A Gestão da Qualidade e o Sucesso de uma Organização

Por Maurício Sócio

A Gestão da Qualidade e o Sucesso de uma Organização

Por que a Gestão da Qualidade está relacionada ao sucesso sustentado de uma organização?

Para que uma organização tenha capacidade de alcançar seus objetivos e o sucesso sustentado é necessário atingir continua e constantemente, a satisfação das necessidades e expectativas das partes interessadas.

O atendimento a essas necessidades e expectativas pode ser alcançado pela gestão eficaz de uma organização, com a consciência do ambiente organizacional, pelo aprendizado pela introdução de melhorias e/ou inovações.

Como essas necessidades e expectativas estão sempre mudando, além das pressões competitivas e dos avanços tecnológicos, as organizações precisam de processos que se ajustem continuamente a essas novas necessidades e deve melhorar continuamente seus produtos, serviços e processos, além da busca contínua de inovações, de forma a se manter competitiva.

A Gestão da Qualidade é definida como todas as atividades da função gerencial que determinam a política da qualidade, os objetivos e as responsabilidades, e os implementam por meios como: planejamento da qualidade, controle da qualidade, garantia da qualidade e melhoria da qualidade.

A implementação de um sistema de gestão da qualidade conduzirá a organização à avaliação contínua dessas necessidades e expectativas e consequentemente ao planejamento e gerenciamento de tudo que for necessário para o seu atendimento.

Um sistema de gestão da qualidade é um conjunto de elementos inter-relacionados ou interativos, para estabelecer políticas e objetivos e processos, para dirigir e para controlar uma organização na busca do atingimento desses objetivos, com relação à qualidade.

A implementação de um sistema de gestão da qualidade consiste no estabelecimento, manutenção e melhoria de processos que contribuirão para atingir, de forma constante, a satisfação das necessidades e expectativas das partes interessadas e consequentemente o sucesso sustentado e a sobrevivência da organização em um ambiente competitivo.

Um sistema de gestão da qualidade adequadamente implantado faz com que a organização não se foque apenas na eficácia dos processos (extensão na qual os resultados planejados são alcançados), mas também na eficiência dos mesmos (relação entre os resultados alcançados e os recursos utilizados).

Ou seja, com um sistema de gestão da qualidade adequado, a empresa avaliará continuamente os resultados e a quantidade de recursos utilizados para tais resultados, atuando nas melhorias e inovações necessárias para se manter competitiva, de forma sustentável, ou seja, atendendo o cliente, mas mantendo a organização rentável, sustentável e atendendo a todas as partes interessadas.

Ao implementar um Sistema de Gestão da Qualidade de forma adequada, a organização terá processos que:

  • Definem e reavaliam continuamente a Política e os Objetivos da Qualidade, relacionados às necessidades e expectativas das partes interessadas,
  • Planejem a forma de atendimento à Política e aos objetivos da qualidade, incluindo a avaliação e o controle dos riscos associados
  • Executem o planejamento realizado
  • Controlem a execução do planejamento realizado.
  • Forneçam confiança à organização e às partes interessadas de que ela é capaz de fornecer produtos e/ou serviços que atendam aos requisitos das partes interessadas, de forma consistente
  • Melhorem continuamente e busquem a inovação de forma contínua dos produtos, serviços e processos da organização na busca do atendimento às necessidades e expectativas das partes interessadas, de forma a mantê-la competitiva.
  • Mantenham a organização com capacidade em atender os seus objetivos de longo prazo, de forma sustentável, dentro de um ambiente competitivo, com eficácia e eficiência em cada um dos seus processos.

Como a praticar essa Qualidade vinculada ao sucesso de uma organização?

A evolução dos conceitos sobre Qualidade ao longo do tempo, na chegada à chamada era atual da Gestão da Qualidade, ou da Qualidade Total está presente em vários livros, artigos, estudos de caso, normas e documentos emitidos pela ISO, Entidades responsáveis por prêmios da qualidade, como a Fundação Nacional da Qualidade, grandes consultorias e autores experientes.

Isso possibilita que as organizações analisem criticamente suas práticas de gestão e as comparem com as práticas recomendadas por estudiosos, profissionais, executivos, empresários que conseguiram resultados satisfatórios nesta busca da competitividade, do sucesso sustentado, através da prática da efetiva da qualidade.

Portanto, se quiser sobreviver com qualidade e pela qualidade, se quiser prosperar com qualidade, a organização precisa sair do “lugar comum”.

Qualidade não pode ser vista apenas como a qualidade dos produtos e dos serviços.

A Qualidade não pode estar presente apenas em um Departamento da qualidade.

Qualidade não pode estar presente apenas em uma Gerência da Qualidade.

Qualidade não pode ser focada apenas na operação.

É necessário eliminar as barreiras departamentais.

É necessário olhar e praticar a qualidade de forma moderna, de maneira estratégica.

A Gestão da Qualidade tem como base o comprometimento real da Alta Direção. O comprometimento não pelo discurso, pelas falas, mas pelas ações, pelo exemplo, pela presença constante.

A Gestão da Qualidade moderna preconiza o comprometimento dos Gestores. A comunicação efetiva em todos os níveis da organização, a comunicação e cooperação entre todos os departamentos e áreas.

A Gestão da Qualidade moderna pressupõe o comprometimento de todos os funcionários, de todos os departamentos.

A Gestão da qualidade requer a qualidade de cada processo da organização, os processos operacionais, os processos administrativos, os processos de suporte.

Para que se consiga obter a competitividade necessária, o sucesso sustentado, é necessário alicerçar-se sobre um Sistema de Gestão da Qualidade.

Concluindo, para que um sistema de gestão da qualidade cumpra seus objetivos, de forma adequada, deve estar focado no sucesso sustentado, na competitividade, na inovação e na sobrevivência de uma organização e deve ter como premissas:

  • Comprometimento da Alta Direção
  • Foco na satisfação do cliente e nas necessidades e expectativas dos clientes e de outras partes interessadas pertinentes;
  • Foco em planejamento e nos riscos associados
  • Foco em resultados
  • Foco em processos e na eliminação de barreiras departamentais
  • A utilização eficiente de recursos
  • Comprometimento de todos
  • A tomada de decisões baseadas em fatos, dados e, sempre que possível, métricas.
  • A manutenção do conhecimento

Nosso curso de  Capacitação em Gestão por Processos e da Qualidade irá capacitá-lo e auxiliá-lo na implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade que alcance os objetivos estratégicos da organização.

Maurício Sócio – Auditor IATF 16949 credenciado pelo IATF (International Automotive Task Force). Auditor Líder ISO 9001 pela Fundação Vanzolini. Professor de cursos de Capacitação e Pós-Graduação Fundação Vanzolini – USP. Mestre em Engenharia de Produção – POLI/USP. Engenheiro de Produção – POLI/USP.

Gostou deste artigo? Receba os conteúdos e as novidades da Fundação Vanzolini no seu e-mail: Cadastre-se em nossa newsletter

Comentários