Você é um líder bem resolvido?

Líder Bem Resolvido - Artigo
Ser bem resolvido é sentir-se sem amarras emocionais, é perceber-se livre para pensar, sentir e agir, com vontade de acertar para si e para o outro.

Ser bem resolvido não é ser impetuoso e querer resolver tudo muito rápido sem refletir sobre as consequências. Muitas vezes, confundimos pessoas impulsivas com pessoas bem resolvidas, quando, na verdade, são pessoas que não sabem equilibrar razão e emoção.

Ser bem resolvido inicia-se com a AUTOACEITAÇÃO.

Sabe por quê? Porque uma pessoa que se aceita não tem medo de se olhar, de se avaliar e de se mudar, quando percebe que possui pensamentos e comportamentos que estão atrapalhando sua vida.

Ser bem resolvido inicia-se com a autoaceitação e progride com o AUTOCONHECIMENTO.

Sabe por quê? Porque ninguém muda se não sabe o que precisa ser mudado.

O autoconhecimento propicia a sabedoria humana e juntamente com a autoconsciência fortalecem nossa força interior, levando-nos à ação, à vontade de ser melhor.

Ser bem resolvido é ter consciência de si, de sua dinâmica interna, de tal forma que tenha um canal aberto para conversar livremente com seus pensamentos e emoções, analisando-os a luz da realidade objetiva e, se preciso for, confrontá-los com as evidências, fatos e dados. Dão o tempo necessário ao pensamento analítico para avaliar a situação e os prós e contras de cada alternativa de solução. É claro, sem deixar de lado a voz do coração.

Mas não basta! Ser bem resolvido depende do AUTODESENVOLVIMENTO nas habilidades do entendimento de si mesmo, da leitura correta e objetiva dos próprios pensamentos, da compreensão generosa dos próprios sentimentos e emoções, sejam positivos ou negativos e se concretiza com uma atitude consciente, firme e positiva para enfrentar seu cotidiano, com comportamentos maduros e positivos para se relacionar com as pessoas.

Ser bem resolvido é ter sensibilidade e afetividade, pois é essa voz que ecoa quando é preciso perdoar a si e ao outro.

Ser bem resolvido é fazer escolhas conscientes.

Por Vera Martins

Entenda a importância da agilidade emocional para decisões assertivas num mundo ágil que exige foco e flexibilidade mental. E aprenda técnicas para aumentar a agilidade emocional, conheça nossos cursos de Liderança Assertiva Inteligência Emocional.

Sobre a autora

Vera Martins – Professora dos cursos de Liderança Assertiva e Inteligência Emocional na Fundação Vanzolini. Educadora, mestre em Comunicação e Mercado e especialista em medicina comportamental. É autora dos livros: ‘Seja Assertivo!’ e ‘Emocional Inteligente’. Foi executiva em Gestão de Pessoas por 20 anos e, no momento atua como coach, professora, palestrante e consultora organizacional. É facilitadora em seminários e workshops sobre: Liderança Assertiva, Negociação Eficaz, Gestão de Conflitos, Líder Coach, Gestão Emocional do Time, Formação de Times e Ética nas Relações de Trabalho. Palestrante em congressos de recursos humanos, com vários artigos publicados em revistas, jornais e sites especializados.

Receba os conteúdos e as novidades da Fundação Vanzolini no seu e-mail: Cadastre-se em nossa newsletter

Comentários