Fundação Vanzolini

Importantes transformações recentes trouxeram grandes desafios aos municípios brasileiros. A chegada do 5G, a implantação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) nos órgãos municipais e a necessidade de ampliar a inclusão social por meio da inclusão digital estiveram na agenda dos gestores municipais.

(mais…)

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o Fórum Inova Cidades e a Fundação Vanzolini realizaram o primeiro encontro da série on-line que discute temas de inovação e tecnologia fundamentais para a gestão de dados nos municípios. Mais de 100 inscritos participaram da conversa com o prefeito de Florianópolis (SC), Topázio Neto, o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego de Santo André (SP), Evandro Banzato e a analista de políticas públicas e gestão governamental da Prefeitura de São Paulo, Martina Bergues.

(mais…)

Essa é a segunda edição dos seminários on-line promovidos pela Frente Nacional de Prefeitos em parceria com a Fundação Vanzolini. Os encontros têm como objetivo promover conexões e trocas de experiências em torno de pautas inovadoras na gestão municipal, possibilitando que prefeitos e prefeitas, bem como suas equipes técnicas, tenham acesso a conhecimentos práticos e atualizados, que servirão de referência para o desenvolvimento de serviços públicos mais inclusivos, mais acolhedores e mais eficientes.

O tema dessa edição será “Serviços Digitais nos Municípios”. para saber mais informações clique aqui.

Encontro traz o tema “Serviços Digitais nos Municípios”. Seminário acontecerá em 10 de maio de 2022, terça-feira, às 10h, pela plataforma Zoom; interessados já podem se inscrever gratuitamente pelo link do evento.

A transformação digital da sociedade acelera a cada dia, em uma velocidade jamais vista. De olho nas oportunidades e nos cuidados envolvidos nesse processo de transformação, gestores e gestoras municipais de todo o país buscam referências e canais de diálogo, de discussão e de aprendizagem para intensificar o uso de técnicas e de tecnologias inovadoras que deem suporte às suas ações estratégicas. O objetivo é aprimorar os serviços oferecidos à população, aproximando-se cada vez mais das necessidades dos cidadãos.

(mais…)

Série de encontros virtuais promovidos pela Associação Paulista de Municípios (APM) e Fundação Vanzolini (FCAV) apresenta e discute com prefeitos soluções práticas para a vida nas cidades.

Disseminar soluções já implementadas pelo setor público e que podem ser desenvolvidas por gestores municipais na área de Desenvolvimento e Assistência Social é o objetivo da terceira edição da série de webinares “Como inovar na gestão municipal?”. Os encontros mensais reúnem gestores, prefeitos, secretários e parlamentares para trocar experiências sobre ações que podem melhorar a vida dos cidadãos.

A edição de 29 de julho terá a participação da Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo e membro do Fórum Nacional dos Secretários de Assistência Social, Célia Parnes; do sociólogo, ex-Deputado Federal e ex-Secretário de Desenvolvimento Social do Estado, Floriano Pesaro; e da cientista política, doutora em Serviço Social e ex-Secretária Nacional de Assistência Social, Maria do Carmo Brant de Carvalho. Especialistas que conhecem a realidade das cidades paulistas e vão relatar ações que podem reduzir a vulnerabilidade social e apoiar os mais pobres durante a pandemia.

A população de rua na cidade de São Paulo, por exemplo, saltou de 15.905, em 2015, para 24.344 em 2019 – um aumento de 53%, segundo censo realizado pela Prefeitura. E esse número vem crescendo durante a pandemia.

“Essa população precisa de acolhimento. Uma das nossas missões é articular, mediar as oportunidades que possam existir no município, na sua região, oportunidades de integração à educação, de acesso aos serviços de saúde, moradia, ao emprego, à inclusão produtiva”, afirma Maria do Carmo Brant de Carvalho.

Com o aumento do número de pessoas em situação de risco, cresce também a preocupação com a infância, um dos pilares da atuação de Floriano Pesaro quando foi Secretário Municipal. Ele é um dos criadores do programa São Paulo Protege, que tirou três mil crianças das ruas entre 2005 e 2008. “Precisamos romper com o ciclo de miséria e pobreza. O trabalho infantil rouba o que a criança tem de mais precioso: o direito de ser e de viver como criança!”

Na esfera do governo estadual, a Secretária Célia Parnes irá mostrar ações como o programa Acolhe São Paulo, lançado recentemente. “Famílias que fazem parte do cadastro único, com renda de até três salários mínimos, e que perderam algum parente vítima da Covid-19 podem receber o auxílio de 1.800 reais em seis parcelas, a partir de julho.”

A mediação da webinar será do presidente da APM, Fred Guidoni, e do consultor da FCAV, Daniel Annenberg, dois nomes com passagens por administrações públicas que trazem contribuições ao debate.

Serviço
Webinar “Como inovar na gestão municipal?”
Tema: O Desenvolvimento Social transforma vidas
Data: 29/07/2021
Horário: 10:00 às 11:30 h
Onde: ZOOM (participantes inscritos), e no Youtube e Facebook da APM.
Inscriçãowww.apaulista.org.br

Como inovar na gestão municipal é o objetivo de webinares que discutirão com prefeitos soluções e práticas para a vida nas cidades

Disseminar soluções já implementadas pelo setor público e que podem ser desenvolvidas por gestores municipais na área de Desenvolvimento e Assistência Social é o objetivo da terceira edição da série de webinares “Como inovar na gestão municipal?”. Os encontros mensais promovidos pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini (FCAV) e Associação Paulista de Municípios (APM) reúnem gestores, prefeitos, secretários e parlamentares para trocar experiências sobre ações que podem melhorar a vida dos cidadãos.

A edição de 29 de julho, que debaterá o tema O Desenvolvimento Social transforma vidas, terá a participação da Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo e membro do Fórum Nacional dos Secretários de Assistência Social, Célia Parnes; do sociólogo, ex-Deputado Federal e ex-Secretário de Desenvolvimento Social do Estado, Floriano Pesaro; e da cientista política, doutora em Serviço Social e ex-Secretária Nacional de Assistência Social, Maria do Carmo Brant de Carvalho.

Especialistas que conhecem a realidade das cidades paulistas e vão relatar ações que podem reduzir a vulnerabilidade social e apoiar os mais pobres durante a pandemia.
A população de rua na cidade de São Paulo, por exemplo, saltou de 15.905, em 2015, para 24.344 em 2019 – um aumento de 53%, segundo censo realizado pela Prefeitura. E esse número vem crescendo durante a pandemia. “Essa população precisa de acolhimento. Uma das nossas missões é articular, mediar as oportunidades que possam existir no município, na sua região, oportunidades de integração à educação, de acesso aos serviços de saúde, moradia, ao emprego, à inclusão produtiva”, afirma Maria do Carmo Brant de Carvalho.

Com o aumento do número de pessoas em situação de risco, cresce também a preocupação com a infância, um dos pilares da atuação de Floriano Pesaro quando foi Secretário Municipal. Ele é um dos criadores do programa São Paulo Protege, que tirou três mil crianças das ruas entre 2005 e 2008. “Precisamos romper com o ciclo de miséria e pobreza. O trabalho infantil rouba o que a criança tem de mais precioso: o direito de ser e de viver como criança!”

Na esfera do governo estadual, a Secretária Célia Parnes irá mostrar ações como o programa Acolhe São Paulo, lançado recentemente. “Famílias que fazem parte do cadastro único, com renda de até três salários mínimos e que perderam algum parente vítima da Covid-19, podem receber o auxílio de 1.800 reais em seis parcelas, a partir de julho.”

A mediação da webinar será do presidente da APM, Fred Guidoni, e do consultor da FCAV, Daniel Annenberg, dois nomes com passagens por administrações públicas que trazem contribuições ao debate.

Serviço
Webinar “Como inovar na gestão municipal?”
Tema: O Desenvolvimento Social transforma vidas
Data: 29/07/2021
Horário: 10:00 às 11:30 h
Onde: ZOOM (participantes inscritos), e no Youtube e Facebook da APM.
Inscriçãowww.apaulista.org.br

No último dia 16 de agosto, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Fórum Inova Cidades e a Fundação Vanzolini, realizaram mais um encontro do ciclo de conversas sobre A Gestão Municipal na Era dos Dados. O tema dessa vez foi: Inovação Aberta.

Dando continuidade à série de eventos on-line do ciclo “A Gestão Municipal na Era dos Dados”, foi mantido o padrão dos debates anteriores. Dessa forma, contamos com a participação de especialistas, prefeitos e prefeitas, secretários e secretárias e equipes técnicas envolvidas no desenvolvimento de iniciativas de inovação no âmbito das administrações municipais. O objetivo dos encontros é o de promover conexões e trocas de experiências em torno de pautas atuais e relevantes, sempre com o foco em promover mudanças significativas e positivas nos serviços destinados aos cidadãos e em suas realidades locais. O tema dessa edição foi Inovação Aberta.

Os mediadores Giovanni Bernardo, secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Tubarão (SC) e Daniel Annenberg, vereador por São Paulo (capital) iniciaram a conversa propondo algumas questões para motivar os participantes. Ao contextualizar que “as práticas de Inovação Aberta têm o papel de acelerar o fluxo de inovação dentro das instituições e trazer ideias e soluções de diferentes agentes internos e externos para apoiar a resolução dos desafios práticos”, a mediação propôs: “quais os aspectos que envolvem o campo da inovação aberta nos municípios?”; “quais metodologias têm se mostrado mais aderentes ao contexto da Administração Pública?”; “quais possibilidades de parceria vocês indicariam para os gestores municipais que querem trabalhar com a Inovação Aberta?”; “quais são as iniciativas bem-sucedidas que podem nos inspirar?”; e, ainda, “como vocês enxergam as possibilidades e os desafios frente aos fundamentos legais que tratam da inovação no setor público?”.

O prefeito de São Vicente (SP), Kayo Amado, iniciou a participação dos convidados destacando que propor inovação no serviço público vai passar, necessariamente pela mobilização coletiva e mudança de comportamentos: “buscar parcerias em qualificação e formação para que a perspectiva da inovação esteja mais presente dentro do comportamento das pessoas na Administração”. O prefeito lembra que, em muitos momentos, o comportamento no estilo “sempre foi assim”, pode travar novas soluções, mas que essa perspectiva pode ser vencida com incentivo à qualificação e atualização de conhecimentos e práticas. Trouxe ainda o exemplo da primeira edição do “Concurso de Inovação” do município, que é destinado aos servidores, aos concursados e aos comissionados para que enviem propostas e soluções para desafios reais. “Melhorias tanto em processos organizacionais quanto em serviços políticas, premiação às melhores propostas e contará com uma banca avaliadora com representantes de universidades e instituições externas que promovem a inovação aberta no setor público”. Esse incentivo à participação dos cidadãos e servidores, tem como objetivo, para o prefeito, “começa a abrir [o espaço da gestão pública] para as pessoas poderem pensar e dar soluções, é algo que vai gerar envolvimento, empoderamento” e, com isso, ampliar a visão de que “existem coisas boas saindo do governo, você começa a criar também uma cultura de integridade, uma cultura de fortalecimento do que acontece, porque há maior divulgação e maior envolvimento dos cidadãos e servidores no dia a dia da Administração”.

Na sequência, a gerente de Conhecimento e Inovação da organização social Comunitas, Mariana Collin, propôs percorrer um panorama geral dos conceitos da Inovação Aberta e destacar dicas gerais sobre como implementá-la nos municípios. Ela trouxe a definição da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (o organismo internacional, OCDE) que diz que “inovação no setor público é quando as pessoas de uma organização implementam novos jeitos de resolver um problema e gera um impacto social positivo”. Mariana quis destacar essa definição para que os presentes se lembrassem que “inovação aberta não envolve, necessariamente, o uso de tecnologias complexas. Ainda que as tecnologias digitais formem uma parte importante das inovações atuais, elas não são, obrigatoriamente, sempre a solução”. “Existe muito a crença de que inovação significa, necessariamente, criar algo novo que não existia antes. Quando na realidade, a maioria das inovações de governo, por exemplo, acontecem quando se aplicam soluções para gerar melhorias de processos e serviços que já existem, ou ainda reproduzir soluções e iniciativas que foram desenvolvidas em outros territórios. Às vezes, não é inventar a roda novamente, inovar pode ser pegar uma receita de ‘feijão com arroz’ que deu certo em outro lugar e trazer para o seu contexto local”, pontua Collin.

Para finalizar sua fala, Mariana destacou que os governos municipais “têm um papel enorme de promover e impulsionar o ecossistema local, o empreendedorismo local” e que “dados do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) mostra que em países da América Latina, as compras públicas representam 15% do PIB nacional, nisso se vê um enorme potencial e a importância de os governos promoverem o ecossistema local, também, para fomentar e adquirir tecnologias de inovação”. Como propostas de ação para os governos locais, Collin sugere que possam ser feitos “desde processos de premiação de pesquisas, chamamento de ideias, ‘hackathons’ pontuais que vão incentivar o uso de dados públicos, até programas mais complexos de incubação e desafios de médio e longo prazo, que vão prever um processo licitatório de compra pública no final”, como exemplos.

E foi a vez do secretário de Governança da prefeitura de Maceió (AL), Antônio Carvalho, que já iniciou sua fala costurando a conversa com os demais convidados ao lembrar que, como dito pelos demais colegas: “gestores públicos não são super-heróis, e é necessário apoio de todo o funcionalismo, dos cidadãos, das empresas públicas e privadas, das universidades para que os desafios das cidades sejam vencidos”. Remetendo, ainda, às mudanças recentes no uso das tecnologias de informação que mudaram, por consequências, as formas de os cidadãos resolverem seus problemas e das administrações proporem as soluções. Com isso, Carvalho diz que “a partir de uma governança mais compartilhada, cada vez mais, a tendência é que a gente tenha essa maior participação do terceiro setor, do privado, do público e da academia para tentar achar, juntos, a melhor solução”. Carvalho diz ainda que não acredita que os cidadãos não estejam disponíveis ou não sejam favoráveis às inovações, mas que “a experiência de se fazer Inovação Aberta está na cultura, está nas pessoas. É mostrando, comunicando com eficiência, abrindo para as pessoas cada vez mais espaços para que elas possam se sentir parte do governo. Parte da solução dos desafios. Afinal, as questões públicas são coletivas, são de todos nós”.

Abaixo, assista ao evento na íntegra.

No próximo dia 16 de agosto, às 10h, a FNP (Frente Nacional de Prefeitos), em parceria com o Fórum Inova Cidades e a Fundação Vanzolini, transmitirá o encontro que vai falar sobre possibilidades, vantagens e os desafios da Inovação Aberta no contexto da administração pública municipal . Evento é gratuito com certificado de participação. Inscrições podem ser feitas pelo site da Fundação Vanzolini.

Expandir os limites dos setores das prefeituras na busca por soluções para os seus desafios na Administração Pública. As práticas de Inovação Aberta têm o papel de acelerar o fluxo de inovação dentro das instituições, trazendo ideias e soluções de diferentes agentes internos e externos para que apoiem na resolução de desafios práticos. Neste encontro, teremos a oportunidade de conhecer e debater sobre uma série de aspectos que envolvem o campo da Inovação Aberta no setor público, tais como metodologias, iniciativas bem-sucedidas, possibilidades de parcerias, desafios e atualizações sobre os fundamentos legais da área de inovação.

A série de encontros sobre a temática da Gestão Municipal na Era dos Dados traz nesta edição uma troca de experiências sobre Inovação Aberta com os convidados Kayo Amado, prefeito de São Vicente (SP), Mariana Collin, gerente de Conhecimento e Inovação da organização social Comunitas, e Antônio Carvalho, secretário de Governança da prefeitura de Maceió (AL). O encontro terá como mediadores Giovanni Bernardo, secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Tubarão (SC) e Daniel Annenberg, vereador por São Paulo (capital).

EDIÇÕES ANTERIORES

Esse será o terceiro encontro, em 2022, de uma série de seminários on-line promovidos pela Fundação Vanzolini e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), por meio do Fórum Inova Cidades. O ciclo de seminários teve início em 2021 com a temática “Cidades inteligentes e humanas: desafios e caminhos da gestão municipal”, com duas transmissões: “A importância da infraestrutura de tecnologia e das antenas para as cidades” e “Inclusão digital é inclusão social”. No ciclo de 2022, já foram realizadas: em maio, a conversa sobre “Serviços digitais nos municípios” e, em junho, “Implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) nos municípios”. Os encontros com especialistas, prefeitos e prefeitas, secretários e secretárias e equipes técnicas têm como objetivo promover conexões e trocas de experiências em torno de pautas inovadoras na gestão municipal, possibilitando que prefeitos e prefeitas, bem como suas equipes técnicas, tenham acesso a conhecimentos práticos e atualizados, que sirvam de referência para o desenvolvimento de serviços públicos mais inclusivos, mais acolhedores e mais eficientes. A gravação de todas as transmissões anteriores está disponível no canal do YouTube da Fundação Vanzolini.

FORMATO DO EVENTO

Os encontros são on-line e transmitidos ao vivo pelo Zoom e pelo canal do YouTube da Fundação Vanzolini. As inscrições são gratuitas e os interessados já podem se inscrever por meio deste link.
Durante o evento, os participantes poderão fazer perguntas e, mediante resposta ao questionário de avaliação ao final do evento, irão receber seu certificado de participação.

SERVIÇO

EVENTO ON-LINE: A GESTÃO MUNICIPAL NA ERA DOS DADOS: Inovação Aberta nos municípios
DATA: 16 de agosto de 2022, terça-feira
HORÁRIO: às 10h
TRANSMISSÃO: via plataforma Zoom e pelo canal do YouTube da Fundação Vanzolini
INSCRIÇÕES GRATUITAS NESTE LINK

Iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), por meio do Fórum Inova Cidades, e da Fundação Vanzolini, reuniu especialistas na implantação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) no contexto dos municípios brasileiros.

Dando continuidade ao ciclo de eventos A Gestão Municipal na Era dos Dados iniciado em 2021, as conversas com especialistas, prefeitos e prefeitas, secretários e secretárias e equipes técnicas têm o objetivo de promover conexões e trocas de experiências em torno de pautas inovadoras nas gestões municipais.

(mais…)

Próximo encontro do seminário “A Gestão Municipal na Era dos Dados” acontecerá em 21 de junho, terça-feira, às 10h, via Zoom, com o tema “LGPD – implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais nos municípios”. Inscrições gratuitas pelo link do evento.

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP), por meio do Fórum Inova Cidades e da Fundação Vanzolini, trazem como convidados a diretora-executiva da Open Knowledge Brasil,

(mais…)