Treinamento de capacitação sobre diferentes formas e ferramentas para se obter maior eficiência energética e maior economia de energia elétrica nas diferentes instâncias do poder público, suas edificações e suas infraestruturas de saneamento, indicado para técnicos do poder público de todas as instâncias (municipal, estadual e federal) e de todos os segmentos de atuação

“Usar a energia elétrica de forma eficiente, buscar o máximo desempenho dos equipamentos elétricos com o mínimo de consumo e adotar mudanças nos hábitos e atitudes são ações que podem gerar grandes resultados para a preservação dos recursos naturais do planeta e também para formação de uma sociedade mais consciente.

Um dos subprogramas do Procel é o Procel GEM – Gestão Energética Municipal, que atua junto às prefeituras com a missão de reduzir os seus gastos com energia elétrica. Assim, levar conhecimento sobre eficiência energética às equipes do poder público é uma das formas de disseminar conceitos e de ajudar os órgãos públicos a terem uma gestão eficiente de seu consumo e gasto com energia elétrica, além de divulgar positivamente o Procel e a Eletrobrás.”
(Eletrobrás, 2019)

Este treinamento contribui para que os técnicos do poder público, de todas as instâncias (municipal, estadual e federal) e de todos os segmentos de atuação, sejam introduzidos a diferentes formas e ferramentas para se obter maior eficiência energética e maior economia de energia elétrica nas diferentes instâncias do poder público, suas edificações e suas infraestruturas de saneamento, podendo buscar métodos de se obter melhores resultados ambientais e também maiores economias financeiras na gestão dos órgãos públicos.

   

DATA*

Turma: 01 | Janeiro de 2021 

*As datas estão sujeitas a alterações com prévio aviso.


INVESTIMENTO

Investimento total: Curso gratuito


PARA QUEM O CURSO É INDICADO

  • A capacitação sobre economia de energia elétrica é indicada para técnicos do poder público de todas as instâncias (municipal, estadual e federal) e de todos os segmentos de atuação. Os treinamentos apresentarão conteúdo introdutório e linguagem simplificada, sendo acessíveis para técnicos do poder público de todos os segmentos de atuação, independentemente de possuir ou não conhecimentos prévios nas áreas de eficiência energética ou de edificações.


O QUE VOCÊ VAI APRENDER

  • Os módulos de treinamento trazem conhecimentos introdutórios acerca de diferentes formas e ferramentas para se obter maior eficiência energética e maior economia de energia elétrica nas diferentes instâncias do poder público, suas edificações e suas infraestruturas de saneamento.


PROGRAMA

Módulo Introdutório: Eficiência Energética no Poder Público

Apresentação do contexto global da crise energética mundial e dos principais segmentos que são abordados em temáticas de eficiência energética no poder público.

Módulo 1: Gestão Energética no Poder Público – ISO 50.001 – Sistema de Gestão de Energia

Apresentação da ISO 50.001 trazendo a implementação e a manutenção de um Sistema de Gestão de Energia – inclusive sem a obrigatoriedade de certificação – enquanto forma de melhoria da gestão energética e da eficiência energética de uma edificação. As principais temáticas abordadas serão: o conceito da ISO 50.001; os ganhos com a implementação de Sistema de Gestão de Energia; como implementar um Sistema de Gestão de Energia; a adoção de aspectos da norma que geram benefícios; a adoção dos conceitos da norma em edifícios públicos; modicidade tarifária, multas e demanda contratada; e estudo de caso.

Módulo 2: Gestão Energética no Poder Público – PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações – Eficiência Energética) e Selo Procel Edificações

Apresentação do PBE Edifica e das diretrizes da IN 02/2014 MPOG quanto à etiquetagem de eficiência energética de edifícios públicos federais. As principais temáticas serão: o PBE – Programa Brasileiro de Etiquetagem e o PBE Edifica; as “ENCEs” (Etiquetas Nacionais de Conservação de Energia); o regulamento “RTQ-C”, sua estrutura e seus procedimentos; as diretrizes para etiquetagem de edifícios públicos através de retrofit; o ProcelInfo e o Manual para Etiquetagem de Edificações Públicas; o regulamento “RTQ-R” e sua estrutura geral da etiquetagem; o Selo Procel Edificações; os OIAs e como buscar a etiquetagem.

Módulo 3: Iluminação Pública – Eficiência Energética, Tecnologias e Equipamentos

Apresentação dos conceitos do funcionamento do sistema de Iluminação Pública, suas principais tecnologias e possibilidades de aumento da eficiência energética, inclusive com uso e aplicação de tecnologias e equipamentos de alta eficiência, apresentando também suas principais interfaces com a questão da Segurança Pública. As principais temáticas abordadas serão: como funciona a Iluminação Pública; o cálculo da fatura de Iluminação Pública e seu peso nas contas; a Iluminação Pública e seus avanços tecnológicos; os projetos de Iluminação Pública com uso de LED; o que Iluminação Pública tem a ver com segurança; e os direitos e deveres do consumidor.

Módulo 4: Prédios Públicos – Desempenho Energético Operacional de Edificações (DEO)

Apresentação das formas de avaliação e medição do desempenho energético da edificação em operação, comparando-a com níveis de referência e identificando potenciais de melhoria, com foco em Sistemas de Iluminação e de Condicionamento de Ar. As principais temáticas abordadas serão: o Desempenho Energético Operacional em Edificações: Conceitos; a relação entre Gestão de Facilities e DEO; o diagnóstico de aspectos de melhoria de Eficiência Energética e Conforto do Usuário nas edificações; Planejamento e Coleta de Dados e Benchmarking; a plataforma de cálculo de benchmarking de energia do CBCS; e exemplos práticos e economias obtidas.

Módulo 5: Prédios Públicos – Percepção de Conforto do Usuário

Aspectos de conforto ambiental do usuário da edificação, focando em diretrizes de saúde, conforto e bem-estar das pessoas com relação ao conforto térmico e conforto lumínico, apresentando normas de referência e diretrizes de referência. As principais temáticas abordadas serão: dinâmica de grupo: avaliação de conforto, conforto térmico e conforto visual; o conforto humano: 1º nível de resposta – a questão fisiológica; o conforto humano: 2º nível de resposta – a questão subjetiva; as metodologias para avaliação de conforto e normas técnicas para as diferentes vertentes de avaliação do conforto (térmica, acústica, ergonomia, iluminação, etc.); o conforto Térmico: o Modelo Adaptativo; os parâmetros do Conforto Visual: a NBR 8.995-1; e o papel do usuário no desempenho energético operacional.

Módulo 6: Saneamento Ambiental – Oportunidades de Eficiência Energética

Apresentação de conceitos, melhores práticas e metodologias de medição de eficiência energética em Saneamento Ambiental, abordando também a economia de água, inclusive enquanto forma de economia de energia, trazendo a importância da eficiência energética e consequências reais de sua falta de controle, a importância de evitar vazamentos e consequências do excesso de recalques, princípios de como melhorar a eficiência e de como criar e monitorar objetivos. As principais temáticas abordadas serão: conceito de Saneamento Ambiental; diferenças com Saneamento Básico; recursos envolvidos para o Saneamento Ambiental; energia necessária para Saneamento Ambiental; métodos e suas performances; eficiência Energética – como calcular e como otimizar; e estudos de casos.


FREQUÊNCIA

Para obtenção do certificado, o(a) participante deverá atender o critério de frequência mínima, que é equivalente a 75% da carga horária total do curso.


PROFESSOR

 

FELIPE QUEIROZ COELHO
Engenheiro civil pela Escola Politécnica da USP, Référent Certification HQE™, responsável técnico na Fundação Vanzolini pelo AQUA-HQE™, PBE Edifica e pelo programa de declarações ambientais – EPD Brasil®, polo regional do International EPD® System.
Auditor líder na Certificação AQUA-HQE de Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil, na Operação de Edifícios e no Planejamento Urbano;
Atuação na gestão e nas melhorias contínuas da Certificação AQUA-HQE de Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil, na Operação de Edifícios e no Planejamento Urbano e do PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações – Eficiência Energética);
Atuação profissional nas áreas de sustentabilidade, desempenho ambiental e eficiência energética em edificações;
Auditor NBR ISSO 9001 e em processo nas normas de Sistemas de Gestão Ambiental (NBR ISO 14001) e Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança Operacional (NBR ISO 45001) e PBQP-H/SIAC;
Inspetor de envoltória do PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações – Eficiência Energética);
Instrutor de treinamentos da Certificação AQUA-HQE de Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil, na Operação de Edifícios e no Planejamento Urbano e do programa de rotulagem ambiental EPD Brasil
Responsável técnico da Certificação AQUA-HQE de Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil, na Operação de Edifícios e no Planejamento Urbano.

 

GABRIEL BONANSEA DE ALENCAR NOVAES
Arquiteto e Urbanista, com Dupla Formação entre Engenharia Civil e Arquitetura e Mestrado em Tecnologia
da Arquitetura e do Urbanismo, ambos pela Universidade de São Paulo – USP, é atualmente o Gestor Técnico Adjunto do PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações – Eficiência Energética) junto à Fundação Vanzolini. Com atuação nas áreas de conforto ambiental, sustentabilidade e eficiência senergética, teve seu mestrado na área de desempenho ambiental no meio urbano e seus impactos sobre o conforto do usuário. Atua há mais de cinco anos na gestão da Certificação AQUA-HQE de Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil e do PBE Edifica junto à Fundação Vanzolini, onde é auditor e instrutor de treinamentos para os mesmos programas. Atua também como auditor de Sistemas de Gestão da Qualidade (NBR ISO 9001) junto à Fundação Vanzolini. Membro do CONECTICIDADE – Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, realiza também a organização de reuniões, palestras públicas, webinars e seminários do laboratório.

 

JOÃO CARLOS DE CASTRO CABRAL
CEO e fundador da MGI Suporte Projetos, Instalações e Consultoria Ltda. EPP.Empresa que desenvolve projetos, instalações, manutenção e consultoria nas áreas industriais, prediais
corporativos e comerciais nos segmentos de eletricidade, hidrossanitário e ar condicionado. Executando também consultoria em gestão de energia e eficiência energética. Tendo como clientes, grandes empresas nacionais e multinacionais.
Engenheiro Eletricista com Mestrado em Sistemas Elétricos Industriais – EFEI – Escola Federal de Engenharia de Itajubá (não completo).
Especialista em Sistema Iluminação e Bonificação do PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações – Eficiência Energética) na Fundação Carlos Alberto Vanzolini;
Implementador do Sistema de Homologação de Serviços e Equipamentos Elétricos na Fundação Carlos Alberto Vanzolini.
Implementador do Sistema de Eficiência Energética – NBR ISO 50001 na Fundação Carlos Alberto Vanzolini.
Consultor e Auditor do Sistema de Gestão – NBR ISO 9001 na Fundação Carlos Alberto Vanzolini.

 

JOSÉ APARECIDO DE OLIVEIRA
Consultor e Auditor Líder em Sistemas de Gestão de Energia ISO 50001. Iniciou a carreira em 1987 na indústria automobilística e depois nas indústrias eletroeletrônica e semicondutores. A partir de 1995 passou a atuar na área de consultoria e auditoria em sistemas de gestão e serviços especializados de engenharia, assessorando diversas organizações em todo o território nacional. Tem expertise em programas de eficiência energética e simulação energética computacional, utilizando software ENERGY PLUS, com foco nas certificações LEED – Leadership in Energy and Environmental Design e Norma de Desempenho NBR 15575 em edificações habitacionais. Engenheiro Eletricista pela FESP – Faculdade de Engenharia de São Paulo pós-graduado em Gestão de Projetos pela FGV – Fundação Getúlio Vargas.

 

MANUEL CARLOS REIS MARTINS
Coordenador Executivo – Construção Sustentável, projetos AQUA, PBE-Edifica e EPD Brasil na Fundação Vanzolini e membro do Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo – CONECTICIDADE, da Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP. Engenheiro Civil pela Escola Politécnica – USP e Ph.D. pelo Imperial College – London University. Especialização: Construção Sustentável AQUA-HQE e Gestão de Empresas – Brasil, França e Japão. Foi: Diretor da Engenharia Civil e Coordenador da Qualidade do IPT, Diretor de Certificação da ABNT, Presidente do Instituto Paulista da Qualidade, Coordenador de Certificação de Sistemas de Gestão da Fundação Vanzolini e Professor de Sistemas de Gestão Integrada – pós-graduação nas Faculdades São Luiz-SP, Faculdades São Francisco-Campinas, FIA/FEA-USP e IEE/USP.

 

NELSON SOLANO VIANNA
Diretor da Geros Arquitetura, é também consultor autônomo na área de Conforto Ambiental e Eficiência Energética nas Edificações desde 1979. Arquiteto e mestre em arquitetura pela FAU-USP, atuou como professor de universidades conceituadas como a própria FAU-USP, Poli-USP, Universidade Federal de Santa Catarina e outras universidades públicas e privadas. Ex-pesquisador do NUTAU-USP, foi também arquiteto bolsista do Ministério das Relações Exteriores da Itália junto ao Instituto do Ambiente Construído da Faculdade de Arquitetura do Politécnico de Turim. Atualmente é auditor do HQE-AQUA e gestor técnico do PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações – Eficiência Energética), junto à Fundação Vanzolini ligada à Poli-USP.

 

PAULO HENRIQUE DANTAS MARTINS BERTOLINI
Graduação em Farmácia – Bioquímica (Universidade São Francisco), MBA em Gestão Empresarial (Fundação Getúlo Vargas – FGV)

  • Gerente de Novos Negócios da Fundação Vanzolini;
  • Gerente dos treinamentos da Diretoria de Certificação da Fundação Vanzolini;
  • Há mais de cinco anos como gestor de cursos e treinamentos da Fundação Vanzolini, desenvolvendo negócios, cursos e seus materiais, ministrando treinamentos, organizando e gerenciamento eventos;
  • Mais de dez anos de experiência como gerente em organismos de certificação, com sólida experiência em desenvolvimento e implantação de acreditações, entre elas, para certificação de sistemas de gestão, certificação de produtos e inspeções.

 

ROBERTO POTENZA
Graduação em Engenharia Metalúrgica (Escola de Engenharia Mauá),  Master of Science in Environment with Doctoral Study (Case Western Reserve University), Especialização em Planejamento Estratégico (Universidade de São Paulo – USP), Engenharia de Segurança do Trabalho (CII Texas University), 2007: MBA em Gestão de Projetos (Fundação Vanzolini).

  • Atuação como coordenador, gerente e consultor nas áreas energética, QSMS, construção de plataformas, terminais de bombeamento, saneamento ambiental, etc. de diversas empresas, como Grupo AEGEA, Montreal Engenharia, Consórcio Technip / Techint, CNEC Engenharia, Portal Petrobrás, etc.
  • Atuação profissional como Consultor de Eficiência Energética em Saneamento em Empresas;
  • Auditor Líder de Sistemas de Gestão da Qualidade (NBR ISO 9001), Gestão Ambiental (NBR ISO 14001), Gestão de SSO (NBR ISO 45001) e Responsabilidade Social;
  • Especialista em Estudos de Eficiência Energética em Processos de Saneamento Ambiental;
  • Atuação profissional desenvolvida em Empresas de Engenharia, Construção e Montagem, em obras de Saneamento, Hidroelétricas, Construções Industriais, Óleo e Gás tanto Off-Shore quanto On-Shore, Ferrovias, Rodovias, Centros Administrativos e Habitação, etc.

 


Local: