Como reprojetar uma empresa?

Reprojetar uma Empresa - Artigo
A técnica de planejar um novo futuro para a empresa exige essencialmente, o desenvolvimento da capacidade de divergir intensamente, das previsões atuais mostradas pelas séries históricas.

A mudança se processa de outra forma nem sempre pacífica e o planejamento deverá incorporar esta tônica: sempre será caracterizada por divergência, mudança de tendências e profundas alterações na estrutura administrativa da empresa.

Uma política de “cortar o cafezinho” é inócua, como também decisões de cortar certa quantidade de pessoas, que sempre será feito entre os menos afortunados que ganham pouco.

As primeiras tarefas a serem executadas são:

A – Variáveis – Definir configuração da situação atual de anorexia financeira, utilizando dez variáveis significativas.

B – Método – Determinar o método pelo qual as variáveis serão calculadas. A discussão das variáveis de controle do processo de ajustamento das contas e do método como estas variáveis são calculadas, deve ser objeto de uma única discussão.

C – Valores futuros – Deve-se definir os novos valores a serem assumidos no futuro, pelas dez variáveis. Os valores futuros a serem adotados para as variáveis devem ser um conjunto representativo de objetivos orgânicos, que assim que as variáveis tenham atingido os números adotados, o resultado da operação estará estabilizado e a empresa passará a ser possivelmente até geradora de caixa.

D – Cronograma – Definir o cronograma em que as variáveis decididas, necessariamente deverão assumir os novos valores.

E – Tarefas – Em administração de equipes de ajustamento de empresas é sugerido balancear adequadamente as responsabilidades e a autoridade de cada participante da equipe de reajustamento.

F – Ajuste – Cada um dos membros da administração deverá disciplinadamente realizar a sua parte no processo de tomadas de decisões e suas implantações para o ajuste dos números do demonstrativo de resultados.

G – Monitoramento – O Direcionador da empresa deverá monitorar a ação dos membros da equipe, examinando as áreas que estão atrasadas na consecução do plano de ajustamento. Caso algum membro da equipe esteja lerdeando nas suas ações de ajustamento, deverá seriamente ser considerado a sua substituição. É imperioso chegar aos números definidos, nos prazos estipulados.

_______________________________

Sobre o autor
Floriano do Amaral Gurgel – Engenheiro formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, ex-professor da Fundação Vanzolini e trabalhou como executivo de empresas do ramo de moldagem de material plástico, na área de produtos de consumo e peças técnicas para fornecimento de montadoras. É autor dos livros “Administração de Materiais e do Patrimônio” e “Reprojetando a Empresa”.

Comentários