Local: Paulista

O MBA – Gestão da Inteligência Competitiva, visa monitorar o ambiente competitivo no qual a empresa atua em busca de informações relevantes para seus processos de tomada de decisão. Está relacionada com a obtenção de informação por meios lícitos e éticos, usa fontes públicas para buscar informações de importância estratégica para a empresa acerca do mercado e sobre a concorrência.

Não se trata apenas  de coletar informações de diversas fontes, mas analisá-las e sintetizá-las para estarem disponíveis  para que os gestores da empresa tomem  suas decisões de forma a obter vantagem competitiva. Inteligência Competitiva é o processo que investiga o ambiente onde a empresa está inserida, com o propósito de descobrir  oportunidades e reduz ir os riscos, bem  como diagnostica o ambiente interno organizacional, visando o estabelecimento de estratégias de ação a curto,  médio e longo prazo.

Quando  se fala em inteligência, admite-se ainda  um  duplo  significado: posse e criação de conhecimento . Desta forma, na ideia  de Inteligência Competitiva são necessários conceitos de Gestão do Conhecimento e de Estratégia Competitiva.

Desenvolver a compreensão do conceito de Inteligência competitiva, a capacidade para identificar as informações necessárias para a tomada de decisões estratégias, a habilidade de identificar e avaliar as fontes de dados disponíveis para este processo, capacitar o aluno a projetar e implantar aplicações de Inteligência Competitiva, Gestão do Conhecimento e Customer Relationship Management (CRM), Data Warehouse (DW) e Data Mart (DM).

Profissionais de TI, analistas de planejamento, gestores de negócios, gerentes de produtos e mercados, e profissionais interessados na transformação de dados em informações para tomada  de decisões  estratégicas.

O corpo docente é formado por professores do Departamento de Engenharia de Produção e de outras unidades da USP e por especialistas e profissionais associados à Fundação Vanzolini, com notório saber nesta área.

Coordenador: Fernando José Barbin Laurindo

Professor Titular do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Graduado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo (1984), graduado em Direito pela Universidade de São Paulo (1996), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo (1995), doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo (2000). Fêz Pós doutorado em Ingegneria Gestionale pelo Politecnico di Milano (2004) e Livre Docência em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo(2005), sendo indicado para Professor Titular em concurso realizado em 2009. Atualmente é Chefe do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e membro de conselho científico da Revista Produção. Foi Presidente da Comissão de Pós-Graduação da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, vice-presidente da ABEPRO (Associação Brasileira de Engenharia de Produção) e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Planejamento e Estratégia de Tecnologia da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: estratégia de tecnologia da informação, estratégia empresarial, planejamento e avaliação da tecnologia da informação, inteligência competitiva e gestão de projetos.

Vice-Coordenador: Marcelo Pessôa

Professor Livre Docente do departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP, e membro do Conselho Curador da Fundação Vanzolini. É engenheiro eletricista, Mestre e Doutor pela Escola Politécnica da USP. Tem 40 anos de experiência nas áreas de computação, automação e telecomunicações e trabalhou em empresas como Cosipa, Siderbrás e Centro de Pesquisas da Telebrás.

Nos últimos 10 anos tem se dedicado a pesquisas na área de qualidade de software, tendo orientado diversas dissertações e teses sobre esse tema. Participa da implantação do CMMI em empresas industriais e bancárias, inclusive avaliação de processos baseada no CMM. Auditor líder da ISO 9000, tem participado da implantação da ISO e do CMMI, conjugadamente, em empresas de software.

Membro efetivo da Comissão de Estudos de Gerência do Ciclo de Vida de Software da ABNT, participando da elaboração de normas nacionais e internacionais da área de software tendo representado o Brasil em reuniões internacionais. Desde 2007 tem ministrado disciplinas e palestras sobre análise de negócios e processos de software. É conselheiro do Capítulo São Paulo do IIBA – International Institute of Business Analysis.

Pós-Graduação – lato sensu

Provas/trabalhos – média mínima de aprovação 7,0 – freqüência mínima 85% e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

24 parcelas de R$ 1.390,00.

O valor total do curso é de R$ 33.360,00.

 

Condições para Concessão de Bolsas de Estudos

processo-bolsas-de-estudos-candidatos