Notícia

Nasce a PoliStart, a primeira aceleradora de startups da Fundação Vanzolini e ex-alunos da Poli-USP

 

PoliStart

Professores da Fundação Vanzolini e Poli USP, Profissionais e Ex-alunos da Poli USP, Turma de 80, responsáveis pela criação da PoliStart

Lançada no último dia 7 de dezembro, a PoliStart, uma aceleradora de startups nasce com o “DNA” da Poli, e a mentoria de profissionais experientes. A idéia surgiu de um grupo de ex-alunos da turma de 1980 do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), professores, diretores e conselheiros da Fundação Vanzolini.

O objetivo da aceleradora será conectar ainda mais os futuros engenheiros com o mercado externo, e vice-versa, num intercâmbio de idéias, inovações e compartilhamento de conhecimentos.

Para o engenheiro e empresário, Marco Szili, representante da turma de 1980, “a PoliStart representa a oportunidade de criar algo novo e devolver à sociedade o que ela nos deu”.

Durante um ano, professores da Poli, ex-alunos da turma de 80, diretores e conselheiros da Fundação Vanzolini estudaram os ecossistemas envolvidos e as questões do empreendedorismo.

PoliStart

Marco Szili, falou como representante da turma de 1980 da Poli USP.

“A experiência da Fundação, que já é um centro de referência para empresas e profissionais, e recentemente foi credenciada como uma Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT), junto ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, mostra que somos uma escola de ponta. Os desafios são grandes, mas estamos preparados”, declara o João Amato Neto, professor da Poli-USP e presidente da Fundação Vanzolini.

Para Franklin Ribeiro, ex-aluno de engenharia da computação da Poli e hoje, gerente de investimentos da Investe São Paulo – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade – do Governo do Estado de São Paulo, “a PoliStart nasce num momento muito favorável às startups no Brasil, com grande potencial e a vantagem da Poli ser uma grande formadora de executivos”.

Mais de 100 convidados estiveram presentes ao coquetel de lançamento da aceleradora, que também representava o fim do ciclo de comemorações dos 50 anos da Fundação Vanzolini.

PoliStart

PoliStart

Claudio Bessa, da IBM, foi uma das personalidades que discursaram sobre esta importante iniciativa.

Inicialmente, a PoliStart será uma aceleradora de idéias e startups em gestação ou nascidas no ambiente da Poli USP, por seus alunos e docentes. Mas, com o tempo também terá o desafio de contribuir para o desenvolvimento de produtos e processos inovadores para clientes, interligando o investimento e a geração de valor.

A PoliStart contribuirá para a formação dos novos engenheiros, que precisarão atuar numa sociedade em constante mudança.

Acesse www.polistart.com.br e saiba mais.

 

 

 

 

 

 

Confira algumas fotos do evento que marcou o lançamento da PoliStart:

____________________

Receba os conteúdos e as novidades da Fundação Vanzolini no seu e-mail: Cadastre-se em nossa newsletter


Um comentário para “Nasce a PoliStart, a primeira aceleradora de startups da Fundação Vanzolini e ex-alunos da Poli-USP”


Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*