Crise valoriza o profissional de Logística

Crise valoriza o profissional de Logística

A recessão econômica pela qual o Brasil passa já afeta a realidade de muitos segmentos, além de diversas áreas de atuação. Contudo, a logística está em uma posição singular neste contexto, já que é considerada uma das áreas chave no controle dos impactos da crise e para a retomada do crescimento, criando um cenário de valorização do profissional de logística.

No momento de desaceleração econômica, aperfeiçoar os gastos e as operações pode ser o diferencial para superar a crise e quem está no cerne da questão é o profissional desta área. Entre os fatores que intensificam o fenômeno está a alta do dólar, que torna a produção nacional mais atrativa para o mercado exterior e impulsiona as exportações.

Estudo do Guia Salarial 2016, aponta que os cargos de gestão dos segmentos de Logística e Comércio Exterior têm previsões de alta entre 3% e 6,9%. O cargo de Gerente de Logística apresentava, em 2015, uma média salarial entre R$ 8 mil a R$ 21 mil em empresas pequenas ou médias e entre R$ 10 mil a R$ 26,7 mil em empresas de grande porte.

A logística é vista cada vez mais com estratégia e para trabalhar com as atividades como armazenagem, distribuição e transporte, as empresas procuram profissionais com formação de engenharia de produção, administradores com especialização em logística e áreas afins.

O profissional de logística deve ter versatilidade para agir em diferentes situações em sua rotina com habilidades como bom relacionamento pessoal, espírito de liderança e visão estratégica. Um gestor da área deve lidar com um grande número de empregados envolvidos na operação, planejar o atendimento às demandas dos clientes e gerir as relações com os fornecedores. Para tal é importante ter habilidades no trato pessoal e saber negociar e se impor para proteger os interesses da empresa.

Também é importante que o profissional tenha visão global para enxergar o processo como um todo, e identificar irregularidades no fluxo das operações. O conhecimento de outras línguas é pré-requisito. O profissional deve estar por dentro das novidades tecnológicas, pois boa parte delas podem revolucionar as operações na área.

Fonte: Blog Logística

Desenvolvido por renomados professores de Logística e Supply Chain da Escola Politécnica da USP (Poli-USP), o curso de Pós-Graduação em Logística Empresarial capacita profissionais para os desafios de uma carreira de sucesso em logística empresarial integrada. Baseando-se em conhecimento prático e voltado para o mercado, apresenta as mais modernas ferramentas e métodos para a gestão logística.

Receba os conteúdos e as novidades da Fundação Vanzolini no seu e-mail: Cadastre-se em nossa newsletter

Comentários