Fundação Vanzolini

Conheça o MBA Vanzolini: quatro motivos para escolher uma instituição com certificações internacionais para o seu curso de Gestão Ágil

O MBA da Fundação Vanzolini foi especialmente projetado para capacitar profissionais a superar os desafios contemporâneos do ambiente corporativo.

Com quase 60 anos de atuação, a Vanzolini se estabeleceu com uma reputação sólida, sendo uma instituição de destaque nos campos da Educação, Certificação e Pesquisa, oferecendo serviços de alta qualidade em todas essas áreas. Seus cursos proporcionam uma formação robusta, perfeitamente alinhada às exigências do mercado.

Neste artigo, apresentaremos quatro razões para escolher a Fundação Vanzolini como sua instituição de ensino. E aqui vai um adiantamento: somos parceiros de uma das universidades de engenharia mais renomadas da América Latina.

Curioso para descobrir qual é e explorar mais sobre o programa do nosso MBA? Continue conosco até o fim!

Vanzolini MBA: quatro motivos para nos escolher

Para te mostrar as qualidades da Fundação Vanzolini e os motivos pelos quais você deve escolhê-la para o seu MBA, criamos uma lista com os nossos quatro principais benefícios. Afinal, não basta dizer “somos os melhores”, vamos te mostrar o porquê. Confira!

1.    Experiência

A Vanzolini está no mercado há quase seis décadas desenvolvendo, aplicando e disseminando novos conhecimentos às pessoas, empresas, instituições e governos, isto é, quase 60 anos contribuindo com a resolução de problemas econômicos, ambientais, técnicos e sociais no Brasil e no exterior.

No entanto, não se engane! Apesar de toda a nossa bagagem, não somos uma instituição que parou no tempo, pelo contrário, acreditamos na atualização e capacitação contínua como forma de melhorar todos os serviços prestados por nós.

Além disso, nossa vasta experiência nos levou às parcerias com grandes instituições, como: a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Subsecretaria de Serviços ao Cidadão, Tecnologia e Inovação (SSCTI), Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (Seduc), Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Eletrobras, entre outras, provando o valor da nossa expertise.

Para saber mais, confira os destaques do ano, em nosso relatório anual de atividades.

2.    Excelência

Em relação à excelência da Fundação Vanzolini, citamos nossas credenciais, pois elas certificam a qualidade do que oferecemos por aqui, ou seja, certificações valorizadas no mercado.

Entre as credenciais, estão: USP, INMETRO, IQNET, HQE, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e ISQua.

Mas, afinal, o que todas essas credenciais indicam?

Bom, elas revelam que a Vanzolini passou por processos de auditoria e avaliação de qualidade em diversos aspectos, como o de governança, gestão estratégica, operacional e financeira, conhecimentos técnicos e científicos e demais conhecimentos de transição e modernização, acompanhando as demandas do mercado e acadêmicas.

Todas as credenciais dizem respeito às instituições mais respeitadas nacional e internacionalmente, portanto, seus estudos terão qualidade superior, atestados por corporações de prestígio em suas áreas.

3.    Variedade em modalidades e certificações

Os cursos da Fundação Vanzolini são voltados às áreas de:

E, além da variedade de campo de conhecimentos, os estudantes escolhem a modalidade que mais se encaixa em sua rotina e preferência: EaD ao vivo, EaD gravado, híbrido (EaD ao vivo e EaD gravado) ou presencial.

A possibilidade de opção de escolha continua relacionada aos formatos, os quais são: introdutório (até 4 horas), rápido (até 40 horas), média duração (até 200 horas), longa duração (acima de 200 horas) e trilhas.

No caso dos MBAs, por tratar-se de uma capacitação considerada avançada, a carga horária vai de 360 a 420 horas com duração de 18 meses.

Mas, caso precise incrementar seu currículo de forma mais rápida, nada impede de você cursar um MBA e outro curso de rápida duração, porque aqui, independentemente da carga horária, a excelência é a mesma. Conheça os cursos da Fundação Vanzolini

4.    Professores altamente qualificados

A Vanzolini é uma organização criada e coordenada por professores do departamento de Engenharia de Produção da Universidade de São Paulo (Poli-USP), universidade referência no Brasil e considerada a mais completa faculdade de Engenharia da América Latina.

Os cursos têm em seu corpo docente professores experientes, com diversas cases de sucesso conquistadas ao longo de suas sólidas carreiras.

Os professores possuem, além da experiência, olhares sistêmicos, integrados e multidisciplinares, para assim, alcançar nossa maior missão: ser a instituição de referência na disseminação dos conhecimentos da engenharia e protagonista no desenvolvimento sustentável do Brasil.

Cursos de Gestão Ágil: nossa especialidade

Para dar continuidade à apresentação da qualidade e relevância dos nossos cursos, destacaremos os cursos de Agile da Fundação Vanzolini, uma das áreas mais procuradas e renomadas. Entre eles, está o MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança, que aprimora habilidades de liderança em empresas modernas e voltadas para a inovação digital.

Com essa capacitação, o profissional aprende com ferramentas práticas e conhecimentos em áreas essenciais, como métodos ágeis, gestão de produtos digitais, gestão da inovação e transformação digital, além de liderança e desenvolvimento de equipes.

O curso, com duração de 18 meses na modalidade EAD ao vivo e gravado, oferece uma carga horária mínima de 360 horas e máxima de 420 horas. Os alunos aprenderão:

O MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança é completo, e voltado para profissionais cujo objetivo é avançar na carreira e assumir posições de gestão de equipes, assim, destacando-se em um mercado cada vez mais acirrado.

Conheça o MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança e dê esse passo em sua carreira, estudando em uma instituição renomada, de alta qualidade, e que forma profissionais de alta performance.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

vanzolini.org.br/institucional/#ir-sobre

Conheça as principais metodologias de Gestão de Projetos baseadas na melhoria contínua que podem transformar os processos da sua empresa

A melhoria contínua é um princípio essencial para as empresas que buscam maximizar a eficiência operacional, a qualidade de produtos e serviços, além da satisfação do cliente.

Esse princípio não pode ser negligenciado, especialmente porque o mercado não espera que as instituições se adaptem em seu próprio ritmo, ele se transforma continuamente, acompanhando o comportamento e as preferências dos consumidores.

Para cultivar uma cultura de melhoria contínua e garantir o crescimento constante dos negócios, os gestores podem adotar uma entre quatro diferentes metodologias de gestão de projetos, voltadas para esse fim. Metodologias essas que serão detalhadas mais adiante.

Se você e sua equipe não querem ficar para trás, acompanhe-nos para escolher o método mais adequado para sua empresa, com base nos processos e benefícios de cada um.

Conheça quatro metodologias de melhoria contínua

Melhoria contínua é um conceito obrigatório para empresas que desejam manter a competitividade e a eficiência ao longo do tempo.

Para desenvolvê-la, apresentamos as quatro melhores metodologias de gestão de projetos baseadas nessa premissa.

1.    Plan-Do-Check-Act (PDCA) 

O Ciclo PDCA trata-se de uma metodologia interativa, baseada em quatro etapas responsáveis pela melhoria contínua dos produtos e processos.

Processos

Seguindo os passos da sigla que dá nome ao termo, a PDCA consiste em:

Benefícios

Um dos benefícios da Plan-Do-Check-Act está em sua simplicidade e facilidade de introdução nos negócios, uma vez que, como citamos, constitui-se em quatro fases bem direcionadas.

Ao implementar as mudanças aos poucos, a metodologia ainda encoraja a experimentação controlada, ou seja, mais segura, agindo conforme a análise de dados e resultados. A partir de ações seguras e controladas, a PDCA pode ser aplicada em qualquer setor da empresa.

2.    Lean Manufacturing

A metodologia Lean foca em cinco princípios norteadores:

Processos

Primeiramente, ocorre a análise do fluxo de valor. Depois, os responsáveis pela gestão escolhem entre as três ferramentas mais relevantes do Lean Manufacturing: a técnica 5s, a Jidoka ou a Just-in-time (JIT).

Cada uma consiste em técnicas diferentes, mas todas são igualmente focadas em processos de melhoria contínua por meio de processos específicos.

Para saber mais sobre a implementação desses processos, leia: Método Lean Manufacturing: produzir mais com menos recursos

Benefícios

Essa metodologia de gestão de projetos reduz desperdícios e custos, melhora a qualidade e a eficiência dos processos e aumenta a satisfação do cliente.

Atualmente, empresas conceituadas, como Ford, Volkswagen, Unilever, Bosch e Embracon, aplicam as técnicas Lean e, com elas, alcançam resultados bastante positivos, fazendo mais com menos e convertendo insumos em receitas de forma rápida.

3.    Six Sigma

O Six Sigma baseia-se na análise de processos corporativos focados em aumentar a eficiência, aprimorar o modo como as atividades são executadas e melhorar continuamente a produção dos produtos ou serviços. Nesse sentido, a metodologia prioriza a redução de falhas e a garantia de resultados exponenciais.

Processos

A Seis Sigma tem um processo bem estruturado, denominado DMAIC, apresentado abaixo:

Benefícios

Com todas as etapas bem desenvolvidas, os resultados são: a melhoria na entrega ao cliente, ou seja, tanto a qualidade do produto ou serviço, quanto questões de prazo e atendimento como um todo. Como consequência, a equipe usufrui da redução de retrabalho, pois toma decisões baseadas em dados consistentes.

Leia mais: Análise de processos empresariais: conheça o Lean Seis Sigma

4.    Kaizen

Kaizen é um termo japonês que significa “melhoria contínua”, então, o próprio nome nos diz tudo, e é esse o maior princípio da metodologia, junto com o envolvimento de todos, o respeito pelas pessoas e a eliminação de desperdícios.

Processos

A fim de seguir os princípios acima, na Kaizen, os colaboradores engajam, juntos, na busca por melhorias, identificando oportunidades de crescimento e aprimoramento contínuo. Uma das características do processo se dá em pequenas ações de incremento, pois elas podem ser feitas constantemente.

A identificação das áreas de melhoria e o monitoramento e avaliação das atividades também fazem parte do processo, sendo ainda a participação dos colaboradores um pilar fundamental dessa metodologia.

Benefícios

Por meio do engajamento constante de todos os níveis da organização, cria-se uma cultura de melhoria contínua.

O Kaizen, assim, ultrapassa o aspecto de metodologia de gestão e passa a ser uma cultura organizacional de melhoria, enraizada na empresa e no comportamento da equipe. Com isso, os negócios lucram significativamente ao longo do tempo.

Como escolher a melhor metodologia para a sua empresa?

Para escolher a melhor metodologia de gestão de projetos, considere três fatores da sua organização:

Por último, mas não menos importante, é indispensável destacar o treinamento da equipe. Capacitar os colaboradores com conhecimentos específicos permite que atuem estrategicamente.

Assim, eles podem implementar qualquer metodologia de maneira eficiente, o que resulta na satisfação do cliente em todos os aspectos do atendimento e da qualidade do produto ou serviço oferecido.

Contribua para o crescimento sustentável da sua empresa com a qualificação em Gestão de Projetos.

Torne-se um profissional requisitado em uma das áreas mais demandadas do mercado, por meio de conteúdos baseados no Guia PMBOK® do Project Management Institute (PMI®).

Adquira as habilidades necessárias para implementar e gerenciar projetos com sucesso.

ENTRE EM CONTATO

Fontes:

rhportal.com.br/artigos-rh/kaisen/

endeavor.org.br/estrategia-e-gestao/pdca/

Quais são os principais tipos de treinamento Agile? Conheça os cursos e seus benefícios. Spoiler: alavanque sua vida profissional com eles e se destaque em sua área!

Introduza o conceito de metodologia Agile, destacando a necessidade de profissionais qualificados e equipes capacitadas para implementar com sucesso práticas ágeis. Além disso, entenda sua crescente importância no ambiente corporativo.

Os benefícios da cultura ágeis são vários, e o nome mesmo já entrega um deles, afinal, quanto mais rapidamente as coisas acontecerem, maior é a produtividade. Porém, não se engane, rapidez não significa perda de qualidade. Pelo contrário, a gestão, em uma empresa que adota a metodologia agile, foca na qualidade da entrega.

Sobre a importância do treinamento Agile, é a mesma de sua aplicação: colaborar com a satisfação do cliente, fluxo de trabalho otimizado, flexível e interativo, tornando a empresa mais eficiente e destacada em sua área. Assim, as instituições podem aumentar a satisfação do cliente, a cartela de usuários e consumidores.

Para saber quais são as principais certificações que levarão sua empresa e sua vida profissional ao topo, prepare-se e fique até o final do artigo!

Quais são os principais treinamentos Agile e seus benefícios?

As formações em Agile são essenciais para profissionais e organizações que desejam adotar práticas ágeis de forma eficaz. Apesar de existirem diversos cursos na área, abaixo apresentamos as principais para alcançar o sucesso:

Scrum Master (CSM)

A certificação Scrum Master, ou CSM, é a mais conhecida e, por isso, está entre as mais importantes habilitações em Agile. Em resumo, ela fornece uma compreensão profunda dos princípios do Scrum, incluindo papeis, eventos e artefatos.

Durante o curso, o profissional desenvolve competências como a facilitação, a liderança servidora, a comunicação e a visão de melhoria contínua.

Com todo o aprendizado, os benefícios são vários, incluindo a aptidão para liderar equipes ágeis, facilitar reuniões Scrum, resolver problemas e impulsionar a colaboração entre os membros da equipe.

Na Vanzolini, você receberá o certificado oferecido pela certificadora internacional EXIN, e as aulas são todas online, com flexibilidade de datas e horários. Você aprenderá:

Scrum Product Owner (CSPO)

A Scrum Product Owner (CSPO) foca em ensinar os princípios do Scrum do ponto de vista do dono do produto. O conteúdo do curso desenvolve competências para os profissionais liderarem projetos de produtos digitais e criarem entregas de valor ao cliente.

Ao capacitar a criação de valor ao produto, podem ainda colaborar com os stakeholders para garantir o sucesso do que está sendo oferecido, afinal, o certificado ainda garante que os responsáveis gerenciem o backlog efetivamente.

Quanto à formação da Vanzolini em Scrum Product Owner, temos professores altamente capacitados, que oferecem recursos para a formação de habilidades comportamentais, permeando a comunicação efetiva, a colaboração, o planejamento e o monitoramento de produtos digitais, principalmente os “high tickets”.

Para se ter noção do quão valorosa é a bagagem que se conquistará a partir do curso, confira nosso conteúdo:

Agile Coach

A Agile coach trata-se de uma formação em Agile diferenciada, pois se concentra em desenvolver líderes ágeis, para liderarem a transformação ágil em suas organizações.

Em relação às vantagens, a capacitação de líderes faz com que eles consigam promover uma cultura ágil e sejam responsáveis por liderar equipes autônomas, além de impulsionar a inovação e a melhoria contínua de seus times e suas atividades.

Ao decorrer do nosso curso, os conteúdos são selecionados para você saber como liderar a transformação nas empresas e treinar equipes para se tornarem autônomas, tanto nas metodologias quanto nas práticas ágeis, por meio de disciplinas como:

A formação em Agile Coach serve para profissionais com formação em Product Owner, Scrum Master e ou Kanban, portanto, é uma formação complementar, que irá agregar ainda mais valor às suas demais certificações em Agile.

Agile Scrum Foundation — Preparatório para a Certificação EXIN

Os profissionais de Agile que querem se destacar no mercado de trabalho devem ter a certificação EXIN, empresa holandesa reconhecida mundialmente por certificar profissionais de TI. No exame, são cobrados conteúdos como: mindset Ágil, práticas Scrum, planejamento e estimativas Scrum, monitorando projetos com Scrum e conceitos avançados do Scrum.

Por se tratar de uma prova, assim como todo exame de certificação, necessita de conhecimento e preparo. Pensando nisso, a Vanzolini criou um curso preparatório para a certificação EXIN, abordando todos os tópicos necessários para a aprovação.

Além disso, o aluno tem a oportunidade de estudar casos práticos para saber como implementar a teoria na realidade e não somente para realizar a prova, tornando o curso preparatório para EXIN ainda mais completo e eficiente. 

Agile Business Analysis

Por último, com o Agile Business Analysis você saberá como realizar análises estratégicas, preparar roadmaps de produtos e aplicar frameworks de mercado: tudo pela lente da Agilidade e com a orientação de especialistas que acumulam casos de sucesso, como todos os instrutores da Vanzolini.

No curso, você irá aprender:

Com esse aprendizado, as pessoas certificadas poderão observar e aplicar os procedimentos por meio de uma visão mais abrangente e estratégica, algo fundamental no gerenciamento de projetos.

Todos esses treinamentos Agile capacitam os profissionais para obterem êxito em suas ocupações. Ao investir nelas, a competitividade aumenta juntamente com o sucesso no mercado de trabalho dos líderes, afinal, as companhias buscam por gerenciamento eficaz, cultura ágil sólida e otimização do fluxo de trabalho: e isso, você consegue com as certificações da Vanzolini!

Conheça todos os treinamentos Agile da Fundação Vanzolini.

ENTRE EM CONTATO

Fontes:

blog.runrun.it/metodologia-agil/  

sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/importancia-da-metodologia-agil-e-sua-implementacao-na-ibt,10066f102af94810VgnVCM100000d701210aRCRD

“​​Tudo que se vê não é igual ao que a gente viu há um segundo. Tudo muda o tempo todo no mundo”. A letra da música ‘Como uma Onda’, de Lulu Santos, lançada em 1983, poderia ser a definição do momento atual.

O mundo muda freneticamente e, assim como a função de acelerar os áudios do WhatsApp, vamos colocando cada vez mais velocidade nas informações, nas atividades e na produtividade.

Diante dessa dinâmica acelerada, o mercado e os negócios precisam de profissionais com habilidades ágeis, capazes de responder de forma rápida às mudanças e de encontrar soluções criativas diante das transformações que acontecem em tempo real.

Pensando nessa demanda por profissionais especialistas em Agile, preparamos este artigo. Veja quais as características e possibilidades para a carreira e esteja preparado para uma boa onda!

O que é um Agilista e qual seu papel nas organizações modernas?

Para começar, é importante dizer que ser um profissional ágil não significa necessariamente ser um profissional rápido. Um profissional de Agile desempenha um papel estratégico e vital nas organizações mais modernas, que estão conscientes das demandas do mercado atual e que buscam otimizar seus processos de desenvolvimento e entrega de produtos ou serviços. 

Desse modo, para ser um especialista Agile e poder atuar nas empresas, gerando os resultados esperados, o profissional precisa ter domínio de ferramentas e metodologias ágeis, como o Scrum, Kanban, Lean, entre outras.

Com o recurso das metodologias, os profissionais de Agile têm ferramentas e conhecimento para prever cenários e alterar rotas sempre que necessário, atuando como agentes importantes de mudança para melhorar a eficiência e a colaboração, evitando, dessa forma, desperdícios e perdas ao longo do processo.

Em suma, os Agilistas são responsáveis por gerenciar projetos e produtos de forma que as adaptações às mudanças sejam feitas de forma cadenciada, harmônica e de acordo com a necessidade do negócio. Assim, é possível otimizar tarefas e realizar ajustes enquanto se produz.

Importante destacar que um profissional especialista em Agile pode assumir diferentes níveis e funções, incluindo Agile Coach, Product Owner e Scrum Master.

O mercado pede por um trabalho de ágil

Para atuar em um mundo em constante mudança, é preciso contar com pessoas capazes de acompanhar as transformações e, mais do que isso, obter  delas um retorno de impacto positivo para os negócios.

Por isso, os profissionais em Agile estão sendo cada vez mais requisitados pelas organizações, que precisam estar na mesma velocidade que seus concorrentes e que o mercado em geral. 

O relatório Jobs of Tomorrow, do Fórum Econômico Mundial, divulgado em 2021 e elaborado por cientistas de dados das empresas LinkedIn, Coursera e Burning Glass Technologies, elencou as 96 profissões que devem ganhar relevância nos próximos dois anos. E o grande destaque foi a demanda crescente por profissionais que tenham, entre suas competências, familiaridade com as metodologias ágeis.

E, entre as carreiras elencadas pelo relatório, na categoria “desenvolvimento de produtos”, três estão diretamente relacionadas com as metodologias ágeis: Product Owner (em primeiro); Agile Coach (em terceiro) e Scrum Master (em sexto).

Em levantamento mais recente, o estudo Futuro do Trabalho 2023, elaborado pelo Fórum Econômico Mundial, mostrou que as transformações geradas, em especial, pelas novidades tecnológicas, passam a transformar as habilidades exigidas pelos empregadores.

Neste sentido, eles estimam que 44% das habilidades dos trabalhadores serão alteradas nos próximos cinco anos e a agilidade figura entre elas.

Ainda de acordo com o estudo, no Brasil, as capacidades priorizadas para qualificação nos próximos cinco anos serão:

MBA em Gestão Ágil: Práticas e habilidades necessárias para se tornar um Agilista e como impulsionar a carreira

Ser um Agilista requer o desenvolvimento e a prática de habilidades específicas e valiosas nos tempos atuais. Entre elas, podemos destacar: boa comunicação, proatividade, flexibilidade, consciência, responsabilidade e a capacidade de ser responsivo, de responder rápido às mudanças e às demandas.

De acordo com uma análise elaborada pelo American Enterprise Institute, os mercados têm exigido que as empresas e pessoas se adaptem, sejam ágeis e mudem constantemente.

Assim, as pessoas com especialidade ágil, em geral, conseguem se adaptar rapidamente às circunstâncias e situações de mudança, requisito importante para funções de liderança ou outras posições que requerem tomadas de decisão rápidas.

Outra característica de um Agilista é a resiliência diante de contratempos ou desafios, sem desfocar e seguindo com seu propósito sem desanimar.

O futuro promissor para profissionais ágeis

Como falamos anteriormente, cada vez mais as empresas têm buscado profissionais especialistas em Agile para atender à própria demanda do mercado. As transformações, em velocidade acelerada, também movimentam a carreira de Agilistas e as perspectivas de presente e futuro são bem promissoras.

De acordo com o site Glassdoor, o salário de um profissional Agilista no Brasil varia entre R$ 7 mil – R$ 12 mil por mês. No entanto, o valor médio ganho por esses profissionais em remunerações variáveis, como bônus, comissões e participações nos lucros, é de R$ 13.901. Assim, um Agilista ganha em média R$ 22.721 por mês no Brasil.

Além disso, as inovações e o surgimento de novas tecnologias devem impulsionar ainda mais a agilidade nas organizações e os profissionais que estiverem preparados, com domínio das ferramentas e metodologias, vão sair na frente, sem dúvida.

Como o MBA em Gestão Ágil da Vanzolini pode ajudar você a se tornar um Agilista de sucesso?

Para conquistar um lugar ao sol e fazer a diferença dentro de uma empresa, você pode contar com o MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança, da Fundação Vanzolini.

Com a formação em Gestão Ágil, Inovação e Liderança da Fundação Vanzolini, você aprende as habilidades essenciais para uma gestão atual, de empresas modernas, que demandam agilidade e estratégia.  

Com instrução de professores de alto nível, abrangendo tópicos desde análise de dados até gestão de conflitos, os alunos saem preparados para encarar os desafios da nossa era.

Na modalidade híbrida, o curso é completo para os Agilistas do presente e do futuro e abrange os seguintes temas:

GESTÃO ÁGIL

EaD ao Vivo

EaD Gravado

LIDERANÇA

EaD ao Vivo

EaD Gravado

INOVAÇÃO

EaD ao Vivo

EaD Gravado

Então, se você tem interesse em liderar ambientes empresariais dinâmicos e digitalizados, nosso MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança pode ser o próximo passo em sua jornada profissional.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

exame.com/bussola/ser-agil-nao-e-ser-rapido-mas-como-desatar-esse-no/

forbes.com.br/carreira/2023/05/futuro-do-trabalho-23-das-profissoes-devem-se-modificar-ate-2027/

vocesa.abril.com.br/carreira/profissionais-que-atuam-com-metodologia-agil-ganham-destaque-nas-empresas

As tecnologias disruptivas e a metodologia Agile podem formar uma dupla e tanto na era da transformação digital. Atualmente, há uma demanda por agilistas, profissionais formados na Cultura Ágil.  Saber por onde começar é essencial para decolar na carreira.

Depois de iniciada a jornada, é hora de se tornar especialista e se aprofundar ainda mais nas ferramentas e nas técnicas ágeis sintonizadas com as inovações e transformações organizacionais.

Neste artigo, vamos abordar os benefícios das metodologias ágeis, saber como se tornar um especialista em agile e entender como a relação com as novas tecnologias pode favorecer ainda mais pessoas, projetos e processos. Vamos lá?

Agilista, Cultura Ágil e tecnologias disruptivas em sinergia

As chamadas tecnologias disruptivas, como a Internet das Coisas (IoT) e a Inteligência Artificial (IA), estão transformando a indústria e áreas como logística, vendas, saúde e meio ambiente.

Nesta era digital, em que a inovação colabora para melhoria de produção, de projetos e de processos, a Cultura Ágil se encaixa perfeitamente.

Isso porque ela também atua na cultura e na estrutura organizacional das empresas, levando a mudanças de mindset, capazes de favorecer a produtividade, a entrega e o engajamento dos profissionais.

De um lado, a Cultura Ágil proporciona o movimento necessário para incluir rapidamente as soluções de IA, adaptando-as de acordo com as necessidades de cada área.  A IA, por sua vez, pode impulsionar a automação de processos ágeis, melhorando a eficiência e gerando maior valor agregado.

Desse modo, tanto a adoção de uma mentalidade ágil, quanto de tecnologias disruptivas – marcas de era digital – exige flexibilidade, comunicação clara e aberta, além de experimentações e atualizações constantes.

Então, ao integrar a Cultura Ágil com as tecnologias da nossa era pós-moderna, é possível maximizar o potencial das duas abordagens, resultando em benefícios para pessoas e processos.

Inovar para ser ágil, ser ágil para inovar

Como prova de que a transformação digital e a Cultura Ágil têm sinergia, favorecendo o mercado e a vantagem competitiva das organizações, temos o seguinte dado: no Brasil, 92% das pequenas e médias empresas estão em processo de digitalização.

De acordo com a pesquisa Transformação Digital para MPMEs 2022, 98% dessas empresas reconhecem o impacto positivo da tecnologia em seus negócios.

Outro dado significativo é que mais de 95% das empresas no Brasil estão em processo de expansão de suas estruturas de TI, segundo a pesquisa Total Enterprise Reinvention, conduzida em 2023 pela Accenture.

Diante desses cenários, o investimento em Agile também se coloca como determinante, pois permite que as empresas se tornem mais flexíveis e adaptativas às inovações, impactando diretamente na capacidade de resolver problemas e identificar oportunidades.

Vale destacar, ainda, que na presença de Métodos Ágeis, os times passam a atuar de maneira mais coletiva e colaborativa, aumentando as trocas, o conhecimento e reduzindo danos e os custos de operação.

Quais são as vantagens das metodologias ágeis para as organizações?

Como falamos acima, por meio do uso de metodologias ágeis, os times passam a ganhar eficiência, colaboração e redução de danos e prejuízos. A seguir, destacamos mais vantagens ao se aplicar a Cultura Ágil nas organizações. Acompanhe:

●       Aumento na produtividade

O aumento da produtividade é um dos benefícios mais significativos do uso das metodologias ágeis, pois elas ajudam a reduzir o tempo necessário para a entrega das demandas e permitem que ajustes sejam feitos de maneira mais rápida, evitando retrabalhos no final do processo.

Além disso, a aplicação de métodos ágeis possibilita que as equipes sejam autogerenciáveis, oferecendo mais autonomia aos colaboradores, que devem ficar mais atentos a metas e prazos, e cobram-se para cumprir a entrega com êxito.

●       Múltiplas entregas

Falando em entrega, mais uma vantagem da adoção das metodologias ágeis pelas empresas é a possibilidade de múltiplas entregas ao seu cliente.

Em razão da divisão do processo em estágios menores, pode-se manter o cliente sempre informado a respeito do andamento do projeto, deixando-o por dentro do assunto e envolvendo-o na atividade.

Com essa aproximação e contato, a empresa, por sua vez, consegue gerar mais valor ao serviço ou produto, antes mesmo da entrega final.

●       Qualidade do produto

Entre os princípios da Cultura Ágil está o desenvolvimento incremental e frequente de um projeto. Sendo assim, ele passa por inúmeras correções, revisões e reajustes enquanto é elaborado, evitando, ao máximo, problemas no final do processo.

Por isso, com esse constante fazer de melhorias, é possível assegurar um produto de alta qualidade.

A qualidade é um fator decisivo para a reputação da empresa e para a satisfação do cliente, e as metodologias ágeis são fortes aliadas nesse quesito.

●       Mais engajamento

Outra vantagem das metodologias ágeis é que elas exigem que os colaboradores se dediquem muito mais aos processos. Assim, durante os projetos, os times ganham autonomia sobre as tarefas, distribuem as demandas e cobram os prazos e a finalização.

Desse modo, a equipe toda fica mais engajada e concentrada em realizar seus objetivos e obter os resultados desejados.

●       Redução de falhas

Como falamos anteriormente, as metodologias ágeis garantem a diminuição de riscos, falhas e problemas, em razão da divisão de processos em ciclos menores.

Dessa maneira, ao proporcionar a tarefa, há mais tempo para corrigir possíveis falhas rapidamente.

Além disso, pode-se remanejar, incluir ou excluir fases, de acordo com o andamento do projeto. As ações ficam mais flexíveis e a gestão é otimizada.

●       Melhora na satisfação do cliente

Por fim, por conta de todas as vantagens citadas acima, a satisfação do cliente chega para fechar com sucesso a implantação de uma Cultura Ágil.

Mas quais são as metodologias e ferramentas Agile que podem beneficiar as empresas?

No livro, “Transformação digital com metodologias Ágeis”, o especialista Neil Perkin demonstra, por meio de inúmeros estudos de caso, como as empresas estão implementando a Cultura Ágil, ou seja, se tornando mais flexíveis, adaptativas, centradas no cliente, visionárias, tecnológicas, inovadoras, ambidestras, entre outras características das chamadas organizações ágeis.

Mas o que são e quais são as metodologias que fazem parte da Cultura Ágil, que possibilitam essas mudanças organizacionais? E como acessá-las para se tornar um especialista em Agile? Veja, a seguir, alguns exemplos e formações possíveis para uma carreira na Cultura Ágil:

●       Scrum

A metodologia Scrum é um framework de gerenciamento, usado pelas equipes para se auto-organizar e trabalhar em direção a um objetivo em comum.

O método Scrum descreve um conjunto de reuniões, ferramentas e cargos que atuam juntos para ajudar as equipes a organizarem e gerenciarem o trabalho.

Para quem deseja se tornar um especialista Agile, a Fundação Vanzolini oferece o curso de Agile Scrum Master. Com essa formação, o profissional pode se tornar um agente de mudanças e assumir a liderança de times ágeis.

Com conhecimento avançado no framework Scrum, é possível desenvolver competências como facilitação, liderança servidora, comunicação e visão de melhoria contínua. Com o curso, o profissional também se prepara para alcançar a certificação EXIN Internacional e abrir novas portas para a sua carreira.

●       Kanban

Uma outra metodologia ágil disponível atualmente é o Kanban, uma ferramenta de organização e administração de projetos, que visa controlar fluxos de maneira ágil e eficiente.

Dessa maneira, pode ser aplicado a projetos para organizar as tarefas que devem ser feitas de acordo com priorizações. No caso da indústria, permite organizar estoques e controlar fluxos de entrada e saída, ajudando no planejamento e execução da produção.

Em áreas como Marketing, TI e prestação de serviços, um quadro Kanban tem várias colunas onde, em cada uma delas, registra-se a um status de desempenho, e cada cartão diz respeito a uma tarefa.

Para adquirir a habilidade e conhecimento no método, a Fundação Vanzolini oferece o curso Kanban Foundation, no qual o aluno tem contato com os principais fundamentos, ferramentas e métricas que irão otimizar o fluxo de trabalho.

●       Lean

Temos aqui o método Lean, que consiste em usar os materiais apropriados, no lugar adequado, na quantidade correta, com foco na flexibilidade do processo e sem desperdícios.

Além disso, ele considera a utilização de um sistema de gestão integrado para melhorar a supervisão de todo o processo produtivo, e também permite que a produção seja escalonada com ainda mais facilidade.

Portanto, trata-se de uma metodologia que possibilita a identificação e eliminação de desperdícios dentro dos processos de linha de produção e sua abordagem é executada por meio de um conjunto de ferramentas estratégicas, como o Mapeamento do Fluxo de Valor (MFV) e o Kaizen.

No caso da metodologia Lean, a Fundação Vanzolini também conta com um curso de formação: o Lean – Ferramentas para Excelência Operacional, que foi feito para quem deseja dar um salto em produtividade e na qualidade dos processos.

Com o curso, será possível identificar e resolver gargalos da produção, a partir do pensamento enxuto, além de conhecer ferramentas analíticas, operacionais e de gestão, que vão impulsionar os resultados e a melhoria contínua do fluxo de trabalho.

Sendo assim, por meio do conhecimento e da formação nas metodologias ágeis, os profissionais podem colaborar com melhores estratégias organizacionais, otimizando processos e desenvolvendo projetos com mais eficiência e impactos positivos.

Então, se você deseja se tornar um especialista Agile e transformar sua carreira e as organizações, conte com a Fundação Vanzolini e seus cursos de formação reconhecidos e ministrados por professores experientes no mercado. Acesse nosso site e confira as possibilidades de cursos Agile!

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo :)

Fontes:

valor.globo.com/conteudo-de-marca/companhia-brasileira-de-aluminio/noticia/2024/03/04/cba-transformacao-digital-na-industria-do-aluminio-ja-e-realidade.ghtml

loja.editora.unb.br/administracao/transformacao-digital-com-metodologias-ageis–como-usar-o-agile-para-tornar-sua-empresa-mais-agil-e-competitiva-na-era-digital-2596/p

Se você tem interesse em liderar ambientes empresariais dinâmicos e digitalizados, nosso MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança pode ser o próximo passo em sua jornada profissional. Aprimore suas habilidades de liderança em empresas modernas e voltadas para a inovação digital e aprenda com ferramentas práticas e conhecimentos em áreas essenciais, como métodos ágeis, gestão de produtos digitais, gestão da inovação e transformação digital, além de liderança e desenvolvimento de equipes.

Veja tudo o que você vai aprender no curso:

 

GESTÃO ÁGIL

EaD ao Vivo

EaD Gravado

 

LIDERANÇA

EaD ao Vivo

EaD Gravado

 

INOVAÇÃO

EaD ao Vivo

EaD Gravado

 

DISCIPLINAS FLEXEscolha até 60 horas disponíveis na Vanzolini Play

 

* O MBA em Gestão Ágil, Inovação e Liderança tem carga horária mínima obrigatória de 360 horas. Mas você pode complementar o seu histórico com mais 60 horas de disciplinas optativas, chegando à carga horária máxima de 420 horas, se quiser.

As 60 horas optativas devem ser escolhidas entre os cursos da Vanzolini Play, de acordo com o seu interesse.

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Uma formação em Cultura Ágil pode transformar carreiras e empresas. Isso porque a aplicação de métodos ágeis nos processos organizacionais pode potencializar os resultados da empresa, rompendo com barreiras e alcançando um patamar diferenciado frente ao mercado. 

Mas por onde começar uma formação Agile? Quais os caminhos possíveis para trilhar esse conhecimento capaz de otimizar tempo, aprimorar a entrega e evitar desperdícios?

Para entender melhor como funciona a formação em Agilidade, preparamos este artigo. Acompanhe a leitura e prepare-se para uma nova forma de atuação na carreira.

O que é Cultura Ágil?

Para começar, é preciso saber que Cultura Ágil é um conjunto de ideias, comportamentos e práticas sociais disseminada no meio empresarial, após a transformação digital.

Desse modo, a Cultura Ágil faz uso de uma série de metodologias para garantir rapidez na inspeção, adaptação, correção e entrega, atendendo de forma mais eficiente e certeira as demandas dos clientes e do próprio negócio.

Vale destacar que nesses processos no qual a agilidade é protagonista, a qualidade não é deixada de lado. Pelo contrário, a entrega deve ser o foco e deve ser aprimorada cada vez mais, garantindo a satisfação.

Nesse sentido, os métodos ágeis são empregados com o objetivo de oferecer entregas contínuas que agreguem valor.

Além disso, um ambiente organizacional no qual a Cultura Ágil está presente, há valores fundamentais, como cooperação e colaboração, maior horizontalidade na hierarquia e otimização de processos.

Dessa forma, como um organismo vivo, as empresas evoluem junto com as mudanças e demandas sociais e econômicas. Nesse contexto, a Cultura Ágil faz parte dessa evolução do mundo moderno e é uma aliada de pessoas e organizações que miram um novo modo de gerir e produzir.

Profissionais ágeis em alta

De acordo com o Fórum Econômico Mundial e seu relatório Jobs of Tomorrow (“Empregos do amanhã”), publicado em 2020, dentre as carreiras elencadas como “desenvolvimento de produtos”, três estão diretamente relacionadas com as metodologias ágeis: product owner (em primeiro lugar da lista, agile ­coach (em terceiro) e scrum master (em sexto).

Ou seja, no documento que destaca as 96 profissões que devem ganhar relevância nos próximos anos, três fazem referência aos profissionais com formação em Agile.

No entanto, o que se vê, ainda, é uma carência de pessoas formadas em Cultura Ágil para atender a demanda. Uma pesquisa feita no LinkedIn, em 2021, mostrou que havia 146 vagas para agile ­coach, 255 para product owner e 208 para scrum master. Juntas, as carreiras geravam mais de 600 oportunidades na época.

E a tendência, de acordo com especialistas, é de uma alta na procura por profissionais ágeis. Isso porque, no cenário atual, uma empresa que não acompanha as transformações sociais e tecnológicas perde em competitividade e corre sério risco de ser anulada pelo mercado, ficando para trás em muitos aspectos.

Sendo assim, contar com profissionais capacitados e formados em Cultura Ágil é um talismã para os negócios e uma trilha de sucesso para a carreira.

Por onde começar uma formação em Agile?

Bem, mas sabemos que às vezes é difícil saber por onde começar a estudar a Cultura Ágil e suas práticas, diante das muitas possibilidades de caminho disponíveis.

Então, para te ajudar a dar o primeiro passo nesse percurso e se tornar um profissional ágil, compartilhamos aqui algumas dicas. Veja a seguir:

1. Leitura de artigos e livros

Como porta de entrada para o mundo da agilidade, que tal começar a ler livros e artigos, assistir a vídeos e participar de discussões online? Assim, é possível ter um primeiro contato e criar um entendimento básico das práticas e conceitos fundamentais das metodologias ágeis.

2. Cursos de Cultura Ágil gravados 

Depois, em um segundo momento, é possível investir em cursos gravados de Agilidade, oferecidos por instituições voltadas ao ensino corporativo. Os conteúdos gravados podem ser acessados a qualquer hora, de qualquer lugar, se encaixando nas rotinas quase sempre corridas e cheias dos profissionais.

Por meio dos cursos gravados, é possível aprofundar um pouco mais no mundo da Cultura Ágil, tendo contato com conteúdos importantes, que incluem conceitos e ferramentas, teorias e práticas que vão agregando valor à carreira.

Nesse caso, também é válido participar de fóruns de discussão e eventos online que permitam uma troca mais direta com outros agilistas em formação.

3. Cursos de Cultura Ágil ao vivo

Para dar sequência à formação em Cultura Ágil, o próximo passo é o investimento em cursos online ao vivo.

Com dia e hora para acontecer e com o contato imediato com os professores e colegas, os cursos ao vivo exigem presença, permitem maior interatividade e garantem o esclarecimento de possíveis dúvidas mais rapidamente.

Dessa forma, os cursos de agilidade ao vivo são uma opção para quem já está mais envolvido com os conceitos e metodologias e deseja seguir mais a fundo no mundo Agile.

4. Trilha Agile para formação completa

Por fim, para quem deseja um mergulho profundo e contínuo no mundo ágil, a indicação de formação é a trilha completa, com cursos que vão do básico ao avançado e são capazes de levar o profissional ao certificado de expert em Agilidade.

Na Trilha Agile Expert Avançado, da Fundação Vanzolini, você vai aprender processos, métodos, frameworks e práticas para desenvolver projetos com foco em resultados, conquistando uma visão completa da mentalidade Ágil.

Agile é na Fundação Vanzolini

Para os profissionais que desejam formação na Cultura Ágil, a Fundação Vanzolini oferece cursos gravados e ao vivo – para atender aos mais variados públicos -, ministrados por professores experientes no mercado.

Do básico ao avançado, os cursos da Fundação Vanzolini permitem que o profissional percorra seu caminho na Cultura Ágil e vá adquirindo, cada vez mais, conhecimento e habilidade para agregar valor aos negócios e transformar realidades organizacionais.

Do gravado até a Trilha Agile, os profissionais com formação pela Fundação Vanzolini ficam preparados para os novos desafios da carreira e para as novas demandas do mundo do trabalho.

Então, se você quer dar os primeiros passos na Cultura Ágil, conte com a expertise da Vanzolini para te acompanhar nessa jornada. Acesse nosso site e conheça as possibilidades de cursos e treinamentos Agile.

ENTRE EM CONTATO

Até o próximo!

Fontes:

Você S/A

O IMPACTO DA TRANSFORMAÇÃO ÁGIL NA CULTURA ORGANIZACIONAL: DAS PRÁTICAS E VALORES ORGANIZACIONAIS A GESTÃO DA MUDANÇA

Conheça as principais diferenças entre as metodologias ágeis e tradicionais, qual a melhor opção e como conseguir a mais visada certificação em gestão de projetos.

Metodologias ágeis ou tradicionais? Qual escolher? Essa é uma dúvida comum entre os gestores, pois tanto se fala na escolha entre as duas, que, no momento de optar por uma outra, os profissionais temem em optar pelo “pior.”

No entanto, adiantamos: nenhuma supera a outra, e a escolha deve partir considerando características do próprio projeto.

Neste artigo, citamos os princípios dos dois métodos e como tomar a melhor decisão, e mais: ao final, conheça a importância da certificação em gestão de projetos para se tornar um profissional de destaque, aquele que foca em resultado e os consegue!

Metodologias ágeis vs. tradicionais na gestão de projetos: qual a diferença?

Metodologias ágeis e tradicionais são abordagens distintas relacionadas à gestão de projetos. Nesse contexto, não há uma melhor ou pior, mas, sim, ambas com características e princípios diferentes, os quais devem ser considerados no momento da escolha entre elas.

Metodologias ágeis

Os princípios mais relevantes, portanto, os norteadores da prática das metodologias ágeis, são:

Consegue notar como a colaboração e a agilidade (por isso o nome) são concepções básicas dessa metodologia? Então! A interatividade com o cliente – e a partir dela – e as ações da equipe multidisciplinar colaboram com a rapidez e a eficácia do andamento do projeto.

Além disso, ainda há mais três principais características fundamentais para se compreender o funcionamento das metodologias ágeis:

1 – Flexibilidade:

No método ágil, o projeto pode passar por mudanças necessárias, que são percebidas durante as contínuas avaliações.

Um exemplo: se os colaboradores notarem que as ferramentas escolhidas não estão dando o resultado esperado, eles podem mudá-las. Em outros casos, a falta de resultados só seria percebida no final do projeto.

2 – Comunicação:

Devido ao princípio anterior, a comunicação é outro ponto indispensável, pois não há como realizar a medição de desempenho em projetos sem o diálogo constante, tanto entre os próprios membros da equipe, quanto da equipe com o cliente.

Essa troca tem o papel de manter as coisas claras, além de bem alinhadas e definidas, por meio de feedbacks de ambos os lados. Assim, quanto mais comunicação, mais transparência, algo imprescindível na metodologia em questão.

3 – Controle:

A tomada de decisões é distribuída, portanto, não há uma hierarquia responsável pelo total controle do projeto. Nesse caso, a responsabilidade de tomar decisões relacionadas ao projeto é distribuída entre os membros da equipe, essa, que é multidisciplinar e autogerenciável.

Isso quer dizer que as equipes têm autonomia e organizam seus trabalhos de forma independente, organizando-o conforme decisões tomadas em grupo e consentida pelos líderes de tais grupos.

Métodos mais populares:

Para todas elas, a certificação em gestão de projetos deve ser priorizada, porque são abordagens diferentes e com conceitos importantes. Aprender somente na prática pode ser uma medida que põe o projeto em risco, então, opte pela devida capacitação.

Veja mais: Certificação PMP: ateste seus conhecimentos para atuar na gestão de projetos

Metodologias tradicionais

Os princípios das metodologias tradicionais, por sua vez, são:

Sequencial:

O projeto não acontece simultaneamente, ou seja, as etapas seguem uma sequência linear, e são iniciadas apenas se a última estiver finalizada.

Documentação extensiva:

Todas as fases são minuciosamente detalhadas, com a intenção de fornecer informações relevantes a todos os interessados e, assim, obterem uma visão ampla e qualificada do projeto. A comunicação das metodologias tradicionais, em geral, é facilitada por meio da documentação.

Rigidez:

Uma das principais diferenças entre os métodos ágeis e os tradicionais está na rigidez. Na abordagem tradicional, não há possibilidade de mudanças durante o desenvolvimento do projeto, portanto, se ele iniciou de uma maneira, deve terminar da mesma forma.

Entrega única:

O cliente não tem uma prévia do que será entregue. Ele só irá conhecer o projeto em sua versão final, sem possibilidade de mudanças ao longo do desenvolvimento, como citado anteriormente.

Controle:

O controle é centralizado e a equipe recebe ordens de uma equipe hierárquica superior, sem poder mudá-las.

Principal método:

Afinal, qual escolher?

Após conhecer melhor sobre as metodologias, saiba que somente poderá usufruir das vantagens de uma boa gestão de projetos, caso escolha e melhor para o seu projeto. Como irá definir esse ponto? Nós explicamos!

Ao saber qual projeto precisará executar, considere:

Complexidade

Os mais complexos podem se beneficiar de abordagens ágeis, pois permitem ajustes, facilitando o desenvolvimento.

Requisitos claros ou evolutivos

Se os requisitos são bem definidos no início, uma abordagem tradicional pode ser mais apropriada, já que elas não podem sofrer mudanças. Se forem evolutivos, métodos ágeis são mais flexíveis.

Envolvimento do cliente

Se a colaboração constante com o cliente é indispensável, tanto por exigência dele ou por uma cultura da empresa, as metodologias ágeis são as mais indicadas.

Tamanho e duração do projeto

Projetos menores e de curta duração podem se beneficiar da agilidade, enquanto projetos maiores e mais longos podem favorecer métodos tradicionais.

Ambos são métodos eficientes, e, considerando os pontos acima, com certeza trarão os resultados esperados.

Certificação em gestão de projetos: uma escolha indispensável

A certificação, assim como mencionamos, é um passo indispensável no sucesso das carreiras dos gestores. Capacitar-se é, na verdade, um processo pelo qual profissionais de todas as áreas passam, e algo tão importante quanto a gestão não pode ser diferente.

Na Vanzolini, você irá aprender:

Com a certificação de gestão de projetos, sua equipe estará apta para atuar, focando em resultados, e a desenvolver melhoria contínua nos produtos e serviços oferecidos, saindo na frente no que se refere à competitividade em seu setor.

Este conteúdo foi útil para você? Aprenda mais sobre o assunto: a Fundação Vanzolini oferece cursos com especialistas na área, para você ampliar o seu repertório e transformar a sua carreira.

​Conheça os cursos de Agile da Fundação Vanzolini.

ENTRE EM CONTATO

Fontes:

gaea.com.br/o-que-e-metodologia-agile-e-quais-tendencias-voce-deve-ficar-atento/

objective.com.br/insights/diferencas-metodologia-tradicional-e-agil/

rockcontent.com/br/blog/metodologias-de-gestao-de-projetos-ageis-e-tradicionais/

Vanzolini Play na gestão: como a plataforma de cursos on-line pode se integrar de forma eficaz com diversas metodologias de gestão, além de ajudar você a crescer na carreira de gestor.

Se você é responsável pelo gerenciamento de um projeto ou uma equipe, precisa saber como funciona e quais são as vantagens da Vanzolini Play na gestão.

Mas, afinal, o que é Vanzolini Play?

Trata-se de uma plataforma de cursos on-line com assinatura anual, isto é, um streaming de aprendizagem, no qual o aluno tem acesso aos diversos cursos disponíveis no site.

Não precisa escolher apenas um curso! Basta realizar a assinatura e, assim como em qualquer streaming, ter acesso a todo o conteúdo ofertado.

Então, se alguma vez ficou em dúvida sobre qual curso investir, e por isso não fez nenhum, esta é uma oportunidade bem interessante. Continue para saber mais!

Vanzolini Play na Gestão: como ela auxilia?

A Vanzolini Play na gestão é uma peça-chave, por possuir as principais certificações de metodologias de gerenciamento de projetos e de pessoas.

O mercado de gestão precisa estar  em constante desenvolvimento para poder caminhar com as demais evoluções do setor empresarial e tecnológico.

Portanto, é importante que os profissionais estejam igualmente atualizados, caso contrário, há grandes chances de ficarem para trás em suas carreiras.

Dessa forma, a plataforma irá auxiliá-los, dando todas as ferramentas, ou seja, os conhecimentos práticos e teóricos imprescindíveis em relação às metodologias de gestão.

Saiba como isso funciona na prática:

Quais as áreas dos cursos?

A gama de cursos é grande e envolve a área de Inovação, Novas Tecnologias para Negócios, Gestão de Pessoas e Soft Skills, Operações e Processos e Gestão de Projetos.

Confira algumas (das muitas) opções disponíveis:

Como funciona a Vanzolini Play?

O funcionamento é simples e funcional, além de prático e com muitas vantagens. A plataforma Vanzolini Play foi desenvolvida para suprir as necessidades de profissionais ocupados, porém, apesar de não disporem de muito tempo, visam crescer na carreira o quanto antes.

Pensando nisso, as aulas disponíveis são todas gravadas e o aluno as assiste onde quiser, nas datas e horários que melhor se encaixarem no seu dia a dia.

Afinal, com a rotina de trabalho, casa, família e demais compromissos, sabemos como é difícil comprometer-se toda semana em horários fixos. Além disso, estudar no conforto de casa poupa seu tempo, e você pode usá-lo para descansar após um dia cheio.

E mais:

Metodologia de gamificação: De colaborador à CEO

A metodologia de muitos dos cursos se faz por meio da gamificação. Basicamente, em vez de apenas estudar os conteúdos, a plataforma possui uma dinâmica que coloca o aluno em uma jornada semelhante à carreira profissional real, na empresa fictícia chamada de “PlayCorp”.

Nela, o aluno começa como colaborador e evolui de acordo com o desempenho nas atividades propostas, que, quando bem efetuadas, permitem as promoções de cargo. Desse modo, começa como auxiliar, passa para analista júnior, pleno, sênior, supervisor, coordenador, gerente, diretor, até chegar ao cargo de CEO.

Essa prática mantém o estudante engajado e melhora as atividades profissionais, na prática, agregando conhecimento antes mesmo da conclusão do curso. Até porque, a teoria é importante, mas a prática é essencial.

Veja mais: A Vanzolini Play e o lifelong learning

Quais são as vantagens de um streaming de aprendizagem?

Atualização de conhecimentos

A plataforma serve para profissionais que desejam acompanhar as mudanças e avanços em suas indústrias – ou setores – e procuram por cursos on-line que ofereçam conteúdos atualizados.

Na hora de escolher um curso, esteja atento à grade curricular. Ela precisa abordar temáticas relevantes e atuais, pois, caso contrário, não valerá a pena investir seu tempo e dinheiro nele.

Nesse caso, não se preocupe, a Vanzolini garante a total relevância das aulas, bem como a vasta experiência dos professores.

Explorar novas áreas

Alguns indivíduos buscam cursos on-line para explorar novas áreas de interesse, adquirindo conhecimentos em um campo diferente do que estão acostumados. Além disso, também pretendem expandir as áreas correlatas da sua atuação, melhorando a atuação profissional.

Flexibilidade de horários

Cursos on-line oferecem a conveniência de serem acessados a qualquer hora e de qualquer lugar, permitindo que as pessoas ajustem seus estudos conforme suas rotinas diárias.

Comprovação de habilidades

Os certificados emitidos, após a conclusão dos cursos, servem como comprovantes formais das habilidades e conhecimentos adquiridos, podendo ser incluídos em currículos e perfis profissionais.

Custos mais baixos

Em geral, cursos on-line costumam ser mais acessíveis financeiramente do que cursos presenciais, tornando-os uma opção atraente para pessoas que buscam qualidade a um preço mais baixo.

Porém, a vantagem na Vanzolini Play é o acesso liberado aos vários cursos disponíveis, o que torna o custo x benefício ainda melhor.

Variedade de opções

Há uma ampla variedade de cursos on-line disponíveis, em diversos temas e níveis de dificuldade, permitindo que as pessoas escolham aqueles que melhor atendam às suas necessidades.

Autodidatismo

Pessoas que gostam de aprender de forma autônoma e que têm disciplina para estudar por conta própria encontram nos cursos on-line uma excelente oportunidade para se capacitar.

Validação de conhecimentos

Para algumas áreas profissionais ou setores específicos, a obtenção de certificados é uma exigência ou um critério para promoção, ou reconhecimento, como os profissionais de Lean Seis Sigma.

A Vanzolini Play na gestão pode fazer parte do seu crescimento profissional, não importando qual for o objetivo, desde se recolocar no mercado de trabalho, subir de cargo, mudar de área ou melhorar o desempenho.

Para ter acesso aos mais de 30 cursos que a plataforma de streaming da Fundação Vanzolini oferece, assine a VANZOLINI PLAY e comece sua jornada.

ENTRE EM CONTATO

Fontes:

https://vanzolini.org.br/blog/educacao/vanzolini-play-novo-jeito-de-estudar/

https://vanzolini.org.br/blog/educacao/plataforma-vanzolini-play/

Dê um salto na sua forma de liderar e alcance resultados surpreendentes, alinhando metodologia, pessoas e objetivos. Você terá aulas que simulam o ambiente organizacional, para aprender na prática como aplicar o framework de metas OKR e promover uma mudança cultural nas empresas. Uma oportunidade para você ganhar destaque na sua carreira.

Veja tudo o que você vai aprender:

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Produtos Relacionados