Fundação Vanzolini

Dê um salto na sua forma de liderar e alcance resultados surpreendentes, alinhando metodologia, pessoas e objetivos. Você terá aulas que simulam o ambiente organizacional, para aprender na prática como aplicar o framework de metas OKR e promover uma mudança cultural nas empresas. Uma oportunidade para você ganhar destaque na sua carreira.

Veja tudo o que você vai aprender:

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

Transforme a cultura ágil em realidade e alcance resultados de impacto para os negócios e para a sua carreira! Saiba como realizar análises estratégicas, preparar roadmaps de produtos e aplicar frameworks de mercado: tudo pela lente da Agilidade e com a orientação de especialistas que acumulam casos de sucesso.

Veja tudo o que você vai aprender:

 

Obs.:
A realização deste curso está condicionada ao número mínimo de matrículas.
As vagas estão sujeitas à capacidade máxima da turma.

O Business Agility está presente em todas as partes de um negócio. Diferentemente do que se imagina, a agilidade está focada nas pessoas. Quer saber mais sobre o assunto? Siga com a gente nesta leitura.

 

O que é Business Agility?

A agilidade dos negócios é um processo contínuo, não é uma metodologia ou uma técnica para ser aplicada uma única vez. Ela está relacionada à capacidade que a organização tem de criar, alavancar mudanças e gerar valor.

Porém, a percepção de valor é diferente para cada pessoa e, dessa forma, a capacidade de adaptação acaba sendo um aspecto primordial nesse processo.

A agilidade pode ser entendida como um modo de pensar e, assim, ser estabelecida de diversas maneiras, usando diferentes abordagens, estruturas e modelos operacionais.

Apesar do Business Agility ter essa característica de ampla personalização, existem algumas estruturas que foram testadas e são comprovadamente efetivas. Por isso, é importante conhecê-las para um melhor resultado em sua organização.

Um exemplo que podemos citar é a definição em cinco domínios feita pelo Business Agility Institute. Veja a seguir:

Utilizar os conceitos de Business Agility pode ser relevante para melhorar o dia a dia não somente de áreas que executam projetos, como a área de Tecnologia e o Marketing, mas também nos times de Recursos Humanos, Finanças, Controladoria e outros.

 

Mundo VUCA x Mundo BANI

Conceitos criados para definir, de modo geral, o comportamento dos indivíduos. O VUCA surgiu em 1980, após a Guerra Fria, período em que o mundo era visto como Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo. Essas características foram a base das estratégias corporativas de muitos negócios, durante muito tempo.

Contudo, a partir de 2020, após o início da pandemia da Covid-19, novas definições foram listadas, surgindo assim o Mundo BANI – Frágil, Ansioso, Não linear e Incompreensível.

Essa mudança fez com que as empresas precisassem adaptar o seu modo de pensar, tanto sobre questões internas como externas. Tornou-se necessário a implementação de mais agilidade em suas estruturas.

 

“O maior desafio para a adoção de práticas ágeis em uma organização é a falta de preparo das pessoas que não fazem parte do time (que não receberam treinamento). Elas acabam não entendendo qual é o valor (da agilidade).”

— Rodrigo Silva, especialista em agilidade e professor da Fundação Vanzolini.

 

Implementação do Business Agility

Existem alguns pontos que impactam a eficiência da agilidade nos negócios, como manter uma estrutura tradicional e hierárquica, na qual os líderes não estão acessíveis. Ter uma cultura com processos engessados e pessoas desengajadas em melhorias.

Esses exemplos apontam a necessidade do desenvolvimento de uma inteligência organizacional, para que não existam entraves na adoção de práticas ágeis.

Após esse alinhamento cultural, a agilidade empresarial poderá ser praticada de diversas maneiras, confira algumas:

 

Métodos e Frameworks Ágeis

Conheça aqui as opções de métodos, ferramentas e frameworks para implementação de Business Agility e Práticas Ágeis:

 

Design Thinking

Mais do que um método para a resolução de problemas, o Design Thinking é um processo centrado em pessoas. Dividido em seis etapas principais, nas quais se busca entender o problema e explorar maneiras de solucioná-lo, até materializar a implementação efetivamente.

 

Scrum

Frequentemente, o Scrum é o primeiro framework que os times inserem em suas equipes. Pode ser usado para a resolução de projetos simples até os complexos. Sua estrutura é dividida entre: papéis, na qual  é definida a responsabilidade de cada membro; cerimônias, que engloba as reuniões, o planejamento e a execução; e os artefatos, listas de requisitos do produto e do sprint, até a finalização do projeto.

 

Kanban

Pode ser definido como um quadro dividido em colunas, em que cada uma delas representa uma etapa do processo. É um framework bastante adaptável, contudo, a base mais comum está dividida em: To Do, itens que ainda precisam ser realizados; Doing, processos que estão em desenvolvimento; e Done, etapas que já foram concluídas.

Além disso, o Kanban é capaz de fornecer diversas métricas para serem analisadas e melhorias a serem implementadas.

 

Nexus

O framework ideal para momentos em que é necessário a integração de vários times que estão trabalhando no mesmo projeto. Há apenas um backlog geral, no qual as demandas, posteriormente, serão divididas em “pequenos projetos” para cada equipe.

As informações de andamento são compartilhadas entre as equipes por meio de seus respectivos Scrum Masters.

 

SAFe

Esse framework, por sua vez, possui uma estrutura que possibilita ir além do gerenciamento de projetos. Com uma visão geral de todos os papéis dentro da organização, é usado para organizar, de forma ágil, a empresa por completo.

 

Disciplined Agile

É um kit de ferramentas focado em entender o contexto atual da situação. Feito para otimizar os processos de decisão, fornece orientações para ajudar tanto pessoas, como times e organizações. Incentiva o trabalho colaborativo.

 

Webinar | Business Agility – Como Gerar Valor através de Práticas Ágeis na Organização?

Assista agora mesmo, na íntegra, o Webinar “Como Gerar Valor através de Práticas Ágeis na Organização?”, no qual o professor Rodrigo Silva explica, em detalhes, o que é o Business Agility e a importância da implementação em sua empresa.

Ao longo da apresentação, Rodrigo traz diversos exemplos, aplicando os conceitos explicados a diversos setores.[vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=DIcssQ5o3po”]

Potencialize o valor intangível da sua empresa

Adaptar-se aos novos comportamentos da sociedade é necessário e, para isso, implementar a agilidade nos negócios é o primeiro passo para um melhor desenvolvimento e aceitação do público. Não fique para trás.

 

Aprenda com especialistas no assunto! Conheça os cursos de Agile da Fundação Vanzolini.

 

Agile Business Analysis
Agile Coach
Agile Scrum – Product Owner
Agile Scrum Foundation – Preparatório para a certificação EXIN
Agile Scrum Master – Formação para um verdadeiro Scrum Master
Como potencializar a agilidade organizacional com OKRs
Introdução ao Agile Scrum Master
Introdução ao Agile Scrum – Product Owner
Kanban Foundation
Management 3.0 – Foundation (com certificação internacional)
Trilha Agile (com Scrum Foundation)

 

ENTRE EM CONTATO

Neste evento, o professor Rodrigo Silva irá discutir sobre o Business Agility em uma cultura organizacional ágil e flexível que possa rapidamente responder às mudanças do mercado, inovar e entregar valor aos clientes, explorando os principais conceitos e práticas.

Os principais temas a serem abordados são:

Business Intelligence (BI) é um processo para transformar dados em insights. Isso ajuda você a entender melhor sua empresa e a tomar melhores decisões.

Em um mundo empresarial em rápido desenvolvimento, as informações estão se tornando cada vez mais importantes. Para aproveitá-las ao máximo, as empresas precisam adotar uma cultura orientada por dados e investir em Business Intelligence (BI).

Adotar uma cultura baseada em dados pode ser um desafio, mas é essencial para empresas que desejam permanecer competitivas. Confira neste artigo as aplicações essenciais para sua empresa. Boa leitura!

O que é Business Intelligence?

 Business Intelligence, BI, Inteligência de Negócio ou Inteligência Empresarial é um processo para transformar dados em insights que ajudam as empresas a tomarem melhores decisões.

Isso envolve coletar, processar, armazenar, analisar dados e monitorar métricas. Assim é possível entender o comportamento do cliente para que as escolhas sejam eficazes, assertivas e rápidas.

Os métodos ágeis de gestão requerem ferramentas e processos que o Business Intelligence e a cultura de dados podem fornecer. O BI ajuda as organizações a integrarem de forma eficiente as práticas ágeis em suas rotinas regulares.

Mudanças extremamente rápidas no mundo e nos negócios têm sido uma marca das últimas décadas. E com a tecnologia da informação aliada a tantas transformações e inovações, nunca houve tantos dados à disposição das empresas.

O Business Intelligence adere a um conjunto de metodologias de gestão e uso de software, como o Power BI, para fornecer estratégias. Essas ferramentas de software analisam os dados e os integram em um só lugar.

Isso torna o Business Intelligence capaz de fornecer análises que ajudam a melhorar os processos de tomada de decisão e a alta administração nas organizações. Também é usado para criar vantagens competitivas por meio da síntese de dados em conhecimento.

Desenvolver uma cultura de dados é essencial para qualquer empresa que queira usar o BI de forma eficaz. Assim, os funcionários de toda a organização ficam envolvidos pelos dados e por seus possíveis usos.

Quais são os benefícios da Business Intelligence?

Pequenas ou grandes empresas podem usar a inteligência de negócios (BI) para melhorar a tomada de decisões, identificar novas oportunidades e monitorar o desempenho.

Para melhorar a tomada de decisões, as organizações precisam ter acesso a dados oportunos, precisos e relevantes. Esses registros podem ser usados para identificar tendências, entender o comportamento do cliente e decidir sobre onde alocar recursos.

Tomada de decisão aprimorada:

O BI pode ajudá-lo a identificar tendências e padrões que talvez você não tenha conseguido observar com os métodos tradicionais. Isso pode levar a melhores decisões sobre onde alocar recursos e como responder às mudanças no mercado.

Maior eficiência:

Ao automatizar tarefas como coleta e análise de dados, o BI pode economizar seu tempo e permitir que você se concentre em outras áreas da sua empresa.

Atendimento ao cliente aprimorado:

Com o BI, você pode ter uma visão mais completa de quem são seus clientes e o que eles querem. Isso pode ajudar você a melhorar seus esforços de marketing e oferecer um melhor atendimento ao cliente.

Além disso, entre outros benefícios do Business Intelligence, podemos observar:

Como pode ver, são muitas as vantagens de empregar a inteligência de negócios em qualquer organização. Confira agora a importância do BI e suas aplicações.

Qual a importância do Business Intelligence e cultura de dados para a sua empresa?

Para identificar novas oportunidades de negócios, as empresas precisam rastrear os principais KPIs (Key Performance Indicators) e compará-los com os benchmarks do setor.

Ao fazer isso, eles podem identificar áreas em que há uma vantagem competitiva e desenvolver estratégias para capitalizar esses pontos fortes.

Os aplicativos de BI ajudam os gerentes a obterem informações sobre seus negócios, fornecendo ferramentas fáceis de serem utilizadas para a análise de dados.

Por exemplo, um sistema de BI pode ajudar os gerentes a acompanharem as tendências de vendas ao longo do tempo ou compararem o desempenho de diferentes regiões.

Identificar novas oportunidades é outro elemento importante da inteligência de negócios. Ao analisar os dados dos clientes, as empresas podem identificar quais produtos estão vendendo bem e direcionar os esforços de marketing adequadamente.

Por exemplo, um varejista pode usar o BI para identificar quais produtos são populares entre determinados grupos de clientes, para que eles possam estocar mais desses itens em sua loja.

Por fim, monitorar o desempenho é essencial para qualquer empresa que queira melhorar seus resultados financeiros. Os aplicativos de BI facilitam o rastreamento de KPIs, como crescimento da receita ou níveis de satisfação do cliente.

Ao monitorar essas métricas regularmente, as empresas podem ajustar suas operações e fazer as mudanças necessárias para alcançar suas metas.

Como usar a Business Intelligence para melhorar o desempenho da sua empresa?

A resposta está na cultura de dados. O Big Data é um termo genérico para a quantidade volumosa e crescente de informações estruturadas, não estruturadas e semiestruturadas que as organizações coletam sobre seus clientes, produtos, serviços e operações.

Para entender todas essas informações, as empresas precisam adotar uma abordagem baseada em dados, usando ferramentas de business intelligence para analisar o desempenho passado e identificar tendências que as ajudarão a tomar melhores decisões no futuro.

O BI pode ser usado para melhorar vários aspectos do seu negócio, desde marketing e vendas até atendimento ao cliente e desenvolvimento de produtos.

A cultura de dados também é essencial para qualquer organização que queira usar o BI. Isso se refere à maneira pela qual funcionários de todos os níveis entendem e valorizam os registros e os usam para informar sua tomada de decisão.

Uma cultura orientada por dados exige que todos na empresa, do colaborador até o CEO, tenham uma compreensão básica de como o BI funciona e como ele pode ser usado para melhorar o desempenho dos negócios.

Só então eles podem começar a tomar decisões com base em evidências, em vez de intuição ou pressentimento. Bem como não permitir preconceitos e vieses que podem prejudicar os negócios.

Uma forte cultura de dados em sua empresa é essencial para liberar o poder da Business Intelligence. A tomada de decisão baseada em dados ajuda você a alocar recursos com mais eficiência, identificar novas oportunidades e evitar possíveis armadilhas.

Business Intelligence, cultura de dados e sua aplicação nas empresas

Implementar uma cultura de dados é essencial para que uma empresa aproveite ao máximo seu investimento em BI. Ela se refere a uma mentalidade de toda a organização que valoriza as informações e dá grande importância à interpretação precisa e oportuna.

Os últimos anos produziram uma enorme quantidade de dados. Segundo a Data Science Academy, 90% dos dados do mundo foram criados nos últimos dois anos. Além disso, o seu volume dobra a cada ano que passa.

Logo, para que a empresa possa ter eficiência, produtividade, competitividade e se destacar no mercado, é fundamental que ela adote o BI em suas operações.

Em uma empresa orientada por dados, todos os membros da organização, de executivos a funcionários da linha de frente, usam informações para tomar decisões mais assertivas.

Há muitos benefícios em ter uma forte cultura de dados, incluindo:

No entanto, a implementação de aplicativos de BI como o Qlik Sense, Power Bi e Tableau sem o cultivo de uma cultura de dados limitará sua eficácia.

Portanto, para aproveitar ao máximo seu investimento em BI, certifique-se de construir uma forte cultura de dados. Isso é essencial se você quiser que sua empresa colha todos os benefícios da Business Intelligence.

Formações e carreiras nessas áreas vêm sendo muito desejadas pelas organizações. Pensando nisso, a Fundação Vanzolini sempre acompanha as tendências do mercado e oferece o melhor em cursos de Business Intelligence e Data Driven.

Entre em contato agora mesmo e fale com um de nossos especialistas. Conheça os cursos da Fundação Vanzolini:

Business Intelligence

Business Intelligence aplicado à Logística

Indústria 4.0: Conceito, Método e Aplicação Prática

ENTRE EM CONTATO

Até a próxima!

Você sabe o que é agilidade nos negócios e como se tornar um profissional ágil? Quando se fala em gestão de projetos e equipes, metodologias como Agile e frameworks como Scrum e Kanban destacam-se na conversa.

E com a transformação digital em curso, essa área se torna cada vez mais promissora para o trabalho do futuro e o desenvolvimento de profissionais.

A difusão de uma cultura ágil se mostra cada dia mais essencial, por ser exigida pela própria dinâmica do mercado, que requer soluções rápidas e eficientes. Dessa forma, pode-se dizer que a velocidade, aliada à qualidade e à inovação, define o sucesso dos negócios.

Compreender o que está em jogo quando se fala em agilidade não é exatamente o enfoque no tempo das ações, mas sim o fato de agregar valor às entregas, com qualidade, em ciclos mais curtos e eficientes, conforme explicamos neste artigo.

Com a consolidação da Indústria 4.0, a adoção das metodologias ágeis é fator irreversível. Nesse cenário, o profissional ágil busca trabalhar o máximo possível com uma mentalidade de crescimento, entendendo o que o cliente quer, para assim entregar valor com eficiência, garantindo qualidade e fidelização.

É muito importante que haja na organização uma cultura ágil construída coletivamente com os colaboradores. Isso porque somente uma pessoa não basta, se o pensamento e a prática não forem compartilhados.

Segundo a Revista Você S/A, dentre as carreiras elencadas pelo Fórum Econômico Mundial na categoria “desenvolvimento de produtos”, em seu relatório Jobs of Tomorrow, três delas estão diretamente relacionadas com as metodologias ágeis: Product Owner (em primeiro lugar da lista), Agile Coach (em terceiro) e Scrum Master (em sexto).

Todos esses profissionais atuam como uma rede de apoio em uma organização que adota as metodologias ágeis em seus processos e projetos.

Quer saber como se destacar na carreira Agile e obter as certificações EXIN após concluir seu treinamento ou curso? Acompanhe a leitura deste artigo!

 

EXIN Anywhere: planeje o seu exame na sua agenda

Comece a construir a sua reputação profissional, melhore as perspectivas de sua carreira e aumente a competitividade salarial a partir da Certificação EXIN.

Você sabia que a Fundação Vanzolini é parceira acreditada pela certificadora internacional EXIN? A parceria propicia a aplicação da prova de certificação na modalidade online aqui no Brasil, com preço diferenciado.

O EXIN Anywhere permite que você faça o exame em horário e local convenientes, sem sair de casa. Basta que você tenha uma conexão à Internet, um laptop que atenda aos requisitos e que não haja mais ninguém na sala com você.

Confira abaixo os exames que você pode realizar pela Fundação Vanzolini

 

Exame – Agile Scrum Foundation

O exame testa o entendimento dos candidatos quanto aos principais conceitos e suas aplicações. Os principais tópicos são: Mindset Ágil, Práticas Scrum, Planejamento e estimativas Scrum, Monitorando projetos com Scrum e Conceitos avançados do Scrum.

Os EXIN Agile Scrum Foundation oferecem aos profissionais uma certificação exclusiva, que combina técnicas de gerenciamento de serviços ágeis e frameworks de desenvolvimento de Scrum. Saiba como ter sucesso na prova da certificação Scrum Ágil da EXIN.

 

Exame – Agile Scrum Master

O programa EXIN Agile Scrum Master é uma certificação que atesta a competência necessária para facilitar, treinar e capacitar uma equipe multifuncional para ser um mestre em Scrum. O exame tem duração de 90 minutos e aborda tópicos como Mindset Ágil, Práticas Scrum e Projetos Complexos.

 

Exame – Agile Scrum Product Owner

Este exame testa as habilidades do candidato e seus conhecimentos sobre o framework do Agile e a metodologia Scrum, especificamente para a função de proprietário do produto.

A certificação foca na implantação do Agile ou do Scrum no local de trabalho, avaliando, em 90 minutos, a forma ágil de pensar, o papel do Scrum Master, o gerenciamento de backlog de produtos e projetos complexos, entre outros tópicos.

 

Exame – Kanban Foundation

Esta certificação valida seus conhecimentos sobre os princípios comprovados e verdadeiros do Kanban, avaliando o domínio do candidato sobre os benefícios do Kanban, a melhoria contínua, a implementação do Kanban, entre outros tópicos.

Com 90 minutos de prova, o ExameKanban Foundation comprova a capacidade do profissional de melhorar a eficiência e a produtividade, nas mais diversas operações.

Para aprender ainda mais sobre Gestão Ágil de Projetos, continue acompanhando nosso blog. E aproveite para conhecer os cursos disponíveis na Fundação Vanzolini:

Agile Coach
Agile Scrum – Product Owner
Agile Scrum Foundation – Preparatório para a certificação EXIN
Agile Scrum Master – Formação para um verdadeiro Scrum Master
Como potencializar a agilidade organizacional com OKRs
Introdução ao Agile Scrum Master
Introdução ao Agile Scrum – Product Owner
Kanban Foundation
Management 3.0 – Foundation (com certificação internacional)
Métricas Ágeis
Trilha Agile (com Scrum Foundation)

 

ENTRE EM CONTATO

 

Até a próxima!

 

Fontes:

Você S.A.

Exin

A Fundação Vanzolini vem preparando, ao longo dos anos, centenas de profissionais para serem aprovados em um dos programas mais importantes e concorridos de certificação do mundo na área de gestão de projetos: o Scrum Ágil da EXIN.

(mais…)

A transformação ágil está em voga nas empresas e a demanda cada vez maior por profissionais com conhecimento e domínio das metodologias que fazem parte desse universo é uma realidade. Mas o que é a carreira Agile? O que é agilidade nos negócios? Como se tornar um profissional ágil?

De cara, o termo ágil pode levar a um pensamento enganoso de que se trata de executar tarefas e entregar resultados de maneira rápida. No entanto, o que está em jogo quando se fala em agilidade não é exatamente – ou somente – o tempo das ações, mas sim o fato de agregar valor às entregas, com qualidade, em ciclos mais curtos e eficientes.

Além de compreender o que é ser ágil dentro das instituições, é preciso compreender que, para alcançar o conhecimento necessário e ter o domínio das metodologias e ferramentas, há um caminho a ser trilhado, uma jornada que começa com uma base geral e depois afunila e se aprofunda com as certificações.

Assim, por meio desses passos, o profissional torna-se especialista em agilidade e adquire as formações necessárias para seus propósitos como líderes e gestores. Quer saber como começar na carreira Agile e obter as certificações EXIN?

Então, acompanhe a leitura deste artigo que preparamos!

O que é Agile?

Para começar, vamos falar sobre o que é, afinal de contas, agilidade no mundo do trabalho. Trata-se de uma forma de atuar profissionalmente que potencializa e incentiva uma gestão alinhada às novas demandas e perspectivas das relações corporativas.

Podemos entender, então, como uma maneira de trabalhar que desperta e organiza, que une a teoria e a prática com dinamismo, profundidade e agilidade.

No entanto, é preciso estar ciente de que, como falamos na introdução deste artigo, não se trata apenas de velocidade, mas de valor agregado na entrega e da capacidade de se colocar diante da instabilidade. Isso porque, no mundo atual, a instabilidade é frequente no cotidiano das organizações e é fundamental ter segurança e domínio das atividades para, justamente, ser flexível e ter tempo para reprogramar a rota.

As equipes de agilidade, quando estão executando sua função, atuam para a necessidade de errar rápido, aprender rápido e entregar valor constantemente. Para assim conseguir colher informações, receber feedbacks e mostrar o seu valor.

Outro fator fundamental quando se trata de se tornar um profissional da agilidade é se a pessoa está disposta a assumir erros, pois, na agilidade, os pequenos erros são incentivados internamente pelas empresas, com o objetivo de auxiliar no aprendizado e no aprimoramento de um ambiente de inovação.

Além disso, é fundamental que haja na empresa uma cultura ágil construída em conjunto com seus colaboradores. Uma pessoa sozinha não dará conta se o pensamento e a prática não forem coletivos.

O que são as certificações da carreira Agile e o que é preciso saber sobre elas?

Vamos agora seguir com nossa jornada Agile e entender que, para que essa transformação ocorra nos espaços corporativos, há, para além da cultura formada e disseminada,  ferramentas, programas e outros recursos modernos – como o Scrum – que estão à disposição dos profissionais interessados em adquirir o conhecimento e  a prática ágil.

Dessa forma, para adquirir tanto o conhecimento quanto o domínio desses recursos, existem as formações e certificações. Mas o que são certificações e quais eu preciso fazer para ser um profissional especialista em Agile?

As certificações são o reconhecimento formal do conhecimento adquirido pelos profissionais em relação aos princípios e habilidades com técnicas ágeis. Podemos entendê-las como um selo, um carimbo, que identifica que a pessoa teve acesso aos recursos para se tornar um agente de transformação ágil.

As certificações podem abraçar muitas abordagens de Agile, como o Exin, e fazem parte da jornada de formação que citamos anteriormente.

Mas, por onde começar para entrar no mundo Agile

Agile Scrum Foundation – Preparatório para a certificação EXIN

Como primeiro passo para entrar no mundo Agile, é fundamental que o profissional tenha uma base bem estruturada. E, para isso, ele pode começar pelo curso Agile Scrum Foundation – Preparatório para a certificação EXIN, oferecido pela Fundação Vanzolini. Esse curso propicia uma experiência com as principais ferramentas Agile para se adquirir fluência diante delas.

Com o Scrum, pretende-se formar um profissional que sabe fazer planejamento, prioriza a ordem das etapas, com foco na redução dos custos operacionais, e que tem conhecimento estratégico sobre trabalho.

O curso tem, ainda, aplicação prática e consenso de estudo de caso, conforme avaliação prévia e interesse dos alunos e alunas, visando promover o entendimento quanto à aplicação de ferramentas ágeis, em especial, o framework Scrum, em todo tipo de empresas (serviços, comércio ou indústrias).

Então, nessa formação, profissionais aprendem a:

Assim, você já sai especialista em conhecimento ágil e, a partir desse ponto, pode optar pelo aprofundamento que melhor se encaixa ao seu propósito na carreira Agile.

Desse modo, o curso Agile Scrum Foundation – Preparatório para a certificação EXIN é uma preparação para voos mais altos e obtenção de certificações, como, no caso, a EXIN que conheceremos mais a seguir.

Agile Scrum Master – Formação para um verdadeiro Scrum Master

No entanto, antes de explicar sobre a Exin, vamos falar de dois passos seguintes possíveis na jornada na carreira Agile.

Um caminho possível é a formação em Agile Scrum Master, indicado para um perfil de líder servidor, que gosta de trocar, compartilhar e disseminar seu conhecimento.

Esse curso, também oferecido pela Fundação Vanzolini, tem como foco a formação de líderes com esse engajamento. Com o papel de serem disseminadores da cultura ágil e verdadeiros agentes de mudanças.

As ações de um Scrum Master são voltadas para a valorização de pessoas e processos, e para o alcance mais rápido de resultados com valor agregado.

Além de ser um agente transformador, o profissional certificado com Scrum Master amplia suas possibilidades na carreira, pois se trata de uma formação bastante requisitada no mercado atualmente.

Então, nessa formação, profissionais aprendem:

Aqui, temos um aprofundamento na carreira Agile, que é indicada para profissionais que tenham mais aptidão para os negócios e que tenham como foco a elaboração de produtos, serviços e funcionalidades.

Trata-se da formação em Product Owner, que traz o conhecimento essencial para que os profissionais, ainda durante o curso, possam desempenhar um papel cada dia mais estratégico e menos operacional, tornando-se verdadeiros product champions.

Nele, você irá aprender:

O que é a certificação EXIN?

Por fim, vamos à compreensão do que é a certificação EXIN, que a Fundação Vanzolini oferece (e para a qual também oferece cursos preparatórios).

Bem, EXIN é o nome de uma empresa de origem holandesa, que oferece certificações para profissionais da área de Tecnologia da Informação (TI) pelo mundo todo.

A EXIN é responsável também pelo credenciamento de organizações que atuam na área de treinamento em TIC e no desenvolvimento de materiais para essas capacitações.

Profissionais com a certificação EXIN possuem reconhecimento formal de seu conhecimento a respeito do universo Agile, das ferramentas, cultura e recursos que o compõem.

Além disso, há algumas informações importantes a serem esclarecidas sobre a EXIN:

Obtenção da certificação EXIN online

É possível fazer a prova EXIN de forma online. O exame para obter a certificação pode ser feito em qualquer lugar, horário e dia. Trata-se de um meio seguro e confiável, que permite um acompanhamento em tempo real do candidato para a realização de um exame que valida e verifica seus conhecimentos e sua experiência no assunto, por meio do uso de câmeras e áudio.

Certificação essencial para um profissional

As certificações são importantes para instituições e para profissionais que desejam melhorar processos, produtos e serviços. O reconhecimento formal agrega valor, gera mais confiança e segurança na relação entre os envolvidos.

A maior parte das instituições busca por funcionários com certificação EXIN, pois ela é como um medidor, que indica a qualificação e os requisitos necessários para as demandas que exigem maior especialização em projetos.

Agora que você já sabe sobre os passos para iniciar sua jornada na transformação ágil, acesse os cursos Agile da Fundação Vanzolini, invista na sua carreira Agile e tenha acesso às formações e às certificações mais renomadas da área. 

ENTRE EM CONTATO

Agilidade como estratégia. Agilidade como aliada. Agilidade como ferramenta. O framework Agile tem como foco a gestão eficiente de tempo, inovação e produtividade.

Diante dos novos modelos de negócios, das novas tecnologias disponíveis, da automação e da otimização das atividades, tornar os processos empresariais mais ágeis é uma questão primordial para insights estratégicos, melhores resultados e entregas mais rápidas.

(mais…)

Para se tornar um profissional no campo da agilidade, a primeira questão a ser feita é: como estar disposto a assumir a instabilidade para se tornar ágil? No mundo atual, a instabilidade é frequente no cotidiano das organizações, pois as pessoas estão cada vez mais em busca de propósitos.

(mais…)