Notícia

Fundação Vanzolini cria selo A2S para estabelecimentos livres de Covid-19

A chancela poderá ser concedida a estabelecimentos comerciais,  corporativos e repartições públicas  

A crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19 mostrou a necessidade de os locais de circulação de pessoas, públicos ou privados, comprovarem que aplicam boas práticas de limpeza e sanitização. As atividades que eram antes triviais no dia a dia de cidades − como o simples ato de sentar em um café para ler o jornal − se tornaram menos confiáveis após a crise. Nesses contextos, como forma de contribuir para o processo de resgate da confiança e segurança desses locais, a Fundação Vanzolini lança o selo A2S -Ambiente Seguro e Saudável – que identificará os ambientes que prezam por boas práticas, envolvendo desde o processo de gestão da limpeza e condições sanitárias, até a adequação das condições de trabalho, políticas internas, treinamentos e adequação de estrutura para a garantia de um ambiente seguro.

O selo A2S – Ambiente Seguro e Saudável é fundamental para que estabelecimentos comerciais (restaurantes, lojas, drogarias), corporativos (escritórios), indústrias e repartições públicas proporcionem aos usuários segurança no dia a dia. É um importante sinalizador de ambiente que preza por boas práticas e medidas preventivas e abrange requisitos específicos para a prevenção de vírus, como o 2019-nCoV, batizado de SARS-CoV-2, causador da pandemia da doença Covid-19, com protocolos mais rigorosos para limpeza e desinfecção.

De acordo com a coordenadora do selo A2S – Ambiente Seguro e Saudável, Flávia Corrêa Ferreira, “o selo contribuirá com a sistematização dos processos de limpeza dos locais de grande circulação, com vistas a dar maior segurança aos usuários, clientes e colaboradores que acessam esses espaços. O objetivo é o público ter a tranquilidade e o conhecimento de que o local aplica uma gestão sanitária eficiente e responsável”.

O processo de avaliação dos ambientes será realizado por uma equipe de auditores capacitados em avaliar se a gestão da limpeza segue rigorosa rotina sanitária, conforme critérios internacionais exigidos pela própria certificação.

Estabelecer fluxos de circulação que respeitem a distância entre clientes, colaboradores ou usuários conforme estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), utilização do sanitizante correto, critérios de aplicação e frequência, orientação dos envolvidos para a garantia da eficiência das medidas adotadas, bem como validação de processos, estão entre os itens que os estabelecimentos precisarão demonstrar aos auditores para conquistar o selo.

Na avaliação, os estabelecimentos deverão apresentar, por exemplo, que dispõem de dispensers de álcool em gel ou lavatórios nas entradas e saídas dos ambientes; que conseguem estabelecer o distanciamento mínimo de 1 metro entre os usuários nos ambientes de refeições; demonstrar que os colaboradores foram capacitados quanto à utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI); e que possuem regras para o consumo de alimentos em locais e horários específicos, lotação dos ambientes ou escalonamento de horários etc. 

Sobre a Fundação Vanzolini

 A Fundação Vanzolini se aprimora para contribuir com o desenvolvimento socio-econômico do país, formando profissionais, promovendo palestras, treinamentos e cursos na área de Gestão da Qualidade; concedendo certificados no âmbito das normas ISO 9001, para Sistemas de Gestão da Qualidade; Sassmaq; Transqualit;  e ISO/TS 16949, para Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade para a Industria Automotiva; ISO 14001, para Sistemas de Gestão Ambiental; Certificação AQUA-HQE, para Construções Sustentáveis; ISO 45001, para Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional; e Normas ONA, para Acreditação de Organizações de Saúde. É acreditada pela acreditação ISQua – organização de âmbito mundial que promove a melhoria da qualidade e a segurança na prestação de serviços em saúde, conferindo qualidade internacional e atestando que os nossos clientes são atendidos por um organismo de certificação que preza pelas melhores práticas adotadas mundialmente.


4 comentários para “Fundação Vanzolini cria selo A2S para estabelecimentos livres de Covid-19”


Eliel Fernandes

Parabéns ao Instituto!!! Iniciativa louvável que cria um contra ponto para atenuar os constantes traumas causados pela pandemia, principalmente aos negócios “public on site”.
Obs.: Considerando que as pessoas também são transmissoras e fazem parte do ambiente, a comunicação merece um ponto de atenção na afirmação “ambiente livre de COVID-19”.

Responder

    luisapierson

    Agradecemos o seu comentário Eliel! Nossa missão também é contribuir de forma relevante para a sociedade e os cuidados com as empresas e seus colaboradores.

    Responder

Odecio J G Branchini

Prezados
considero a iniciativa muito boa e pertinente, entretanto tenha algumas dúvidas:
1. o atendimento aos requisitos para obtenção do Selo A2S esta subordinado a alguma norma, portaria ou procedimento específico?
2 o fato da organização do ter obtido a certificação reduz a eventual aplicação de multa pelos órgãos fiscalizadores?
3. Tomei conhecimento que houve uma live a respeito, ela já esta disponível para acesso?
4. A FCAV emitiu algum documento relacionando os requisitos que serão exidos para obtenção do selo?
5. Considerando que as exigências podem ser especificas, seja no âmbito estadual ou municipal, a certificação abordará estas especificidades?
6. A FCAV estará promovendo curso on line a respeito?

Responder

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*