Get 10% extra OFF on Porto Summer Sale - Use PORTOSUMMER coupon - Shop Now!

Incentivo e ampliação das lideranças femininas nas empresas

Incentivo e ampliação das lideranças femininas nas empresas

A presença de lideranças femininas no mundo dos negócios mostra que o cenário da desigualdade vem mudando, ainda que lentamente.

No que se refere à gestão de operações, é notável o aumento do número de mulheres presentes em cursos e também já formadas nessa área, além de mulheres atuando em cases de sucesso, que se tornaram essenciais para reforçar questões como igualdade de gênero e quebra de paradigmas.

Contudo, apesar dos avanços e conquistas, pouco ainda é feito, efetivamente, para preparar ou acompanhar as mulheres até sua chegada ao topo, e esse caminho pode ser duro e solitário.

Por isso, é fundamental que haja programas de incentivo à ampliação de líderes femininas, para alcançar o equilíbrio entre a quantidade de homens e mulheres em cargos de liderança, o que contribui, inclusive, para o aumento do lucro das empresas. (Fonte: Exame)

Venha conhecer alguns desses cases. Desejamos uma boa leitura!

 

A liderança feminina na Arcos Dorados (McDonald’s) e seu Comitê de Diversidade & Inclusão

A Arcos Dorados, empresa que gerencia a rede McDonald’s em diversos países da América Latina e do Caribe, conta, desde 2018, com um Comitê de Diversidade & Inclusão. Chamado de “Somos”, ele foi criado para promover um aumento gradativo no número de promoções de mulheres, anualmente.

Como resultado do programa, em 2021, 52% de todas as promoções a cargos de liderança foram de mulheres. Entre todas as promoções, elas representaram 60%. E, ainda, quando se observa os funcionários promovidos a líderes dos restaurantes McDonald’s no Brasil, as mulheres também predominam, com cerca de 55% do total.

A empresa também oferece programas de Saúde e Bem-Estar, como o Laços Dourados, iniciativa lançada em 2017, com o objetivo de identificar e apoiar gestantes de risco entre as funcionárias, visando diminuir o índice de prematuridade dos bebês e ainda melhorar a qualidade de vida da gestante e do recém-nascido.

Fonte: Mercado e Consumo

 

Programa de incentivo a mulheres gestoras e líderes na Amazon

Outra multinacional que possui medidas e ações para promover o equilíbrio entre mulheres e homens líderes no seu quadro de funcionários é a Amazon. Na empresa, atualmente, 46,5% das mulheres estão em posições de liderança na Amazon Varejo.

Agora, a gigante trabalha para alcançar a equidade de gêneros em seus Centros de Distribuição e Estações de Entrega. No Centro de Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, 55% da equipe é composta por mulheres, já em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul, 63% do quadro de funcionários é feminino.

Essas medidas são valiosas porque influenciam na imagem da empresa perante aos funcionários e seus outros stakeholders. Ou seja, projetos como esse mostram que a organização tem a inclusão como meta, se preocupa com a diversidade e com o lado humano de cada pessoa do seu quadro de colaboradores, em que todas as pessoas têm a chance de demonstrar seu potencial, sem se sentir diminuído ou excluído.

A Amazon ainda possui programas de capacitação de talentos femininos, contando com redes de apoio e treinamentos para promover seu desenvolvimento dentro da companhia. O “Women@Amazon” disponibiliza apoio profissional, além de contar com uma comunidade para desenvolver, reter e promover mais mulheres na empresa.

Uma das ações é o “Talks with Women from A to Z”, que traz mulheres gestoras e convidados especialistas que dividem seu conhecimento, abordam melhores práticas e conselhos para aprimorar o desenvolvimento dos participantes.

Fonte: Revista Mundo Logística

 

Boas práticas para a inclusão de mulheres em contextos de liderança nas empresas

Para que mais mulheres possam vivenciar êxito profissional, é preciso que elas sejam ouvidas, reconhecidas por seus méritos e conquistas, além de estabelecer políticas visando suas promoções, reduzindo, assim, preconceitos (conscientes ou inconscientes).

Além disso, deve-se criar políticas para que a licença-maternidade não seja mais enxergada como um problema. Ainda, no caso de mães com filhos, deve haver um equilíbrio nas funções e no cuidado com a criança, a outra parte também deve ter responsabilidades que deem à mãe a chance (e o tempo) para se desenvolver e ter sucesso profissionalmente.

O mundo solicita equidade no tratamento entre seres humanos. Cabe agora aos tomadores de decisão (não somente de empresas grandes e internacionais) liderarem e amplificarem ações que enxerguem a mulher com toda a justiça e igualdade que merecem.

Quer saber mais sobre Liderança Feminina e como desenvolvê-la? A Fundação Vanzolini oferece o curso Liderança Feminina, com carga horária de 20h, modalidade EaD gravado, para você assistir quando e onde quiser.

Venha se atualizar para transformar sua empresa!

Cursos de Gestão de Pessoas e Soft Skills da Fundação Vanzolini

 

ENTRE EM CONTATO

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


chat icone

Posso
ajudar?

You've just added this product to the cart:

×