As Regras das Categorias de Produtos (do inglês Product Category Rules – PCR) são vitais para o conceito de declarações ambientais. As PCRs dão transparência no desenvolvimento de EPD’s e a comparabilidade entre produtos.

Para que as Declarações Ambientais (EPD’s) cumpram com as expectativas do mercado, elas devem respeitar e cumprir rigorosos pré-requisitos específicos e metodológicos. Essas expectativas incluem a possibilidade de adicionar as informações da Avaliação de Ciclo de Vida ACV (Life-Cycle Assessment – LCA em inglês) baseado na cadeia de fornecimento e comparar EPD’s diferentes. Para atingir este objetivo, regras de cálculo comuns e harmonizadas devem ser estabelecidas para assegurar que procedimentos semelhantes são usados na criação de EPD’s.

No entanto, grupos de produtos, geralmente diferem em seu desempenho ambiental inerente, o que exige normas específicas para o grupo de produtos, este conjunto de regras é chamado pelas normas ISO 21930 e ISO 14025 de PCR (Regras da Categoria do Produto).

As regras da categoria do Produto (PCR) devem ser consideradas como complementares aos requisitos gerais dos programas de EPD contemplados nas normas ISO já mencionadas.