Get 10% extra OFF on Porto Summer Sale - Use PORTOSUMMER coupon - Shop Now!

Supply Chain Management: carreira e mercado

Supply Chain Management: carreira e mercado

Supply Chain Management: Orquestrar mercadorias disponíveis – de acordo com as demandas dos clientes – com otimização e redução de custos; reger as atividades de transporte, armazenamento e estoque de produtos e insumos.

Como pode ser visto, comandar uma cadeia de suprimentos é um desafio que exige profissionais capacitados, com conhecimento e maestria, capazes de melhorar os processos praticados pela empresa e garantir a qualidade, as quantidades e os prazos ao consumidor final.

Ser o elo estratégico entre os instrumentos e processos que compõem uma organização é o papel do profissional que atua como supply chain management. Ter o olhar sobre o todo e entender cada etapa, cada recurso. A pessoal responsável pela gestão da cadeia de suprimentos deve ser orientada por uma cultura de melhoria contínua, que permita levar à empresa um posicionamento cada vez mais competitivo e sustentável no mercado.

Para isso, o profissional deve ter formação adequada e habilidade com o emprego de tecnologias inteligentes. Para descortinar a carreira de supply chain management, preparamos este artigo com as principais funções e possibilidades de atuação desse profissional tão fundamental às estruturas empresariais de hoje.

Acompanhe a leitura!

A cadeia de suprimentos e sua importância em um organismo empresarial

Antes de falarmos sobre a carreira de supply chain management e sua presença no mercado, vamos compreender do que se trata o conceito de supply chain e qual sua importância nos modelos de negócio atuais.

Bem, o termo em inglês significa “cadeia de suprimentos” e faz referência aos processos, às etapas e aos diversos caminhos pelos quais passam os produtos, desde a origem, na retirada da matéria-prima, até a entrega do produto em si ao consumidor final.

Na prática, o supply chain está nas atividades de compra dos insumos ou componentes, de transporte, de armazenamento, de transformação, de embalagem, de gerenciamento interno, de venda e de distribuição. Trata-se, assim, de uma diversidade de processos, dinâmicas e pessoas que se encontram envolvidas ao longo de todo o percurso de produção.

Desse modo, ao abranger uma variedade de instrumentos e agentes, ter uma cadeia de suprimentos bem estruturada é fundamental para reduzir custos e otimizar recursos ao mesmo tempo em que mantém o padrão de qualidade de produtos e serviços entregues. É um equilíbrio, um ritmo, que deve ser encontrado, expandido e mantido.

O que faz um profissional de supply chain management?

Agora vamos às atribuições que fazem parte da atuação do profissional responsável pela gestão da cadeia de suprimentos. O supply chain management é o responsável por alinhavar e aprimorar a negociação entre produtos e serviços.

Sendo assim, trata-se de uma figura que deve estar sempre atenta ao gerenciamento dos processos e dos fluxos de informações. Como dissemos anteriormente, o profissional de supply chain precisa olhar para o todo, ter uma visão 360, levando em consideração cada etapa e cada área envolvida e indo do fornecedor de matéria-prima até a entrega do produto final.

Mas, e na prática?

Na prática, entre as tarefas e atividades ligadas ao supply chain management temos, por exemplo, o fato de responder pelo planejamento de aquisição de insumos por meio de estratégias de previsão da demanda.

O gestor da cadeia de suprimentos vai atuar ao lado de fornecedores de matérias-primas, produtos ou serviços, além de estar também presente em áreas como de transporte, estoque, distribuição e entrega dos produtos.

Então, na prática, o supply chain management é importante para garantir a integração entre os elos da cadeia produtiva e garantir, assim, a qualidade e o bom fluxo dos processos.

Como aliadas do dia a dia desse profissional, temos as soluções tecnológicas inteligentes disponíveis hoje e capazes de dar suporte para a gestão, gerando dados relevantes para realizar previsões, reduzir custos e tempo, gerir estoque, etc.

A atuação do supply chain management inclui, ainda, inovar e otimizar os processos nas organizações com foco no desempenho integral da cadeia produtiva.

Diante da importância do profissional de supply chain management dentro das empresas nos dias de hoje, como o mercado recebe esse profissional? A carreira de supply chain management está entre as profissões com maiores perspectivas de valorização para os próximos anos.

Podemos destacar que a presença desse profissional se reflete em três grandes benefícios à corporação:

  • Redução de estoque (algo que custa caro para as empresas e que pode ser revisto, reorganizado e mais enxuto por meio de uma gestão eficiente e inteligente);
  • Redução de custos operacionais (com estoques controlados, a perda de produtos se reduz de forma significativa, evitando gastos com prazo de validade ou que o produto fique “parado”);
  • Redução e otimização de fornecedores (o melhor gerenciamento da cadeia permite avaliar o desempenho de fornecedores e integrar as várias áreas das empresas).

Quais as características pessoais do supply chain management?

Vamos agora para algumas características pessoais – soft skills – que são importantes para um bom desempenho como supply chain management.

Entre as habilidades comportamentais e competências, podemos destacar a boa desenvoltura na comunicação. Proatividade, flexibilidade e visão estratégica também são importantes para o cargo, além, é claro, do espírito de liderança.

Dessa forma, os profissionais que fazem a gestão da cadeia de suprimentos estão focados em:

  • Construir uma enérgica, inovadora e inspiradora gestão;
  • Ter o pensamento de valor de ponta a ponta (um pensamento de maturidade funcional mais forte e de supply chain integrado);
  • Conduzir com agilidade, simplicidade e executabilidade o desempenho da supply chain;
  • Movimentar, globalmente, produtos que exigem visibilidade em tempo real e colaboração mais forte entre todos os parceiros (trata-se do pensar global e agir local);
  • Criar um ambiente de planejamento integrado de negócios para entender os riscos e preocupações, alinhando as operações às estratégias de negócios.

Como se tornar um supply chain?

Por fim, vamos à formação ou especialização para seguir na carreira de supply chain management. Estudar, se aprofundar, buscar cursos de especialização e se apropriar das ferramentas tecnológicas disponíveis é premissa básica.

Em geral, as formações acadêmicas mais comuns para o cargo são Administração de Empresas, Engenharia de Produção e Comércio Exterior. No entanto, é preciso destacar que somente o conhecimento especializado em supply chain– adquirido por meio de cursos voltados à área – é capaz de fornecer os recursos necessários ao profissional para desenvolver o pensamento e ação estratégicas para uma prática de gestão atual, eficiente e com resultado.

Os desafios da nossa era exigem atualizações constantes e no agora.

E qual o salário de um gestor de supply chain?

Bem, em relação ao salário, temos algumas variações possíveis: ele pode começar em R$ 6 mil e chegar a R$ 10 mil, dependendo do nível de experiência do profissional. Mas é possível ir além, de acordo com o porte da empresa em questão e da política de valorização dada ao profissional.

Esperamos que as informações compartilhadas aqui tenham sido úteis para você e para os novos e possíveis horizontes na carreira de supply chain management.

Até o próximo!

» Para mais informações, acesse nosso site.

»Para receber mensalmente o Boletim Educação Vanzolini com conteúdo sobre carreira e mercado, inscreva-se aqui.

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


chat icone

Posso
ajudar?

You've just added this product to the cart:

×