Get 10% extra OFF on Porto Summer Sale - Use PORTOSUMMER coupon - Shop Now!

Análise de processos empresariais: conheça o Lean Seis Sigma

Análise de processos empresariais: conheça o Lean Seis Sigma

A metodologia gerencial Lean e Seis Sigma é uma abordagem de processos empresariais focada em incrementar os negócios e alcançar poderosas melhorias na produção e serviços

Os processos empresariais envolvem um conjunto de atividades de um negócio, como admissão de empregados, aquisição de materiais ou fornecedores, venda de produtos ou serviços.

Essas atividades são trabalhos repetitivos e contínuos que envolvem a produção ou prestação de serviços, organização e gerenciamento de tarefas, fluxos, valores e indivíduos.

Tudo isso é complexo e pode ocasionar desperdícios e falhas. Por isso é importante usar metodologias de análise de processos empresariais como a Lean Seis Sigma.

As empresas brasileiras aumentam sua eficiência e reduzem os desperdícios e defeitos usando métodos Lean Seis Sigma. Isso também as ajudam a maximizar seu potencial.

Essa abordagem visa eliminar o desperdício de tempo, esforço e talento enquanto promove a qualidade no processo de produção e organização da empresa.

Para ser um especialista em Lean Seis Sigma, você precisa ter uma certificação, classificada de acordo com um nível Belt, como as faixas do judô.

 

Os Belts em Lean Seis Sigma

Os níveis de experiência para aplicação do método são chamados de Belts em Lean Seis Sigma, que variam conforme os papéis assumidos.

  • O White Belt é o nível básico. Considerado um treinamento recomendado para todos na empresa;
  • Yellow Belt já é focado em como aplicar o Lean Seis Sigma, contribuindo para processos de melhoria;
  • Green Belt é um nível mais avançado, capaz de gerenciar projetos com habilidades e confiança;
  • Black Belt é uma categoria mais experiente, capaz de gerenciar projetos em um nível multifuncional e ser mentor dos outros níveis;
  • Master Black Belt possui nível avançado em conhecimento e experiência. Atua no âmbito organizacional e estratégico;
  • Champion, geralmente composto pela equipe de liderança empresarial.

A maioria das pessoas começa em níveis Yellow ou Green Belt, não havendo a necessidade de percorrer a hierarquia desde o White Belt.

 

O que é o Green Belt Lean Seis Sigma?

Um Green Belt é um profissional com conhecimento intermediário e avançado da Metodologia Lean Six Sigma.

Ele pode lançar e gerenciar projetos, além de servir como parte de uma equipe maior para liderar projetos de melhoria.

Para se tornar um Green Belt Lean Seis Sigma, é preciso aprender tudo sobre o método, incluindo as fases definidas pelo DMAIC: Definir, Medir, Analisar, Melhorar e Controlar.

Eles também precisam aprender a aplicar o método em um alto nível de proficiência. Podendo, inclusive, fornecer treinamentos.

Um Green Belt deve ter uma compreensão completa de todos os assuntos contidos no mapeamento dos projetos, estatísticas descritivas, ferramentas e métricas.

 

Quais conteúdos são abordados?

Uma formação em Green Belt Lean Seis Sigma aborda conteúdos essenciais para liderar e apoiar projetos complexos, que adotem a perspectiva do método.

Isso inclui uma visão geral sobre o DMAIC: Definir, Medir, Analisar, Melhorar e Controlar. Essas fases são usadas ​​para identificar e melhorar problemas de processos existentes a partir de suas origens.

Os conteúdos também abordam toda a estrutura organizacional em Lean Seis Sigma, critérios e cuidados de seleção de projetos. Além da forma de trabalhar em equipe e conduzir reuniões de forma eficaz.

Outro tema essencial é o mapeamento de processos de fluxogramas e FEPSC, que envolvem fornecedores, entradas, processos, saídas e clientes.

Uma Certificação em Green Belt também prepara o profissional para realizar análise de sistemas de medição, com base em variáveis e atributos, hipóteses e métricas Lean.

As ferramentas Lean, como 5 S’s (do japonês, 5 eixos produtivos), SMED (troca rápida de ferramentas) e mapa de fluxo de valor também fazem parte do conteúdo incluído na formação essencial para um Green Belt.

Além desses conteúdos fundamentais, outros temas também são abordados para promover uma formação completa, que prepare o profissional para lidar com os desafios que surgirem.

Para saber mais, confira o conteúdo programático da Certificação.

 

Aplicações do Lean Seis Sigma em grandes empresas

Como pode ser aplicado a qualquer tipo de negócio, muitas organizações de ramos diferentes têm se beneficiado dessa abordagem de gerenciamento de qualidade.

Internacionalmente, grandes empresas como Toyota, Nike, John Deere, Intel, Ford, Textron, e Kimberly-Clark Corporation são reconhecidas pelo sucesso em aplicar a metodologia Lean Seis Sigma em seus negócios.

Além disso, a abordagem provou ser extremamente bem-sucedida nas empresas brasileiras, graças à sua aplicação que gerou excelentes resultados, a exemplo da Ambev e a Votorantim Cimentos.

A rígida cultura corporativa da Ambev está continuamente sob escrutínio. A empresa é conhecida por sua busca pela perfeição de seus processos empresariais.

Como resultado, a aplicação do Lean Seis Sigma levou a uma redução de defeitos e falhas desde que foi implementado na empresa. Atualmente, os erros de linha de produção se aproximam de 0,1%;

A Votorantim ocupa a maior posição de mercado no segmento. O Lean Seis Sigma, quando aplicado, reduziu o número de falhas e a empresa se tornou referência em gestão de qualidade.

 

Importância dessa metodologia nos processos empresariais

O mercado exige muita competitividade. Portanto, quem conseguir produzir os melhores produtos e serviços no menor tempo estará à frente.

Dessa forma, metodologias são constantemente criadas e testadas para que as melhores abordagens sejam implementadas para as empresas atingirem seus ganhos de produtividade e rendimentos.

Nos anos de 1990, a Lean Seis Sigma passou a ser uma abordagem essencial para as empresas focadas em reduzir e eliminar desperdícios.

Apesar de seu uso e certificação em conjunto, Lean e Seis Sigma possuem funcionalidades independentes, e são metodologias criadas a partir de filosofias diferentes.

De modo simplificado, uma descrição geral sobre os objetivos do Lean se concentra na redução do desperdício, enquanto os esforços do Seis Sigma se concentram na redução da variação das falhas.

As duas metodologias são tão eficazes quando usadas em conjunto, que é comum as pessoas se referirem às ferramentas Lean Seis Sigma como uma entidade única.

Isso é altamente justificável, já que ambas são certificadas juntas devido à sua incrível utilidade no desenvolvimento de processos com desempenho otimizado.

A metodologia Lean

O Lean manufacturing, tal como conhecemos atualmente, foi estabelecido pelo sistema TPS, Toyota Production System, a partir da década de 1940.

Seu foco estava em promover uma manufatura enxuta, que tivesse uma produção ágil, eliminando qualquer elemento desnecessário à produção.

Hoje, para além do setor manufatureiro, o Lean também se aplica à indústria e aos negócios.

O Lean busca eliminar qualquer desperdício, focando sobre as partes do processo que agregam valor e são essenciais para a qualidade e a produtividade.

Entre os resíduos que precisam ser eliminados estão os defeitos, superprodução, espera, transporte, inventário, movimentos, talentos desperdiçados e processos extras.

A metodologia Six Sigma

A Motorola passou a aplicar o Seis Sigma, ou metodologia Six Sigma, no inglês, em suas empresas em 1986, diante da concorrência com o mercado japonês.

Os gestores estavam pensando em um conceito estatístico sobre o número de defeitos por milhão de repetições de um processo ou saídas de um produto.

Sendo assim, desenvolve-se o DPMO, as metas estabelecidas a partir do baixo nível ideal de variações e defeitos por milhão de oportunidades.

Além disso, o Seis Sigma é usado para identificar onde estão os erros e corrigi-los. Por isso, é usado o Ciclo DMAIC, desde sua definição até a implementação de melhorias e controle.

Com o DMAIC, um processo pode ser inteiramente mapeado e analisado para que falhas, variações e defeitos possam ser identificados e os problemas resolvidos.

 

Onde realizar o curso?

Agora que você já conhece a metodologia Lean Seis Sigma, percebeu o quanto ela é extremamente útil para abordar os processos empresariais das empresas de forma otimizada.

Consequentemente, as organizações vêm buscando profissionais especialistas no método que possam atuar em suas empresas.

Pensando nisso, aqui na Fundação Vanzolini elaboramos a Certificação Green Belt, com uma metodologia considerada das mais avançadas e eficazes disponíveis.

O programa Green Belt Lean Seis Sigma da Fundação Vanzolini apresenta profissionais com vasta experiência em ensino, treinamentos e consultoria de negócios.

Eles participaram de projetos em empresas líderes que implementaram a abordagem para o aumento de produtividade nos setores de manufatura, indústria e serviços.

Portanto, se você for gerente, supervisor, engenheiro, administrador de negócios ou técnico que atua na equipe Lean Seis Sigma, não deixe de conferir mais sobre nosso curso de Green Belt.

 

Este conteúdo foi útil para você? A Fundação Vanzolini oferece um amplo conjunto de cursos, com especialistas na área, para você ampliar o seu repertório sobre o assunto. Conheça os cursos voltados para a área de processos da Fundação Vanzolini.

ENTRE EM CONTATO

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


chat icone

Posso
ajudar?

You've just added this product to the cart:

×