Cuidados mínimos para complementar um sistema com planilhas

Cuidados mínimos para complementar um sistema com planilhas

Muitas vezes é necessário incluir uma funcionalidade adicional a um sistema (gerar um novo relatório para um sistema ERP, por exemplo), mas, por algum motivo, implementar essa nova funcionalidade no próprio sistema pode ser inviável. Nesse caso, é comum a utilização de planilhas Excel que importam os dados do sistema original e executam a nova funcionalidade desejada (tipicamente utilizando macros na linguagem VBA).

A complementação do sistema por meio de planilhas pode ser vista como um tipo particular de desenvolvimento de software. Técnicas para a melhoria da qualidade de softwares abundam na literatura técnica. Porém, as planilhas muitas vezes são desenvolvidas sem observar cuidados básicos que poderiam melhorar significativamente seus atributos de qualidade.

Em cada contexto empresarial e, em função da criticidade da funcionalidade desenvolvida, técnicas diferentes (mais ou menos complexas) poderão ser utilizadas na elaboração da planilha. Porém, minimamente, recomenda-se que os seguintes pontos sejam observados:

  1. Deverá haver clareza na definição dos requisitos funcionais (o que a planilha fará) e não funcionais (aspectos como segurança e performance, por exemplo). Esses requisitos devem ser documentados em texto sucinto.
  2. O código VBA deverá ser detalhadamente planejado a priori, para quer ocorra a devida modularização (divisão do código em macros e funções).
  3. A documentação do código e o controle de alterações/versões é fundamental.
  4. A correção de cada execução dependerá, obviamente, da correção do processo de importação dos dados do sistema origem. Assim, os dados de entrada (importados do sistema origem ou inseridos pelo usuário) devem ser sempre validados automaticamente. Na importação, recomenda-se também a geração de indicadores que facilitem o acompanhamento do processo.
  5. Deve haver um abrangente e coerente plano de testes, cuja execução deverá ser documentada.

As planilhas podem complementar sistemas com agilidade e baixo custo. Porém, se não houver profissionalismo no desenvolvimento, é alto o risco da funcionalidade criada não atender plenamente aos requisitos e ter qualidade não satisfatória.

Por Marcelo Rezende

____________________

A Fundação Vanzolini promove o curso Programação em Excel VBA com foco em Engenharia de Produção que possibilita ao aluno criar e editar programas VBA (macros), permitindo assim, desenvolver automações mais complexas no Excel, criando funcionalidades específicas ou complementando funcionalidades de sistemas de informação (ERP, por exemplo).

____________________

Sobre o autor

Marcelo Novaes de Rezende

É Engenheiro, Bacharel em Ciência da Computação, Mestre e Doutor em Engenharia pela USP. Professor da Fundação no curso Programação em Excel VBA com foco em Engenharia de ProduçãoTem carreira técnica, executiva e empreendedora em tecnologia. Coordenou cursos de graduação por 10 anos. É professor de Mestrado em Engenharia de Software. Como docente, pesquisador e orientador atua nas áreas de Computação e Engenharia com foco em Machine Learning, Sistemas Web e Arquitetura Orientada a Serviços. É sócio da Linked Education.

____________________

Receba os conteúdos e as novidades da Fundação Vanzolini no seu e-mail: Cadastre-se em nossa newsletter

Comentários