no mesmo dinamismo e gerúndio.

    Por isso, manter-se atualizado ou atualizada sobre as principais tendências de gestão de pessoas e lideranças é atuar no presente, na construção de equipes do futuro, permitindo que novos horizontes sejam desenhados – sempre em movimento.

    Mas quais são as tendências em gestão de pessoas para um futuro que já começou? Neste artigo, selecionamos seis principais ações e características. Acompanhe a leitura e esteja preparado!

    Liderança consciente e adhocracia, dois novos conceitos em gestão de pessoas

    Para iniciar, vamos compartilhar dois conceitos que estão relacionados aos novos modelos de gestão e liderança: liderança consciente e adhocracia.

    Esses termos podem nos ajudar a compreender melhor quais as necessidades do mundo do trabalho hoje e também os caminhos pelos quais podemos traçar modelos mais próximos da realidade e dos anseios atuais. 

    O primeiro deles é o conceito de liderança consciente e está ligada à criação de um ambiente de trabalho saudável e inclusivo, no qual seja possível promover o bem-estar das pessoas colaboradoras e melhorar o desempenho financeiro da organização.

    Desse modo, podemos entender a liderança consciente como um estilo de gestão de pessoas que se concentra na consciência plena, na atenção presente, no olhar atento para o outro, na compaixão e na autenticidade como fundamentos para o sucesso organizacional e pessoal.

    Ou seja, para além de metas financeiras, de performance ou em resultados tangíveis, a liderança consciente visa gerar bem-estar, satisfação pessoal e saúde mental, além de promover ações que incluam impacto socioambiental positivo nas empresas.

    Já o segundo conceito, adhocracia, vem da junção do “ad hoc” (do latim, que significa “para esta finalidade”) com o sufixo grego “cracia” (do grego, poder ou governo) e pode ser entendido como “governo para uma finalidade específica”.

    Sendo assim, esse modelo propõe uma gestão com uma hierarquia menos rígida, com a presença de times multidisciplinares, com autonomia e “poder” para tomar decisões rápidas, sempre com foco em atingir objetivos específicos.

    Dessa forma, em cada time, cada pessoa possui responsabilidades claras, mas também a liberdade para contribuir com ideias e soluções. Diante de processos burocráticos reduzidos e maior flexibilidade, há maior agilidade na tomada de decisões e as informações ganham mais fluidez, de maneira direta, estimulando a criatividade e a inovação.

    Portanto, como veremos a seguir, esses dois conceitos compartilhados aqui carregam muito das tendências em gestão e liderança que se espera – e que são necessárias – para a construção de equipes mais engajadas, dispostas, produtivas e felizes.

    Confira, a seguir, as seis principais tendências em gestão de pessoas e liderança e faça do presente uma ótima oportunidade de transformação:

    Seis principais tendências em gestão de pessoas e liderança para times do futuro

    1. Liderança ágil

    Para uma liderança versão 2024 e além, a abordagem ágil na gestão, originada no desenvolvimento de software, precisa estar presente. Por meio das ferramentas e recursos modernos, liderança e equipes têm a capacidade de adaptar-se rapidamente às estratégias e responder de forma flexível às mudanças no ambiente de trabalho. Tudo acompanhado de perto com a velocidade necessária em tempos digitais.

    2. Diversidade e inclusão

    Não há como pensar em gestão e liderança nos dias de hoje sem pensar em diversidade e inclusão. É fundamental que líderes tenham consciência da importância de contar com vozes diversas em seu time, e façam com que cada pessoa se sinta parte e incluída.

    Vale destacar, ainda, que diversidade e inclusão vão além de questões de gênero e etnia, pois envolvem também uma pluralidade etária, cognitiva e de habilidades.

    3. Tecnologia na gestão de pessoas

    Tecnologia como aliada das lideranças. Ferramentas tecnológicas, como softwares de gestão de desempenho, análise de dados e inteligência artificial, são cada vez mais bem-vindas para otimizar processos e tomar decisões com mais embasamento no dia a dia da gestão de pessoas.

    4. Bem-estar e saúde mental

    Como falamos no início deste artigo, o bem-estar das pessoas e a atenção à saúde mental são metas e prioridades no mundo do trabalho atual. Líderes verdadeiramente envolvidos com as novas demandas devem praticar ações capazes de gerar um ambiente de trabalho mais saudável, seguro e equilibrado.

    Nesse sentido, habilidades humanas são essenciais: escuta ativa, gentileza, consciência de gênero, de raça e de classe são fundamentais. Além disso, um líder consciente é capaz de demonstrar suas próprias fragilidades e vulnerabilidades e se colocar mais próximo de seu time.

    5. Liderança remota

    Saber liderar e gerir à distância, ter confiança e saber dar autonomia. Com o aumento do trabalho remoto, é essencial que a gestão de pessoas ocorra por meio de uma comunicação assertiva, com uma gestão do tempo inteligente e manutenção do engajamento da equipe.

    6. Desenvolvimento de habilidades do futuro

    Envolver e investir no aprendizado tecnológico dos profissionais é garantir melhor aproveitamento e uso das inovações.

    Com o rápido avanço tecnológico, os líderes precisam oferecer condições de desenvolvimento aos seus liderados, investindo em programas de aprendizado e formações, para garantir que suas equipes estejam prontas para as demandas em evolução do mercado.

    A liderança em 2024 deve democratizar e tornar acessível o conhecimento às ferramentas e recursos inovadores, com foco em melhorar desempenho e entrega.

    Por fim, a gestão de pessoas passa por essas e outras tendências que devem estar no radar das lideranças de hoje. Para uma atuação positiva é preciso estar no presente.

    Este conteúdo foi útil para você? Então, se você deseja ser um líder ou uma líder de agora, preparando e construindo times de futuro, conte com os cursos e formações da Fundação Vanzolini.

    São conhecimentos práticos e teóricos essenciais para as demandas do mundo do trabalho em constante movimento.

    Conheça os cursos de Liderança e Gestão de Pessoas da Fundação Vanzolini.

    ENTRE EM CONTATO

    Até o próximo!

    Fontes:

    vocerh.abril.com.br/futurodotrabalho/o-rh-em-2024-e-alem

    exame.com/bussola/adhocracia-a-inovacao-comeca-na-gestao-de-pessoas/

    vocesa.abril.com.br/coluna/cris-kerr/o-que-esperamos-das-liderancas-do-futuro

    Cursos da Fundação Vanzolini

    Ambiente educacional enriquecedor, com ensino de alta performance, capaz de levar profissionais a resultados cada vez melhores.

    O portfólio de cursos oferecidos pela Fundação Vanzolini dispõe de uma diversidade temática capaz de atender às necessidades emergentes no mercado, além de apoiar as pessoas em suas jornadas de desenvolvimento, impulsionando-as às melhores oportunidades.

    Parte dos cursos está ancorada nas disciplinas de Engenharia de Produção, core da Fundação Vanzolini, mas há também opções voltadas a Novas Tecnologias, Gestão de Pessoas, Cibersegurança e outras temáticas alinhadas às demandas de um mundo em constante mudança.

    Seis áreas para a expansão do conhecimento

    Habilidades interpessoais, comunicação, produtividade, liderança e resolução de conflitos.

    Planejamento, execução e entrega de projetos de forma eficaz, utilizando as melhores metodologias. Aplica-se a projetos tradicionais, ágeis e híbridos.

    Prepara equipes para as demandas do mercado e as melhores práticas de conduta.

    Novas tecnologias para atuação no mercado, com eficiência e competitividade.

    Para aumentar a eficiência operacional, reduzir custos, melhorar a qualidade e aprimorar as habilidades dos colaboradores.

    Para desenvolver práticas inovadoras e transformar ideias em negócios de sucesso.

    Diferentes modalidades e formatos de cursos

    Para promover um impacto positivo na formação de profissionais em todo o Brasil, os cursos estão disponíveis nas modalidades EaD ao vivo, EaD gravado e, em alguns casos, de forma presencial. Podem ser de curta, média ou longa duração, atendendo às necessidades específicas de cada etapa da carreira profissional.

    Para quem precisa de flexibilidade de horário e quer ampliar seu repertório de conhecimento nas seis áreas, a opção ideal é uma assinatura da Vanzolini Play, para se ter acesso a mais de 200 horas de conteúdos gravados e diversificados.

    Corpo docente

    O corpo docente responsável pelos cursos da Fundação Vanzolini é composto por mais de cem professores e professoras de excelência e reconhecimento nacional e internacional.

    Boa parte desse grupo é formado por professores e professoras do Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP,  origem dos professores que criaram e fazem a gestão da Fundação, o que confere qualidade USP ao ensino da Vanzolini . 

    Para garantir um ensino de alta performance para seus alunos e alunas, a Fundação Vanzolini investe na capacitação de seu corpo docente, visando aprimorar suas habilidades pedagógicas.

    Vanzolini Play: qualificação com excelência a um clique

    Com foco em promover educação de  excelência com ainda mais dinamismo, surgiu a Vanzolini Play, a plataforma de streaming da Fundação Vanzolini. A assinatura permite que cada pessoa acesse conteúdos exclusivos para aprender com flexibilidade e ritmo próprio, de acordo com seu momento e objetivo profissional.

    Além disso, a Vanzolini Play é uma excelente solução para educação corporativa, oferecendo cursos no formato microlearning, para um aprendizado direcionado e de rápido impacto na atuação profissional.

    Vanzolini in Company: soluções para o desenvolvimento contínuo de colaboradores

    Se a sua empresa quer investir em qualificação, saiba que todos os cursos da Fundação Vanzolini estão disponíveis no formato In Company, apresentados de forma customizada, considerando os desafios particulares do negócio e das equipes. 

    Nossos cursos foram desenvolvidos para atender às exigências do ambiente empresarial, proporcionando soluções eficazes, com o intuito de aprimorar o desempenho e a eficiência dos profissionais. 

    Os cursos In Company da Fundação Vanzolini são sob medida e têm o compromisso de manter um padrão de excelência em cada área.

    Webinars

    Como forma de integrar alunos, professores, comunidade científica e sociedade, a Fundação Vanzolini  também promove webinars, seminários, encontros e debates gratuitos, transmitidos pelo seu canal do Youtube.

    Pesquisadores e professores da instituição são convidados a falar sobre temas que envolvem a gestão de processos produtivos, inovação, tecnologia e soluções que impactam as relações sociais e a vida nas cidades.

    O principal ativo de uma organização são as pessoas. Por isso, cada vez mais as empresas têm investido em culturas corporativas que estimulem o bem-estar de seus funcionários. Segundo um estudo feito pela Universidade da Califórnia, um colaborador feliz é, em média, 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e vende 37% mais, em comparação com os demais.

    Para obter resultados como estes, a liderança carrega um papel extremamente importante: a inspiração de suas equipes. A chance de um funcionário se comprometer com uma liderança inspiracional é de 73%, mas, sem isso, cai para 9%, aponta pesquisa da Gallup (empresa de pesquisa norte-americana).

    Como vimos, a responsabilidade de um líder vai além do gerenciamento de tarefas e processos, ou da administração das pessoas. Embora estas estejam no seu escopo de funções, a habilidade de inspirar suas equipes o torna capaz de atingir resultados ainda melhores. Veja a seguir como desenvolver uma Liderança Inspiradora!

    Características de um Líder Inspirador

    Um líder inspirador é capaz de motivar e influenciar positivamente sua equipe. Carrega em seu discurso e atitudes um propósito ou ideal, que é capaz de incentivá-las a usar o máximo de suas capacidades para superar os desafios e atingir os objetivos. As particularidades desse perfil de liderança podem ser desenvolvidas. Então, para te ajudar nesse processo, elencamos as principais características necessárias para a Liderança Inspiradora.

    Compromisso

    O primeiro passo para inspirar uma equipe é ter valores éticos e a cultura organizacional muito bem definidos. É preciso estar muito claro para o líder quais são os seus objetivos e quais ações são necessárias para atingi-los. Assim, é possível dividir as responsabilidades com cada membro da equipe. Além disso, o líder deve ser um exemplo a ser seguido. Seu comprometimento precisa transparecer por meio das próprias atitudes.

    Empatia

    A capacidade de se colocar no lugar do outro, reconhecendo suas necessidades, limitações e capacidades é essencial para a construção de uma liderança humana e próxima. As pessoas tendem a se sentir motivadas a trabalhar, quando se sentem compreendidas.

    Confiança

    Esse aspecto possui dois benefícios: a confiança em si mesmo e a confiança na equipe. A autoconfiança em suas decisões trará ao líder uma posição de credibilidade, o que, por consequência, refletirá na disposição da equipe em ser liderada por aquela pessoa. Construindo, assim, um relacionamento muito mais efetivo. O outro ponto está na confiança do líder em delegar as responsabilidades aos seus subordinados, sem construir entraves no processo, em uma tentativa de maior controle. Quando há uma confiança mútua na equipe, o engajamento tende a ser maior em direção aos objetivos traçados no início.

    Comunicação

    No entanto, a principal habilidade para colocar todas as outras características em prática é ter uma boa comunicação. É necessário saber como passar as ideias, ordens e tarefas sem criar ruídos e sentimentos equivocados. Quando o funcionário entende seu propósito, se sente valorizado, pertencente e confiante, ele sente que vale a pena dedicar-se ao máximo no trabalho.

    Benefícios da Liderança Inspiradora para a empresa

    O reflexo positivo para os funcionários são inúmeros e, acredite, para a empresa também. Confira a seguir:

    2 exemplos de Líderes Inspiradores

    Luiza Trajano

    Presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Trajano é filha de uma das fundadoras do império varejista. Ainda enquanto era apenas uma pequena loja no interior de São Paulo, Luiza trabalhou em diversos cargos e pode aprender tudo sobre a essência da marca. Enquanto liderança, foi responsável pelo reposicionamento de marca até chegar na Magalu que conhecemos hoje. Assumiu uma postura de líder inspiradora. Sua trajetória proporcionou o desenvolvimento de uma comunicação aberta e empática, tanto com os clientes como com os trabalhadores. Valorizando o aprendizado, envolvimento e motivação de todos.

    Bill Gates

    Fundador da Microsoft, podemos dizer que o Bill Gates é uma inspiração de liderança não somente por esse grande feito. Ele dedica boa parte do seu tempo e dos seus esforços a projetos filantrópicos, sobretudo pautados em questões como saúde, educação e sustentabilidade. Essa atitude faz com que ele seja uma inspiração para seus liderados por meio do exemplo. Segundo o empresário, o sucesso vem por oferecer as ferramentas adequadas e também por proporcionar um ambiente em que as pessoas se orgulhem de fazer parte.

    O impacto duradouro da Liderança Inspiradora

    Ser um líder inspirador vai além de ter uma equipe produtiva ou proporcionar uma rotina de tarefas organizada. Suas atitudes refletem no ambiente de trabalho e, por consequência, no bem-estar pessoal de cada uma das pessoas. Quando pensamos em estratégias a longo prazo para administração das empresas, investir em cultura organizacional é a melhor opção, assim, incentivar a Liderança Inspiradora faz parte do caminho para o sucesso. Quando os líderes abraçam a missão de inspirar, desbloqueiam o potencial máximo dos colaboradores, tornando-os mais produtivos, criativos e comprometidos. Esses líderes não apenas alcançam metas, como também deixam um legado de positividade, crescimento e desenvolvimento.

    Capacitação para Líderes

    Para colocar em prática tudo o que apresentamos anteriormente, é preciso investir no treinamento e desenvolvimento dessa mentalidade. Cursos de Autoconhecimento e também de Liderança e Gestão de Pessoas são ótimas alternativas para iniciar o processo de transformação organizacional. Além disso, os Treinamentos In Company são ideais para as empresas que desejam um conteúdo personalizado ao seu dia a dia, levando em conta os desafios da própria equipe.

    Este conteúdo foi útil para você? Aprenda mais sobre o assunto: a Fundação Vanzolini oferece cursos com especialistas na área, para você ampliar o seu repertório e transformar sua carreira.

    Conheça os cursos de Liderança e Soft Skills da Fundação Vanzolini.

    Autoconhecimento, Liderança e Gestão de Pessoas

    Inteligência Emocional: Como usar a razão para equilibrar a emoção

    Liderança Assertiva: Um Estilo que Constrói Relações Maduras com Foco em Resultados

    Liderança e Gestão de Pessoas

    Liderança Eficaz em Negócios Digitais

    Liderança Feminina

    ENTRE EM CONTATO

    Modelagem Institucional nas Organizações Públicas e Privadas

    Modelagem Institucional nas Organizações Públicas e Privadas

    Compartilhe:

    A Fundação Vanzolini realiza projetos de modelagem institucional de organizações públicas e privadas. Em um nível macro, apoia tecnicamente na definição do modelo de gestão corporativa e em soluções de capacitação em serviço que incluem:

    • o desenho da estrutura organizacional;
    • a definição da estruturação de serviços e/ou produtos ofertados;
    • a identificação das principais atribuições e competências;
    • a organização da cadeia de valor considerando os processos de negócios (estratégicos, finalísticos e de suporte);
    • as diretrizes para a gestão de pessoas;
    • e o desenvolvimento do planejamento estratégico e seus desdobramentos em planos de ação (estratégicos, táticos e operacionais), com execução alinhada às diretrizes e objetivos estratégicos e com foco no atingimento das metas e dos resultados planejados.
    Quer saber mais?
    Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

      Formação em Indústria 4.0 para Pequenas e Médias Empresas

      Formação em Indústria 4.0 para Pequenas e Médias Empresas

      Compartilhe:

      A Quarta Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0, está mudando a maneira como as empresas operam e, portanto, os ambientes nos quais são forçadas a competir. A Indústria 4.0 combina técnicas avançadas de produção e operações com tecnologias inteligentes que são integradas a organizações, pessoas e ativos.

      Essa revolução é marcada pelo surgimento de novas tecnologias como robótica, inteligência artificial, tecnologias cognitivas, nanotecnologia, Internet das coisas (IoT), computação em nuvem, entre outras. As organizações devem identificar entre todas estas tecnologias, quais melhor atendem às suas necessidades para que invista nelas. Caso contrário, elas correm o risco de perder participação no mercado.

      Esta formação, destina-se especialmente aos líderes e gestores de pequenas e médias empresas (PMEs) para que consigam contextualizar, interpretar e responder melhor à transformação digital da indústria de manufatura, denominado modelo Indústria 4.0. Os estudos de caso e exemplos de aplicação do mundo real permitirão que os alunos se envolvam com os desafios da indústria e desenvolvam uma compreensão das tecnologias e inovações que estão revolucionando o desenvolvimento futuro dos negócios.

      Os profissionais que participarem deste curso serão capazes de transferir o conhecimento aprendido para suas próprias funções e começar a se preparar para a ruptura da Indústria 4.0 dentro de sua própria organização.

      Sobre o curso

      Data: 9 de agosto a 15 de novembro de 2023
      Horário: 18h às 19h30
      Plataforma: Zoom
      As aulas terão tradução simultânea (Português/Espanhol)

      Conteúdo do programa

      Módulo 1: Indústria 4.0, significado, escopo e experiência: Elementos-chave do modelo 4.0 e os benefícios das novas tecnologias;

      Módulo 2: Tecnologias de referência, escopo de adoção das tecnologias 4.0 na experiência internacional – casos selecionados;

      Módulo 3: Estudos empíricos sobre avanços das tecnologias 4.0 na América Latina;

      Módulo 4: Estudos empíricos sobre avanços das tecnologias 4.0 – apresentação de casos do Brasil e da Colômbia;

      Módulo 5: Estudos empíricos sobre avanços das tecnologias 4.0 – apresentação de casos do Chile e Argentina;

      Módulo 6: Vetores: Cases de aplicação da “Internet das Coisas”;

      Módulo 7: Vetores: Cases de aplicação “3D”;

      Módulo 8: Vetores: Cases de aplicação “Inteligência Artificial”;

      Módulo 9: Vetores: Cases de aplicação “Computação na Nuvem”;

      Módulo 10: Vetores: Cases de aplicação de ”Realidade Aumentada”;

      Módulo 11: Vetores: Cases de aplicação “Blockchain”;

      Módulo 12: Vetores: Cases de aplicação “Robótica”;

      Módulo 13: Humanos e máquinas: Habilidades requeridas e Gestão de equipes de trabalho mistas.

      Investimento

      Investimento total: R$ 1.800,00
      Boleto bancário: à vista ou parcelado em até 6 vezes.
      Cartão de crédito: à vista ou parcelado em até 6 vezes.

      Desconto especial de 10% para pagamentos à vista.

      Descontos progressivos de 10% a 50% para grupos. 

      Contatos

      Para saber mais entre em contato:
      (11) 3024-2266 / (11) 93033-0932
      rebecca.fernandes@vanzolini.org.br

      Professores

      Nicolo Glico
      Professor
      Diretor de Assuntos Econômicos da Unidade de Inovação e Novas Tecnologias da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe das Nações Unidas (CEPAL). Profissional com mais de 20 anos de experiência em design e implementação de políticas de desenvolvimento produtivo e negócios, incluindo atração de investimentos, promoção de exportação e inovação e desenvolvimento tecnológico. Ocupou diferentes cargos de responsabilidade no setor público chileno e trabalhou como consultor para organizações internacionais. É engenheiro civil industrial e mestre na mesma especialidade da Universidade do Chile, e mestre em gestão pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).
      Javier Formari
      Professor
      Doutor em Engenharia de Sistemas e licenciatura em Informática obtida na Universidade de Málaga, Espanha. Por mais de 20 anos ele se dedicou ao ensino universitário sendo um especialista nos tópicos relacionadas com tecnologias aplicadas e informática. Em assunto de gestão, foi diretor da área deTecnologia do Informações na UniversidadeTecnológica Nacional e Regional Rafaela. Já participou da comissão diretiva do Rafaela Câmara de Empresas de Desenvolvimento de Computadores.Também atuou como consultor de projetos de novas tecnologias aplicadas ao campo industrial e educacional. Autor de artigos científicos na Argentina e acadêmicos internacionais.
      Rubén Ascúa
      Professor
      Reitor da Universidade Nacional de Rafaela (Período 2017-21), professor da Faculdade Regional Rafaela e professor visitante da Faculdade de Ciências Economia da Kaiserslautern University of Applied Sciences, Alemanha. Rubén Ascúa é Contador Público Nacional (UNL-FCE),
      Bacharel em Economia (UNR-FCEyE) e doutor em Economia (PWU, San Diego). Seus campos de pesquisa e ensino são: desenvolvimento de PME e novos negócios; teoria da assinatura; mercados e instrumentos, financiamento para PME’s. Formulação e avaliação de projetos de investimento industrial; clusters e distritos industriais.
      Antonio de Sant’Anna Limongi França
      Professor
      Consultor sênior da LF1 Inovação Tecnológica e Estratégias Organizacional: Transformação de negócios digitais, TI, Plataformas de nuvem, inovação, ecossistemas e blockchain, Marketing e Vendas, desde 2003. Pós-doutorado em Engenharia de Produção: Blockchain e impacto social. PRO / POLI / USP. IBM e INGRAM MICRO Parceiro de Negócios – Transformação de negócios digitais e inovação estratégica. Criador e cofundador da startup ECOCHAIN, blockchain em empresas com impacto social. Desenvolvedor de sistemas ECOCHAIN e Mobilidade Urbana Inclusivo, ambos usando plataformas de blockchain. Pós-doutorado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP. Membro do grupo de pesquisa “Redecoop Gestão de Redes de Conhecimento e Cooperação REDECOOP”, da Universidade de São Paulo.
      Membro da equipe de professores e consultores da Fundação Vanzolini, desde 2014. Membro do Grupo de Pesquisa “Smart Cities” – Departamento de Engenharia da Produção da Poli-USP.
      João Amato Neto
      Professor
      Professor Sênior pela POLI-USP, Pós-doutor em Economia e Administração de Empresas pela Università Ca Foscari di Venezia (Itália), Doutor em Engenharia (Engenharia de Produção) pela POLI-USP, Mestre em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV) e Bacharel em Engenharia de Produção pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP). Presidente da Diretoria Executiva da Fundação Vanzolini.
      Ricardo Caruso Vieira
      Professor
      É mestre em gestão de operações pela FEA/USP – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo – e Engenheiro de Automação e Controle pela Poli/USP – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Trabalha com sistemas de otimização e gestão industrial há 12 anos em aplicações de diversos segmentos industriais. É autor de artigos sobre gestão de operações, inteligência artificial e manufatura avançada em revistas e congressos técnicos e científicos. É sócio e diretor da área técnica da Aquarius Software.
      Quer saber mais?
      Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato