Fundação Vanzolini

A pandemia impôs a suspensão das aulas presenciais na escola e os mais de 4 milhões de alunos da rede estadual paulista não podiam ficar sem estudar. A Fundação Vanzolini ajudou a implementar o modelo de ensino mediado por tecnologias

Em 13 de março de 2020, com a pandemia do coronavírus chegando ao país, o Governo de São Paulo tomou uma decisão difícil. Anunciou que suspenderia as atividades presenciais nas 5.200 escolas públicas estaduais, para evitar os riscos de contágio direto de quase 5 milhões de pessoas, entre professores, alunos e agentes escolares. Isso, sem contar os seus familiares, que também ficariam expostos. Até segunda ordem, o governo determinou: a escola agora seria remota e online.

Nunca houve uma situação como essa na educação paulista. Nunca houve uma mudança tão brusca no modelo de ensino e não era possível estimar os seus desdobramentos. Mas era possível antever os impactos operacionais e a urgência de enfrentá-los.

A ordem foi taxativa: suspender as aulas presenciais nas escolas para preservar a saúde de alunos, professores, gestores e familiares. Não havia tempo a perder, para implementar o maior programa de ensino mediado por tecnologia no Brasil.

As aulas teriam de ser repensadas para o contexto digital. Os professores precisariam de apoio para produzir roteiros, familiarizar-se com a câmara e gravar as suas videoaulas. Os conteúdos da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental exigiriam recursos gráficos e uma dinâmica especial. As aulas produzidas em estúdio requeriam um corpo técnico para gravar, editar e transmitir. Os desafios eram muitos.

Para fazer a transição ao ensino digital, a Secretaria da Educação absorveu a infraestrutura tecnológica instalada na EFAPE-Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação e criou o Centro de Mídias-SP. A Fundação Vanzolini foi chamada a contribuir, com a experiência que possui em soluções educacionais e no uso das Tecnologias de Informação e Comunicação. A encomenda foi a de pré-produzir 40 aulas por dia e preparar 20 horas semanais de material formativo para os professores. O conteúdo seria veiculado por meio de aplicativos, redes sociais e televisão.

O Council for Six Sigma Certification (CSSC) é a maior entidade de acreditação do setor e foi criado com o objetivo de definir padrões globais para programas de treinamento e certificação em Seis Sigma, além de melhorar continuamente este segmento.

Referência no mercado brasileiro na área de Seis Sigma, a Fundação Vanzolini faz parte do grupo de instituições certificadas pelo CSSC, que garante aos alunos excelência e compromisso com o ensino de qualidade.

Saiba mais sobre o Council for Six Sigma Certification (CSSC) em: https://www.sixsigmacouncil.org/

 

Os cursos In Company propõem a exclusividade de um programa desenvolvido com base nas necessidades específicas da sua empresa

O potencial de uma empresa está diretamente relacionado ao potencial de seus profissionais. Uma empresa só é possível com a presença de pessoas qualificadas, que fazem com que a organização ganhe em qualidade, produtividade e competitividade.

Sem os profissionais atuando com excelência, dificilmente uma organização se mantém saudável e próspera no mercado.

Desse modo, para garantir a capacitação contínua de seus colaboradores e a expansão dos negócios, as empresas podem contar com os cursos In Company.

Nessa modalidade de aprendizado, o grande diferencial está no fato de ser desenhado com exclusividade para atender às demandas de cada momento e de cada tipo de organização.

Quer saber mais? Então siga a leitura!

Conhecimento exclusivo e mais eficiência na solução de problemas

Diante das novas configurações no mundo do trabalho, das novas demandas da era digital e dos novos desafios do mercado, contar com profissionais alinhados e atualizados é essencial para a prosperidade dos negócios.

Desse modo, por meio dos cursos e treinamentos In Company, é possível contar com conteúdos desenvolvidos sob medida e de forma exclusiva para as necessidades específicas de cada organização, considerando seu momento, seu porte e os problemas a serem solucionados internamente.

A partir disso, desse aprendizado mais direcionado e focado, os resultados esperados tendem a ser mais rápidos e as demandas atendidas de maneira mais ágil.

Portanto, os cursos In Company podem ser considerados como um método eficiente de aprendizagem, para desenvolver pessoas e empresas.

Cursos e treinamentos In Company para manter e atrair talentos

Uma pesquisa realizada pelo LinkedIn mostrou que 79% dos profissionais de aprendizagem e desenvolvimento classificam a qualificação do quadro de funcionários como uma medida mais vantajosa em relação à contratação de novos colaboradores, sem que haja real necessidade para isso.

Ainda de acordo com os entrevistados pela plataforma, qualificar alguém da casa é uma via de mão dupla, que beneficia tanto a pessoa quanto a empresa. 

Nesse sentido, além de valorizar o pessoal que já faz parte da organização, a qualificação é um processo mais prático e menos oneroso do que novas contratações, poupando recursos para as empresas.

Mas, vale ressaltar que o investimento no ensino corporativo, voltado para o time, também é um ponto positivo quando se quer atrair talentos. Ao oferecer educação, conhecimento e possibilidade de crescimento na carreira, a empresa demonstra a valorização do seu pessoal, o que gera interesse por parte de novos profissionais.

Fazer parte de uma empresa que valoriza e oferece capacitação interna está, inclusive, entre os principais requisitos dos talentos atuais.

De acordo com levantamentos e pesquisas do ManpowerGroup Brasil, até 2025, a geração Z será 25% da força de trabalho global, o que representa o futuro das empresas. Desse modo, investir no desenvolvimento desses talentos é essencial, seja por meio de treinamentos corporativos, cursos de especialização ou benefícios para incentivar os estudos e o aprimoramento.

Para a empresa de recrutamento, o investimento em capacitação é uma iniciativa de retorno, pois os colaboradores têm a capacidade de melhorar o desempenho e aprender novas técnicas que serão aplicadas no cotidiano do trabalho, além de desenvolverem o chamado lifelong learning (educação e capacitação constantes).

As vantagens dos programas de treinamento personalizados

Como vimos acima, investir em cursos In Company é uma prática importante, capaz de gerar valor para os negócios e para as pessoas. Portanto, como vantagens dessa modalidade de aprendizado personalizado, podemos destacar:

Mas os cursos In Company são voltados para quais portes de empresa? É possível contar com essa modalidade e seus benefícios em organizações de pequeno e médio porte? Vamos te responder a seguir, continue com a gente!

Cursos In Company em grandes empresas

Vamos começar com as grandes empresas, nas quais a capacitação In Company já está se tornando algo mais presente e habitual.

No caso de organizações de grande porte, por conta do número de colaboradores, os cursos ou treinamentos in company, muito provavelmente, serão aplicados por área. Dificilmente um encontro será capaz de reunir todos os profissionais da empresa de uma única vez. 

Assim, as capacitações costumam ser realizadas de maneira setorizada, a partir das necessidades específicas de cada time ou setor. E, como falamos antes, esse foco contribui e muito para resultados mais positivos e ações mais assertivas.

Cursos In Company em Pequenas e Médias Empresas (PME)

Chegamos às pequenas e médias empresas, nas quais a cultura do ensino corporativo ainda não está tão disseminada, mas nas quais é possível realizá-los com a mesma eficiência e exclusividade.

Nesse sentido, o fato de ser menor, com pessoal mais reduzido, pode colaborar para maior engajamento tanto da própria empresa – para fazer o investimento – quanto dos profissionais que podem ter maior facilidade na absorção do conteúdo e na sua utilização prática, uma característica marcante nos cursos in company.

E, caso a questão financeira seja um problema para as pequenas e médias empresas, vale destacar que, com o auxílio da tecnologia, instituições que oferecem o conteúdo de cursos In Company EAD, pela internet, podem dispor de um orçamento mais próximo da realidade dos negócios.

Quais os impactos dos cursos In Company no desempenho e na produtividade dos colaboradores?

Seja uma grande ou uma pequena empresa, fato é que os impactos gerados pelos cursos in company são positivos, e a inclusão de uma cultura de aprendizado gera valor para pessoas e organizações.

Uma pesquisa da McKinsey & Company mostrou que empresas que investem no treinamento e desenvolvimento de seus colaboradores têm um desempenho até 45% superior em relação às que não têm essa prática educacional.

Um outro estudo do LinkedIn Learning revelou que 94% dos colaboradores têm maior propensão a permanecer em uma empresa que investe em seu desenvolvimento profissional.

Com profissionais mais satisfeitos e seguros em relação ao local onde estão, há maior produtividade, interesse e desejo de permanecer ali. A confiança é um valor importante e decisivo para um negócio prosperar.

Casos bem-sucedidos de empresas e os cursos In-Company

Para finalizar nosso artigo sobre cursos In Company e a exclusividade no ensino como mola propulsora de soluções, ideias e transformações, vamos citar três casos reais de empresas que fazem investimentos na capacitação contínua de seus colaboradores.

A primeira é a empresa Elektro, que conta com a “Educação Corporativa Elektro”, uma área exclusiva para aprimorar as habilidades dos colaboradores. Além dessa iniciativa, a empresa mantém outros programas que visam impulsionar novos líderes e a definir competências profissionais.

Outro exemplo é a Caterpillar que, em sua fábrica, possui um Centro de Treinamento e Desenvolvimento, no qual oferece – aos mais de 4 mil colaboradores – cursos e programas voltados para a segurança e redução de riscos no trabalho.

Temos ainda a Kimberly-Clark, que mantém um investimento constante na captação de talentos e nos programas de desenvolvimento profissional.

Esses são três exemplos que estão presentes no Great Place to Work, ranking das melhores empresas para se trabalhar, mostrando que a educação corporativa é uma estratégia importante para engajar pessoas.

Então, se você deseja oferecer cursos in company, com conteúdo exclusivo, para capacitação e desenvolvimento de seus colaboradores, conte com a Fundação Vanzolini e suas possibilidades de ensino corporativo.

Lembre-se que o treinamento visa aperfeiçoar os profissionais para as tarefas do dia a dia e prepará-los para novos desafios, melhorando o desempenho e aumentando a produtividade da empresa.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

LinkedIn

UOL Tech

UFMG

Mundo RH

Se você está procurando uma maneira flexível e eficiente de se destacar no mercado de trabalho, um MBA online pode ser a melhor escolha.

Com a conveniência de estudar de qualquer lugar e a flexibilidade de horários, você pode equilibrar a dinâmica do seu trabalho e vida pessoal, enquanto aprimora suas habilidades e conhecimentos.

A busca por cursos online tem crescido cada vez mais desde a pandemia, e um MBA online oferece uma série de vantagens em relação aos programas tradicionais presenciais.

Entre as vantagens, está o fato de ter acesso a professores altamente qualificados, conteúdo sempre atualizado e recursos de aprendizagem interativos. Conhecimento sem sair de casa.

Seja você um profissional em busca de crescimento na carreira ou um empreendedor aspirante, um MBA online pode ser o caminho para impulsionar sua trajetória profissional.

Então, acompanhe a leitura deste artigo que preparamos e veja como a flexibilidade e eficiência, oferecidas por esse tipo de programa, podem levar você um passo à frente no mercado de trabalho.

Formações e MBA online estão em alta

O aprendizado e formação online têm ganhado cada vez mais força entre as pessoas que desejam se qualificar e despontar na carreira.

De acordo com pesquisas, o mercado de cursos online tem registrado aumento significativo nos últimos anos, especialmente diante da pandemia da COVID-19, que desencadeou uma busca maior por ensino à distância e por soluções tecnológicas capazes de facilitar a educação.

Segundo o relatório “Global E-Learning Market Report 2021: Industry Trends, Share, Size, Growth, Opportunity and Forecast 2021-2026”, publicado pela Research and Markets, o mercado de e-learning está experimentando um crescimento significativo e espera-se que continue a expandir nos próximos anos.

Comprovando a tendência de cursos online, a pesquisa E-commerce Trends 2024 mostrou que, 28% dos entrevistados, em 2023, já haviam comprado cursos, capacitações e consultorias online nos últimos seis meses.

Apenas essa categoria – cursos, capacitações e consultorias –  aumentou 18 pontos percentuais na comparação entre 2022 e 2023.

Outra pesquisa, a Skills Outlook Employee View, divulgada no Brasil, no final de 2023, revelou que os cursos online são, para os brasileiros, a melhor maneira de se qualificarem para o mercado de trabalho.

No estudo, mais de 80% disseram preferir cursos virtuais e de curta duração. Realizada pela Pearson, em parceria com o Google, a pesquisa ouviu quatro mil trabalhadores do Brasil, da Índia, do Reino Unido e dos Estados Unidos, entre agosto e setembro do ano passado.

Entre os fatores que têm levado mais pessoas a buscarem por um aprendizado online, em especial, um MBA, está o desejo de abrir um novo negócio.

De acordo com a pesquisa realizada pela Carrington Crisp, chamada Tomorrow ‘s MBA, um entre cinco estudantes, que estão à procura por um curso de MBA, diz querer aprimorar o conhecimento em negócios para poder empreender.

Outro fator apontado pelos participantes para escolher um MBA é melhorar a questão salarial, seguida por melhorar a empregabilidade e o desejo de uma experiência de trabalho no exterior.

Ainda de acordo com a pesquisa, 26% das respostas eram sobre preferir um curso de MBA online ou híbrido (metade online e metade presencial).

Benefícios de se obter um MBA online

O maior interesse por cursos de MBA é uma tendência real. Diante do contexto atual, destacamos alguns pontos que têm levado os profissionais a procurarem mais por esse tipo de formação educacional e corporativa.

Mas existem ainda outras vantagens do MBA online, que contam muito no momento de decisão, especialmente para os profissionais já atuantes no mercado de trabalho. Entre elas, podemos destacar: 

Flexibilidade de lugar e horário

Na modalidade de MBA online, o estudo é mais flexível e o aluno pode acessar as aulas e conteúdos quando e de onde quiser. Com a agenda quase sempre tomada por reuniões o dia todo, os profissionais encontram no ensino online a possibilidade de encaixar o aprendizado no melhor momento do dia ou da semana.

Para isso, basta um equipamento conectado à internet e disposição para aprender e aprimorar. Já no caso de cursos presenciais, é preciso levar em conta o deslocamento até o local e seguir, estritamente, o horário em que a aula acontece. No presencial, há um engessamento maior.

Mais opções de escolha

Com o MBA online, o aluno não fica limitado geograficamente, tendo mais opções de escolha. Com o acesso virtual, é possível escolher qualquer instituição, independentemente de sua localização.

Os espaços e possibilidades se ampliam diante do estudo online. O que não acontece com um curso somente presencial, que limita o acesso das pessoas para aquela região da cidade ou do estado.

Autonomia nos estudos

Outra vantagem muito relevante do MBA online é o acesso às disciplinas, materiais e fóruns de discussão a qualquer momento, ao longo de todo o curso. Em geral, mesmo em formações com aulas ao vivo, os encontros costumam ficar gravados e disponíveis 24 horas por dia, na plataforma.

Diante disso, o aluno tem mais autonomia para organizar seu momento de estudo dentro da sua rotina. Em um curso presencial, o aluno precisa se adequar aos horários das aulas e não o contrário.

Mais chances de ampliar o networking

O encontro com outros profissionais, das mais diversas localizações, possibilita conhecer novas pessoas, novas formas de vida e de cultura, expande repertório e pensamento. Além disso, o encontro com pessoas de negócios estabelece trocas ricas e formam-se contatos profissionais que podem ser valiosos para a carreira.

Contato e aprendizado com professores experientes e renomados

Os cursos de MBA online contam, em sua maioria, com professores renomados, com experiência teórica e prática no mundo dos negócios. Então, as aulas são verdadeiras oportunidades de interação e contato  com pessoas gabaritadas em suas áreas de atuação, que vão compartilhar do conhecimento e colaborar para o crescimento profissional dos participantes.

Um MBA online realmente ajuda na carreira?

Como vimos nas pesquisas, em geral, os profissionais buscam programas de MBA com a expectativa de ascensão na carreira. E, de fato, há dados que apontam para uma melhor condição profissional e de salário quando se tem uma pós-graduação, que é o caso de um MBA.

Segundo dados da 54ª edição da pesquisa salarial feita pela Catho Educação, profissionais com Pós-Graduação ou MBA recebem até 47,2% a mais do que quem não possui especialização.

Desse modo, cursar um MBA pode ser, sim, um caminho importante para um salto na carreira, envolvendo mudança de posição ou cargo na empresa e também um aumento de salário, que é sempre bem-vindo.

Além disso, um MBA pode agregar valor ao profissional, pois o coloca em contato com outras lideranças – no caso do networking -, possibilitando troca de experiências na prática. Seu status diante do mercado também muda, tornando o profissional mais valorizado não só monetariamente, mas, sobretudo, intelectualmente. 

Como escolher o MBA online certo?

Bem, depois de compreender o contexto atual do MBA online, conhecer seus benefícios e sua importância para ascensão na carreira, vamos olhar para alguns pontos importantes no momento de decidir qual MBA é o melhor para seu momento profissional.

Ao decidir por fazer um MBA online, lembre-se de verificar:

Requisitos e a quem se destina um MBA online

De maneira geral, o MBA online é uma pós-graduação voltada aos executivos com experiência profissional superior a cinco anos, vivências em gestão e formações variadas, vindos de áreas e setores econômicos diversos.

Nesse sentido, o MBA online requer uma certa bagagem anterior e uma jornada já percorrida pelos alunos. Indicado para aqueles que buscam o aprimoramento por meio da formação executiva, desejam uma capacitação direcionada para encarar os desafios organizacionais e queiram assumir posições de destaque no mercado de trabalho.

Para ingressar em um MBA, as instituições realizam um processo seletivo, com alguns pré-requisitos e análise curricular.

É o momento de fazer um MBA?

Depois de acompanhar a leitura deste artigo, você ainda pode se perguntar: mas será que é o momento de fazer um MBA online?

Para saber se está na sua hora de ingressar em um MBA, considere estas questões:

Se você disse sim, então, dê o próximo passo em sua carreira com um MBA online da Fundação Vanzolini.

MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança

Para os profissionais que estão em busca de um MBA online, conduzido por professores experientes no mercado, para crescer na carreira e assumir posições de destaque, a Fundação Vanzolini oferece o curso de MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança.

Durante a formação, os participantes terão a chance de aprimorar suas habilidades de liderança, ter domínio de ferramentas práticas e conhecimentos em áreas essenciais, como métodos ágeis, gestão de produtos digitais, gestão da inovação e transformação digital, além de liderança e desenvolvimento de equipes.

Com todo o conteúdo do curso, o profissional certamente irá colher os benefícios de se investir em um MBA online.

Conheça o coordenador do MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança:

Importante destacar, ainda, que o MBA da Vanzolini conta com aulas ao vivo – com turmas de, no máximo, 50 alunos em sala -, garantindo mais qualidade no ensino do que em situações em que existem 500 pessoas ou mais em uma sala de aula ao vivo. Ou seja, o curso da Fundação Vanzolini oferece a praticidade da modalidade online, mas com uma qualidade superior.

Então, não perca mais tempo e aproveite a tendência do aprendizado digital. Entre em contato com a gente, faça seu MBA online e dê um salto na carreira.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo :)

Fontes:

jornalggn.com.br/noticia/79-dos-brasileiros-consumiram-produtos-digitais-em-2023/

agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2023-04/brasileiro-prefere-cursos-online-para-qualificacao-ao-mercado

valor.globo.com/patrocinado/dino/noticia/2023/04/19/ia-e-cursos-online-revolucionam-a-educacao-global.ghtml

forbes.com.br/carreira/2023/02/e-hora-de-fazer-um-mba-tudo-o-que-voce-precisa-saber-para-decidir/

exame.com/invest/academy/mba-veja-5-vantagens-curso/

O que fazer para impulsionar minha carreira? MBA ou pós-graduação? Muitas pessoas ficam confusas sobre as diferenças entre as formações depois da graduação e não sabem qual delas é a melhor para impulsionar seu crescimento profissional.

Neste artigo, vamos explorar as diferenças entre um MBA e um curso de pós-graduação, além de ajudá-lo a tomar uma decisão embasada em informações claras e precisas.

Desde já adiantamos que um MBA é voltado, especialmente, para profissionais que desejam desenvolver habilidades de gestão e liderança, enquanto um curso de pós-graduação é mais focado em aprofundar conhecimentos específicos em determinada área.

Ambas as opções têm seus méritos, mas depende dos seus objetivos e do que você espera obter com sua educação.

Então, se você está em busca de crescimento e quer saber qual opção é a ideal para você, continue lendo e descubra qual caminho pode impulsionar sua carreira ao próximo nível.

Quais as diferenças entre os cursos de MBA e de pós-graduação?

O MBA é uma formação no nível de pós-graduação, voltada a executivos. A pós-graduação é a fase que vem depois de concluída a graduação. Importante entender que, no campo da pós-graduação, existem duas possibilidades: lato sensu e stricto sensu.

De acordo com definição do MEC (Ministério da Educação), as pós-graduações lato sensu compreendem programas de especialização e incluem os cursos designados como MBA (Master Business Administration).

Já as pós-graduações stricto sensu são compostas por programas de mestrado e doutorado, para alunos com diplomas de cursos superiores de graduação e que estejam de acordo com as exigências legais.

Assim, a formação é mais direcionada para a pesquisa e o aprofundamento em um campo de conhecimento ou área.

Existe ainda a especialização, que também é um tipo de pós-graduação lato sensu, mas com foco em desenvolver habilidades técnicas específicas de uma área de formação.

Desse modo, seu público-alvo são profissionais do mercado que buscam um diferencial no currículo para se destacarem – ou ainda para encontrarem uma nova oportunidade na carreira. Por exemplo, um jornalista que desejar aprender sobre Marketing Digital.

Entender a diferença entre essas possíveis trilhas de formação é fundamental para uma escolha mais consciente e alinhada com seus anseios profissionais.

Quais fatores considerar ao decidir entre um MBA e uma pós-graduação?

Na hora de escolher entre um MBA e uma pós-graduação, existem alguns fatores que devem ser levados em consideração. Veja só:

Compreenda seu momento

Se você acabou de sair da faculdade, um MBA não é o mais indicado, pois se trata-se de um curso que pede experiência e maturidade que você ainda vai adquirir ao longo de sua carreira.

Porém e se já é um profissional experiente, que deseja subir de cargo e alcançar níveis de gestão mais altos? Então, um MBA pode ser um importante aliado nessa jornada.

Nesse caso, uma pós-graduação do tipo especialização pode ser insuficiente para sua meta.

A dica é: respeitar o momento da sua vida e da sua carreira para uma decisão mais acertada.

Saiba sobre você

Autoconhecimento é chave para muitas portas. Ao se tratar de investimento em formação educacional e corporativa, saber sobre si, sobre anseios, expectativas e sobre a própria realidade é fundamental.

Entender o que você deseja para a carreira e se tem o perfil adequado para realizar os planos traçados é um passo decisivo.

No caso de um MBA, por exemplo, o desejo de se tornar líder deve estar claro e ser uma meta consciente. Caso contrário, talvez o mais indicado seja uma pós-graduação, para um aprofundamento na área de atuação e atualizações.

Nem todo mundo quer ser líder – ou tem perfil para

É muito importante ter em mente que nem todo mundo quer ser líder, e tudo bem. Além disso, nem todos os perfis se encaixam em papéis de liderança. E tudo bem também.

É possível ser um profissional de sucesso e ter uma carreira reconhecida, por meio de aprendizados de cursos de especialização, e se destacar de outra maneira na organização e no mercado.

Tenha objetivos claros

Como falamos acima, se você não almeja ocupar um cargo de liderança, por que fazer um MBA? E como, então, alcançar novos patamares sem essa formação?

Aqui, vale ressaltar que a decisão sobre MBA e especialização deve passar exclusivamente pela pretensão ou não de ocupar um cargo elevado.

Mas a escolha deve estar bem alinhada com seus objetivos na carreira – e na vida. Defina suas metas e, a partir delas, faça seu investimento em uma formação.

Saiba do tempo de duração

O fator tempo também pode ser considerado no momento da escolha. MBA e pós têm duração diferentes, na maioria das vezes, a duração da pós-graduação tende a ser mais longa, podendo ir de um a três anos. Já o MBA, geralmente, tem uma duração média de dois anos.

MBA ou pós-graduação: qual é a melhor opção para progredir na carreira?

De uma maneira bastante simples, enquanto o MBA forma gestores e executivos, a pós-graduação tem o papel de qualificar profissionais em determinadas áreas.

Então, do MBA saem líderes e, da pós, especialistas. O que você deseja ser na sua carreira? Talvez esse seja o fator principal na tomada de decisão entre uma pós, especialização ou MBA.

Em relação aos setores e cargos que mais valorizam um MBA, estão os cargos executivos, de gerência, empreendedores e consultores, envolvendo profissionais de áreas como administração, finanças, marketing, recursos humanos e tecnologia da informação.

De acordo com informações da 54ª edição da Pesquisa Salarial, realizada pela Catho Educação, profissionais em cargos de diretoria e com um MBA possuem salários até 47,2% maiores do que aqueles que não contam com essa formação no currículo.

Ainda, segundo a pesquisa, uma pessoa pós-graduada, ocupando uma função de coordenação, pode ganhar até 53% mais do que alguém que possui apenas a graduação. Já nos cargos operacionais ou de assistente, a diferença para mais, na remuneração para profissionais com pós-graduação, pode ser de até 25%.

Como financiar seu MBA ou pós-graduação

Independentemente de qual seja sua escolha, investir em um MBA ou em uma pós-graduação exige um planejamento financeiro importante.

Trata-se de um investimento que pode ser alto muitas vezes e, para colaborar e incentivar o estudo, o aprimoramento e a educação, há linhas de crédito disponibilizadas por instituições financeiras.

Desse modo, oferecem financiamento estudantil bancos como:

Caixa Econômica Federal

A Caixa possui uma linha de crédito para educação e sua única exigência é que o curso seja reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).
A Caixa efetua o pagamento à vista à instituição de ensino e, então, o pagamento do aluno, ao banco pode ser feito em até 36 vezes com prestações mínimas de R$ 50. A mensalidade do financiamento da Caixa tem juros na casa dos 1,73%.

Santander

Com 122 instituições conveniadas, o Santander é uma alternativa no financiamento de uma pós-graduação ou MBA.

Seu plano de financiamento é feito, em geral em 36 meses, e os detalhes de valores das parcelas são acertados diretamente com o gerente de uma unidade do banco.

Bradesco

No caso do Bradesco, há um limite de financiamento de R$40 mil. Este valor pode ser parcelado em 48 vezes, com juros de 2,59% por mês.

Esses são apenas alguns exemplos de possibilidades de financiamento para pós-graduação e MBA.

Por fim, para além do investimento, lembre-se sempre de considerar as condições oferecidas pela instituição de ensino, sua metodologia, seu cronograma de aulas, seu conteúdo programático, e se informe sobre os professores e professoras responsáveis pelo curso, certo?

Faça a escolha certa para o avanço de sua carreira: MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança

Com foco em formar líderes do futuro, a Fundação Vanzolini conta com o MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança.

Então, se você leu este artigo, compreende as diferenças e entendeu que para seu momento profissional o mais indicado é um MBA, faça a melhor escolha com a gente!

Para pessoas que têm interesse em liderar ambientes empresariais dinâmicos e digitalizados, o MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança da Fundação Vanzolini oferece ferramentas práticas e conhecimentos em áreas essenciais, como métodos ágeis, gestão de produtos digitais, gestão da inovação e transformação digital, além de liderança e desenvolvimento de equipes.

Com aulas ao vivo e gravadas, no formato EAD, o MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança tem carga horária mínima obrigatória de 360 horas. Mas é possível complementar o histórico com mais 60 horas de disciplinas optativas, chegando à carga horária máxima de 420 horas, caso você deseje.

As 60 horas optativas devem ser escolhidas entre os cursos da Vanzolini Play, de acordo com interesse de cada participante.

O curso é voltado para profissionais de diversas áreas, especialmente aqueles que trabalham com agilidade, liderança e produtos digitais, e também para aqueles que têm como objetivo avançar na carreira e assumir posições de gestão de equipes.

Agora, não espere mais! O MBA ideal está aqui. A Fundação Vanzolini te ajuda a realizar o sonho de decolar na carreira.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo ;)

Comece a sua jornada em uma das principais profissões do futuro! Domine conceitos básicos e avançados, aprendendo como desvendar padrões em um oceano de dados para apoiar as tomadas de decisão. Além disso, você também vai entender sobre estratégias de visualização de dados, análises exploratórias e terá aulas com projetos práticos.

Veja tudo o que você vai aprender:

*O software Tableau é uma das principais plataformas de análise de dados do mercado e oferece licença de um ano gratuita para estudantes de instituições de ensino credenciadas por meio do programa ‘Tableau para Estudantes’.

Você poderá usar o Tableau desde o primeiro dia do curso e terá a licença gratuita durante um ano. Caso a matrícula seja cancelada, a licença será perdida.

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Formação em Indústria 4.0 para Pequenas e Médias Empresas

Formação em Indústria 4.0 para Pequenas e Médias Empresas

Compartilhe:

A Quarta Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0, está mudando a maneira como as empresas operam e, portanto, os ambientes nos quais são forçadas a competir. A Indústria 4.0 combina técnicas avançadas de produção e operações com tecnologias inteligentes que são integradas a organizações, pessoas e ativos.

Essa revolução é marcada pelo surgimento de novas tecnologias como robótica, inteligência artificial, tecnologias cognitivas, nanotecnologia, Internet das coisas (IoT), computação em nuvem, entre outras. As organizações devem identificar entre todas estas tecnologias, quais melhor atendem às suas necessidades para que invista nelas. Caso contrário, elas correm o risco de perder participação no mercado.

Esta formação, destina-se especialmente aos líderes e gestores de pequenas e médias empresas (PMEs) para que consigam contextualizar, interpretar e responder melhor à transformação digital da indústria de manufatura, denominado modelo Indústria 4.0. Os estudos de caso e exemplos de aplicação do mundo real permitirão que os alunos se envolvam com os desafios da indústria e desenvolvam uma compreensão das tecnologias e inovações que estão revolucionando o desenvolvimento futuro dos negócios.

Os profissionais que participarem deste curso serão capazes de transferir o conhecimento aprendido para suas próprias funções e começar a se preparar para a ruptura da Indústria 4.0 dentro de sua própria organização.

Sobre o curso

Início previsto: 21 de agosto de 2024
Horário: 18h às 19h30
Plataforma: Zoom

Conteúdo do programa

Módulo 1: Indústria 4.0, significado, escopo e experiência: Elementos-chave do modelo 4.0 e os benefícios das novas tecnologias;

Módulo 2: Tecnologias de referência, escopo de adoção das tecnologias 4.0 na experiência internacional – casos selecionados;

Módulo 3: Estudos empíricos sobre avanços das tecnologias 4.0 na América Latina;

Módulo 4: Estudos empíricos sobre avanços das tecnologias 4.0 – apresentação de casos do Brasil e da Colômbia;

Módulo 5: Estudos empíricos sobre avanços das tecnologias 4.0 – apresentação de casos do Chile e Argentina;

Módulo 6: Vetores: Cases de aplicação da “Internet das Coisas”;

Módulo 7: Vetores: Cases de aplicação “3D”;

Módulo 8: Vetores: Cases de aplicação “Inteligência Artificial”;

Módulo 9: Vetores: Cases de aplicação “Computação na Nuvem”;

Módulo 10: Vetores: Cases de aplicação de ”Realidade Aumentada”;

Módulo 11: Vetores: Cases de aplicação “Blockchain”;

Módulo 12: Vetores: Cases de aplicação “Robótica”;

Módulo 13: Humanos e máquinas: Habilidades requeridas e Gestão de equipes de trabalho mistas.

Contatos

Para saber mais entre em contato:
(11) 3024-2266 / (11) 93033-0932
rebecca.fernandes@vanzolini.org.br

Professores

Nicolo Glico
Professor
Diretor de Assuntos Econômicos da Unidade de Inovação e Novas Tecnologias da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe das Nações Unidas (CEPAL). Profissional com mais de 20 anos de experiência em design e implementação de políticas de desenvolvimento produtivo e negócios, incluindo atração de investimentos, promoção de exportação e inovação e desenvolvimento tecnológico. Ocupou diferentes cargos de responsabilidade no setor público chileno e trabalhou como consultor para organizações internacionais. É engenheiro civil industrial e mestre na mesma especialidade da Universidade do Chile, e mestre em gestão pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).
Javier Formari
Professor
Doutor em Engenharia de Sistemas e licenciatura em Informática obtida na Universidade de Málaga, Espanha. Por mais de 20 anos ele se dedicou ao ensino universitário sendo um especialista nos tópicos relacionadas com tecnologias aplicadas e informática. Em assunto de gestão, foi diretor da área deTecnologia do Informações na UniversidadeTecnológica Nacional e Regional Rafaela. Já participou da comissão diretiva do Rafaela Câmara de Empresas de Desenvolvimento de Computadores.Também atuou como consultor de projetos de novas tecnologias aplicadas ao campo industrial e educacional. Autor de artigos científicos na Argentina e acadêmicos internacionais.
Rubén Ascúa
Professor
Reitor da Universidade Nacional de Rafaela (Período 2017-21), professor da Faculdade Regional Rafaela e professor visitante da Faculdade de Ciências Economia da Kaiserslautern University of Applied Sciences, Alemanha. Rubén Ascúa é Contador Público Nacional (UNL-FCE),
Bacharel em Economia (UNR-FCEyE) e doutor em Economia (PWU, San Diego). Seus campos de pesquisa e ensino são: desenvolvimento de PME e novos negócios; teoria da assinatura; mercados e instrumentos, financiamento para PME’s. Formulação e avaliação de projetos de investimento industrial; clusters e distritos industriais.
Antonio de Sant’Anna Limongi França
Professor
Consultor sênior da LF1 Inovação Tecnológica e Estratégias Organizacional: Transformação de negócios digitais, TI, Plataformas de nuvem, inovação, ecossistemas e blockchain, Marketing e Vendas, desde 2003. Pós-doutorado em Engenharia de Produção: Blockchain e impacto social. PRO / POLI / USP. IBM e INGRAM MICRO Parceiro de Negócios – Transformação de negócios digitais e inovação estratégica. Criador e cofundador da startup ECOCHAIN, blockchain em empresas com impacto social. Desenvolvedor de sistemas ECOCHAIN e Mobilidade Urbana Inclusivo, ambos usando plataformas de blockchain. Pós-doutorado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP. Membro do grupo de pesquisa “Redecoop Gestão de Redes de Conhecimento e Cooperação REDECOOP”, da Universidade de São Paulo.
Membro da equipe de professores e consultores da Fundação Vanzolini, desde 2014. Membro do Grupo de Pesquisa “Smart Cities” – Departamento de Engenharia da Produção da Poli-USP.
João Amato Neto
Professor
Professor Sênior pela POLI-USP, Pós-doutor em Economia e Administração de Empresas pela Università Ca Foscari di Venezia (Itália), Doutor em Engenharia (Engenharia de Produção) pela POLI-USP, Mestre em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV) e Bacharel em Engenharia de Produção pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP). Presidente da Diretoria Executiva da Fundação Vanzolini.
Ricardo Caruso Vieira
Professor
É mestre em gestão de operações pela FEA/USP – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo – e Engenheiro de Automação e Controle pela Poli/USP – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Trabalha com sistemas de otimização e gestão industrial há 12 anos em aplicações de diversos segmentos industriais. É autor de artigos sobre gestão de operações, inteligência artificial e manufatura avançada em revistas e congressos técnicos e científicos. É sócio e diretor da área técnica da Aquarius Software.
Quer saber mais?
Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

    Estudos e projetos

    Atuar com soluções sob medida e personalizadas para organizações públicas e privadas também faz parte do escopo da Fundação Vanzolini. A base dos conhecimentos acadêmicos da Engenharia de Produção são o  diferencial,  que traduz demandas e desenvolve Estudos, Projetos e Consultorias que asseguram diagnósticos precisos, adaptação às diferentes realidades do país e  escaláveis para grandes demandas.

    As entregas dos trabalhos da Fundação Vanzolini focam no resultado duradouro, com  transferência dos conhecimentos gerados nos projetos e na formação das equipes dos parceiros e contratantes, visando à constância das boas-práticas e da eficiência de gestão a longo prazo.

    Confira abaixo alguns dos temas que são a expertise da Vanzolini:

    Setor público

    A gestão pública desempenha um papel fundamental na organização e na administração dos serviços e recursos governamentais. Ela ocupa um papel essencial para garantir que o governo atenda às necessidades da sociedade, promova a transparência, tenha responsabilidade e contribua para o desenvolvimento econômico e social. Uma gestão pública eficaz promove a estabilidade política e o bem-estar dos cidadãos.

    Neste segmento, a Fundação Vanzolini tem forte atuação, em parceria com entidades governamentais, no desenvolvimento de projetos e pesquisas relacionadas às necessidades do setor público, principalmente nas áreas da Saúde e Educação.

    Suas entregas contribuem para a resolução de problemas de forma interdisciplinar, ou seja, integrando as instituições públicas e privadas, a academia e a sociedade em todas as suas esferas, a fim de trazer benefícios às questões sociais, econômicas, políticas e ambientais.  

    Com participação em projetos e pesquisas em gestão pública tanto no Brasil, quanto no exterior, a Vanzolini procura trazer em seu DNA a inovação e a troca de experiências. Casos bem-sucedidos no Brasil, por exemplo, podem ser aplicados em outros países, da mesma forma que casos bem-sucedidos no exterior podem ser aplicados no Brasil, após adequação às características de cada região onde serão implementadas tais soluções.

    Com a finalidade de atender às demandas prioritárias da sociedade, a Fundação Vanzolini oferece suporte ao planejamento, implementação e supervisão de diferentes ações, tendo como exemplos importantes áreas como:

    Educação
    • Projetos educacionais com o suporte de tecnologias digitais e adoção das melhores práticas de gestão que integram estratégia de negócio, conteúdo, soluções tecnológicas e produção editorial. E também em multimídia de materiais pedagógicos, articulando expertises específicas de parceiros de competência comprovada;
    • Gestão dos processos de modelagem, implementação, desenvolvimento e operação da Rede do Saber. Apoio na formação continuada de qualidade aos(ás) professores(as) e agentes educacionais dos 645 municípios paulistas, alcançando anualmente cerca de 438 mil profissionais;
    • Desenvolvimento e implementação do programa Ensino Médio em Rede, iniciativa do governo paulista para oferecer formação continuada a gestores e professores que atuam nessa etapa escolar. Caracterizado pela metodologia inovadora e a articulação de diferentes atores e tecnologias, o projeto alcançou 60 mil profissionais;
    • Produção, conteúdo e edição de videoaulas gravadas e utilizadas como material de apoio para os professores durante a pandemia causada pela Covid-19, que fez com que todos os alunos e alunas da rede pública do estado de São Paulo acompanhassem remotamente as aulas;
    • Organização e operação de soluções compartilhadas de comunicação e capacitação com suporte de tecnologias (EaD), em conteúdo de interesse comum a todos os atores envolvidos, implicando em redução de investimentos e custeio nessas atividades.
    Saneamento Básico
    • Prestação de serviços técnicos profissionais especializados com vistas a apoiar a estruturação e o desenvolvimento de projetos de concessão; 
    • Projetos de Saneamento em geral;
    • Desenvolvimento de Parceria Público Privada (PPP);
    • Coleta de dados e análises; Avaliação da cobertura dos riscos;
    • Serviços de certificação de empresas (financeira e técnica);
    • Serviços de acompanhamento de projetos, verificando a sua aderência às metas fixadas pelo programa de universalização;
    • Assessoramento para implantação de políticas de tratamento e destinação de resíduos sólidos; 
    • Racionalização de resíduos e Uso de energia.
    • Benchmarking aplicado à governança e à performance (técnica, em qualidade e econômica) das soluções nacionais e internacionais em saneamento.
    Infraestrutura
    • Assessoramento para aquisição de empresas concessionárias em operação;
    • Estruturação de parcerias;
    • Identificação de potenciais arranjos de regionalização, a partir de dados socioeconômicos, geográficos e análise de vocações econômicas vigentes e/ou possíveis;
    • Modelagem, negociação, organização e implementação de consórcios regionais, incluindo os aspectos técnicos, econômicos, ambientais, jurídicos e de governança;
    • Organização e implementação de redes regionais e/ou estaduais de P&D, reunindo universidades, centros/institutos de pesquisa e instituições do setor de saneamento.

    Projetos

    Além desses exemplos com projetos implementados ou em fase de implementação, a Fundação Vanzolini tem projetos relacionados em diversas áreas da Gestão Pública sempre visando a Interdisciplinaridade e a Integração entre os envolvidos, de forma a atender as seguintes necessidades:

     

    Conheça aqui alguns projetos
    • Atendimento às Necessidades da Sociedade: A gestão pública é responsável por garantir que as necessidades e demandas da sociedade sejam atendidas de forma eficiente e eficaz. Isso envolve a prestação de serviços públicos essenciais, como saúde, educação, segurança pública e infraestrutura;
    • Transparência e Prestação de Contas: Uma gestão pública eficaz promove a transparência nas ações do governo. Isso significa que as decisões, gastos e políticas são públicos e podem ser fiscalizados pelos cidadãos. A prestação de contas é crucial para manter a confiança na administração pública;
    • Eficiência na Utilização de Recursos: A gestão pública eficiente ajuda a otimizar a alocação de recursos financeiros e humanos. Isso significa que o dinheiro dos contribuintes é gasto da melhor maneira possível para alcançar resultados positivos;
    • Desenvolvimento Econômico e Social: A gestão pública desempenha um papel importante no desenvolvimento econômico e social de um país. Ela ajuda a criar políticas e programas que promovem o crescimento econômico, a redução da desigualdade e a melhoria da qualidade de vida da população;
    • Estabilidade Política: Uma gestão pública eficaz contribui para a estabilidade política, pois atende às necessidades e expectativas dos cidadãos. Isso pode ajudar a prevenir conflitos e garantir um ambiente político mais estável;
    • Cumprimento das Leis e Regulamentos: A gestão pública está sujeita às leis e regulamentos do país. Garantir que o governo siga as leis promove a justiça e o Estado de Direito;
    • Participação Cidadã: A gestão pública eficiente incentiva a participação ativa dos cidadãos no processo político. Isso pode levar a melhores políticas e a um governo mais responsivo às necessidades da sociedade;
    • Inovação e Adaptação: A gestão pública precisa ser inovadora e capaz de se adaptar às mudanças na sociedade e na economia. Isso envolve a incorporação de novas tecnologias e métodos de trabalho para melhorar a eficiência e a qualidade dos serviços públicos.

    Destaques

    Implementação de políticas públicas nos segmentos de Saúde, Educação, Transporte, Meio Ambiente e Infraestrutura
    Concepção, Implementação e Operação de redes educacionais
    Modelagem institucional nas instituições públicas e privadas
    Estudos de viabilidade técnica e financeira em diversos segmentos, como: Saúde, Educação, Transporte, Meio Ambiente e Infraestrutura
    Implementação de Parcerias Público Privadas
    Certificação de Procedimentos Operacionais e de Tecnologias
    Inovação e Tecnologias disruptivas em Educação, Transporte, Saneamento Básico, Infraestrutura e Meio Ambiente
    Reengenharia de processos de negócios na gestão pública
    Tecnologia da Informação e Comunicação na gestão pública
    Quer saber mais?
    Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

      EVENTO GRATUITO

      Nos dias 29, 30 e 31 de agosto de 2023, acontecerá o Summer Focus 2023 – O Ecossistema internacional de inovação: uma ponte entre a Emília-Romagna (Itália) e São Paulo (Brasil), como parte da colaboração existente entre Cluster-Build e a Fundação Vanzolini.

      O Cluster Build é uma associação que congrega instituições de ensino e pesquisa, empresas privadas de diferentes tamanhos e perfis e profissionais do setor de Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC), visando fomentar integração e cooperação entre os seus participantes para desenvolvimento de negócios na Itália e no Exterior através da parceria em negócios e atividades de inovação. Atualmente, soma mais de 150 participantes.

      O Cluster Build é um dos 9 (nove) Clusters Setoriais que fazem parte do sistema de inovação existente na Região EmÍlia-Romagna que fica na região Centro Norte da Itália.

      A Fundação Vanzolini é uma entidade sem fins lucrativos, criada e mantida pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, com quem mantém estreita colaboração. Atua nas áreas de educação especializada, desenvolvimento de soluções através da realização de estudos e pesquisas, coordena projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação e é conhecida como entidade certificadora em vários segmentos.

      A Fundação Vanzolini e o Cluster Build têm um Acordo de Cooperação na qual ela atua como agente facilitador do Cluster Build no Brasil com o objetivo de incentivar a colaboração entre empresas e entidades brasileiras e italianas no desenvolvimento do setor AEC através de trocas de informações, intercâmbio e parcerias nas áreas de formação técnica e profissional, inovação, desenvolvimento de negócios locais e internacionais entre os participantes.

      A organização das atividades descritas acima, está sendo coordenada pelo Prof. Dr Marcelo Schneck de Paula Pessoa em nome do Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo (LCTU) – Conectividade do Departamento de Engenharia de Produção da EPUSP e pelo Acordo de Cooperação Cluster Build – Fundação Vanzolini.

      PROGRAMAÇÃO

      Se interessou pelo assunto? Contamos com a sua presença!