Get 10% extra OFF on Porto Summer Sale - Use PORTOSUMMER coupon - Shop Now!

Lean: Como aplicar a produção enxuta na sua empresa

Lean: Como aplicar a produção enxuta na sua empresa

A busca por melhoria e otimização do tempo nos processos internos das empresas sempre esteve no topo da lista de prioridades, assim como ações que impactam diretamente nos gastos e lucros. 

Desenvolvida por engenheiros da Toyota em 1950, o Lean Manufacturing ou processo de manufatura enxuta ganhou adeptos no mundo todo após a constatação de que este sistema é realmente eficiente e traz melhores resultados do que um sistema de produção em massa, como o apresentado na época do Fordismo. 

Mas o que é Lean?

Logo que foi desenvolvido este processo não recebeu o nome que tem hoje. Intitulado Toyota System Production (Sistema Toyota de Produção), foram definidos três conceitos para os diferentes tipos de resíduos e que são fundamentais para a ideia de eliminação de desperdícios: Muda, Muri e Mura. 

O primeiro é voltado para atividades que consomem recursos sem aumentar o valor final entregue ao cliente. O segundo é sobre práticas que envolvem o uso excessivo de equipamentos ou funcionários sobrecarregados. E o último descreve irregularidades operacionais, como o desempenho do trabalho que aumenta os custos e diminui a eficiência ao longo do tempo.

Ao identificar e eliminar esses três pontos, a Toyota obteve uma série de benefícios, como:
– prazos de entrega reduzidos;
– estoques mais baixos;

– custos totais reduzidos;
– produtividade aprimorada;
– maiores margens de lucro;
– maior qualidade do produto;
– maior satisfação do cliente.

O nome Lean Manufacturing foi utilizado pela primeira vez em 1990, no livro “A Máquina que Mudou o Mundo”, de James Womack, Daniel Jones e Daniel Ross, resultado de um estudo de cinco anos realizado no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) sobre história e futuro do automóvel. 

Anos mais tarde, o livro “A Mentalidade Enxuta nas Empresas: Elimine o Desperdício e Crie Riqueza” popularizou o termo e disseminou ainda mais o ensinamento da Toyota sobre um sistema que prevê redução de custos, melhoria contínua, agilidade de produção, maior capacidade produtiva e melhoria no ambiente de trabalho. 

 Quais ações e ferramentas do Lean podem ser utilizadas na minha empresa? 

Não há uma técnica correta para todas as empresas. Cada empresa deve analisar quais são os pontos de melhoria e pode aplicar diferentes ferramentas e filosofias para alcançar o resultado proposto pelo Lean, como: 

  • Filosofia 5S
      • Baseado nos conceitos de utilização, organização, limpeza, saúde e higiene  e autodisciplina, ela tem como objetivo conduzir e mobilizar uma empresa na direção da qualidade total;
  • Just in Time
      • Relacionada à produção por demanda, prevê uma economia de custo, qualidade e motivação dos colaboradores; 
  • Padronização de atividades
      • Com métodos claros, específicos e alinhados entre todos os colaboradores há uma redução de riscos e facilitação na hora de treinar novos empregados; 
  • Método Single Minute Exchange of Die (SMED)
      • Reduz o tempo do processo de setup de equipamentos a serem utilizados em determinada produção e, assim, há redução de custos e aumento da capacidade de produção;
  • Poka Yoke 
      • Termo japonês para “à prova de erros”, este sistema previne falhas e desenvolve a capacidade de corrigir com agilidade possíveis erros, por meio de ações simples;
  • Kanban
      • Totalmente visual, este método prevê que os fluxos de produção da empresa sejam acompanhados de maneira prática;
  • Kaizen
      • Palavra japonesa para melhoria contínua, esta filosofia prevê pequenas alterações, mas com grandes impactos nos resultados desde que sempre tenha busca por melhorias; 
  • Mapeamento do fluxo de valor 
    • Com uma visão macro de todas as etapas, materiais e pessoas envolvidas desde o pedido do cliente até a entrega e que identifica desperdícios e erros no processo produtivo. 

Como implantar o Lean na minha empresa? 

Apesar de todos os pontos apresentados aqui é imprescindível que haja um estudo detalhado sobre o que é melhor para a empresa, afinal existe uma série de métodos e filosofias que podem ser aplicados, mas que exigem metodologia e técnica e que são ensinados no curso Lean: Sistema de Produção Enxuta da Fundação Vanzolini

Mas, também é primordial que haja uma mudança de cultura disseminada entre todos os colaboradores. Pois os resultados previstos só podem ser alcançados se houver colaboração e dedicação de todos. 

Saiba mais e inscreva-se!

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


chat icone

Posso
ajudar?