A Fundação Vanzolini, entidade ligada ao Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), é uma instituição privada sem fins lucrativos que tem por objetivo a difusão de conhecimentos na área de Engenharia de Produção.

Em 1990, foi a primeira entidade acreditada pelo INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial para a certificação de sistemas de garantia da qualidade.

A Fundação Vanzolini é membro pleno da “The International Certification Network” (IQNet), rede internacional de entidades certificadoras, presentes em mais de 150 países e responsáveis por aproximadamente 30% do número total de certificados de sistemas de gestão emitidos no mundo.

Em 2007, assinou contrato de cooperação com o CSTB e com o Certivéa, da França, para adaptar para o Brasil o Referencial Técnico – Démarche HQE e realizar a correspondente certificação da construção sustentável.

A Fundação Vanzolini é membro fundador da Sustainable Building Alliance, juntamente com entidades da França, Inglaterra, Alemanha, Itália e Finlândia, desde 2008. O objetivo da SB Alliance é buscar indicadores comuns para questões chave da avaliação e certificação da construção sustentável que permitam adequação local mantendo a relevância.

Também em 2008, a Fundação Vanzolini assinou contrato de cooperação com o CERQUAL, afiliado ao Qualitel, da França, para adaptar para o Brasil o Referencial Técnico – Démarche HQE e realizar a correspondente certificação da construção sustentável residencial.

Na cadeia da construção civil sustentável, o desempenho ambiental dos produtos, ao longo do seu ciclo de vida, é um componente de grande relevância, devendo, portanto, sua escolha ser definida a partir do desempenho determinado no projeto, considerando também os impactos ambientais que possam causar.

Por isso, em 2011, a Fundação Vanzolini desenvolveu a certificação de produtos sustentáveis da construção civil, o RGMAT, que inclui o conceito de Selo e de Declaração Ambiental de Produto, baseado em avaliação do ciclo de vida. O objetivo é proporcionar informações relevantes, verificadas e comparáveis sobre os aspectos ambientais, de conforto e de saúde dos produtos e materiais da construção.