Notícia

Economia Social e Solidária é tema de seminário realizado na POLI-USP

Economia social e solidáriaNo fim de 2017, ocorreu, na Escola Politécnica da USP, o XII Seminário Internacional do Comitê de Processos Cooperativos e Associativos (Procoas), com o objetivo de promover o debate e a reflexão teórico-prática sobre as experiências de Economia Social e Solidária a partir do princípio da autogestão, em suas diferentes expressões na América Latina.

O Procoas, que compõe a Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM), é espaço interuniversitário que tem como objetivos debater os processos cooperativos e associativos e da Economia Social e Solidária na perspectiva da docência, pesquisa e extensão, fomentar e promover estudos na área, a partir de programas conjuntos de intercâmbio, eventos acadêmicos e pesquisas conjuntas. Entre as temáticas que foram abordadas no evento, estão: Educação Popular e Extensão Universitária; Consumo Responsável e Comércio Justo; Soberania Alimentar, Agricultura Familiar e Camponesa e Agroecologia; Gênero; Raça; Tecnologia Social; Resíduos Sólidos: Coleta e processamento de materiais reaproveitáveis; Finanças Solidárias; Saúde Mental; Políticas Públicas; Comunidades Tradicionais; LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

Como resultado do evento, o Comitê do Procoas elaborou a Carta de São Paulo, documento que expressa o posicionamento do grupo diante do atual contexto social, tentando “construir, sistematicamente, de forma proposital, respostas compatíveis com os anseios, objetivos e princípios orientadores de iniciativas de trabalho associado autogestionário, com destaque especial de algumas questões identificadas neste seminário como centrais neste processo”. Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

____________________

Receba os conteúdos e as novidades da Fundação Vanzolini no seu e-mail: Cadastre-se em nossa newsletter

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*