O que se deve fazer para buscar a consolidação saudável da empresa?

Artigo Business
A empresa deve decidir em quais segmentos de mercado irá atuar no futuro. Esta decisão envolve o abandono de segmentos de mercado em que atua e a entrada em segmentos novos, onde não participa atualmente.

Conforme estas decisões estratégicas, a empresa deverá investir no desenvolvimento de planos de negócios e de marketing, novos sistemas de distribuição dos produtos e principalmente no delineamento e desenvolvimento de novas linhas de produtos.

A administração do processo estratégico abrangeria algumas etapas como:

Primeira tarefa – As competências – No direcionamento da empresa deve-se definir uma relação de competências de base, que considera mais próprias para o desenvolvimento da sua futura linha de produtos. Estamos definindo uma das etapas para o reprojeto do futuro.

O número de competências de base certamente, não superará a cinco. O que não for competência de base poderá ficar à disposição para terceirização.

Segunda tarefa – O administrador – A Direção deverá designar um administrador para cada competência, identificando quais são os colaboradores que possuem as habilidades técnicas ou estratégicas.

Terceira tarefa – Terceirização – Selecionar os processos a serem formatados e o pessoal necessário para os postos de trabalho.

Quarta tarefa – Harmonia – Orientar o marketing de desenvolvimento e a engenharia de produtos a trabalharem em estreita harmonia e colaboração com o pessoal das competências de base, para a preparação dos novos produtos de mercados.

Quinta tarefa – Estratégia da manufatura – A partir dos cenários de desenvolvimento da linha de produto providencia-se o desenvolvimento dos processos necessários para a futura produção dos novos produtos.

  • Mas qual é o perfil de profissional para essas atividades?

Os executivos das empresas em geral, não são devidamente treinados no redirecionamento de empresas e no reprojeto do futuro das sociedades que administram. A longa convivência com um regime inflacionário desenvolveu um paradigma, de que no Brasil essas atividades não passam de um exercício acadêmico, um amontoado de papel e que as coisas mudam todo dia e, portanto, nada que foi planejado servirá mais.

No processo de reprojeto de uma empresa são necessários três tipos de profissionais com índoles diferentes:

1 – O acionista controlador – Deve-se tratar de uma pessoa com formação contábil financeira e econômica, analista por excelência e profundo conhecedor das séries históricas, a análise de seus pontos de inflexão e com capacidade de realizar projeções divergentes acuradas. Este acionista deve conhecer profundamente a legislação societária e a lei das sociedades anônimas.

2 – Redirecionador de Empresa – O primeiro interventor nomeado pelo acionista que começou o direcionamento deve possuir uma visão claramente econômica e financeira para conduzir a empresa a uma situação, em que o dinheiro recebido dos clientes seria suficiente para pagar todas as despesas e os custos incorridos.

Ele não poderia se preocupar com uma análise apurada das motivações humanas e mesmo se envolver emocionalmente com pessoas que prestavam a sua colaboração a empresa, para poder fazer os ajustes necessários com precisão e eficiência.

3 – Administrador do Futuro – A gestão que se sucede ao redirecionador de empresa, deverá focalizar o ser humano para estimular a sua colaboração e direcioná-lo para o plano estratégico de reconstrução de um futuro promissor.

Para eliminar a possibilidade de problemas futuros, deve-se desenvolver na empresa, um programa para implantação do ambiente.

_______________________________

Sobre o autor
Floriano do Amaral Gurgel – Engenheiro formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, da mesma escola, ex-professor da Fundação Vanzolini e trabalhou como executivo de empresas do ramo de moldagem de material plástico, na área de produtos de consumo e peças técnicas para fornecimento de montadoras. É autor dos livros “Administração de Materiais e do Patrimônio” e “Reprojetando a Empresa”.

Comentários