Inscrições para 10ª Edição do Prêmio Odebrecht para Desenvolvimento Sustentável serão abertas em Outubro

A décima edição do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável – Brasil irá abrir inscrições para estudantes de todo o Brasil em outubro deste ano. A premiação reconhece, desde 2008, soluções inovadoras nas áreas de engenharia, arquitetura e agronomia propostas por estudantes universitários. A partir deste ano, as inscrições começam no segundo semestre e ficam abertas até fevereiro, permitindo que os estudantes usem o período de férias para aprimorar os trabalhos. Os cinco melhores trabalhos receberão R$ 300 mil em prêmios, sendo distribuído entre os alunos autores dos trabalhos o professor orientador e a instituição de ensino. Cada um recebe R$ 20 mil. O Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável busca incentivar os jovens universitários a pensar suas áreas de estudo sob uma perspectiva sustentável, gerando conhecimento sobre o tema e colaborando, desse modo, para a construção de um futuro melhor. Realizado em 11 países, o Prêmio estimula a criatividade, encoraja a inovação em sustentabilidade e fortalece a parceria da Odebrecht com as instituições acadêmicas. Desde sua criação, o prêmio já reconheceu 78 estudantes, de 28 universidades espalhadas por 13 estados brasileiros. Além de abrir as inscrições em outubro deste ano, o Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável irá realizar a cerimônia de premiação da 9ª edição no mesmo mês. A premiação é parte do compromisso que a Odebrecht tem em fomentar a pesquisa em soluções criativas que atendam às necessidades de hoje sem comprometer as gerações futuras. A Odebrecht e seus Negócios acreditam que muitas das respostas para os desafios da sociedade estão nas salas de aula e na motivação dos jovens para ousar e inovar.

A décima edição do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável – Brasil irá abrir inscrições para estudantes de todo o Brasil em outubro deste ano. A premiação reconhece, desde 2008, soluções inovadoras nas áreas de engenharia, arquitetura e agronomia propostas por estudantes universitários.

A partir deste ano, as inscrições começam no segundo semestre e ficam abertas até fevereiro, permitindo que os estudantes usem o período de férias para aprimorar os trabalhos.

Os cinco melhores trabalhos receberão R$ 300 mil em prêmios, sendo distribuído entre os alunos autores dos trabalhos  o professor orientador e a instituição de ensino. Cada um recebe R$ 20 mil.

O Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável busca incentivar os jovens universitários a pensar suas áreas de estudo sob uma perspectiva sustentável, gerando conhecimento sobre o tema e colaborando, desse modo, para a construção de um futuro melhor.

Realizado em 11 países, o Prêmio estimula a criatividade, encoraja a inovação em sustentabilidade e fortalece a parceria da Odebrecht com as instituições acadêmicas. Desde sua criação, o prêmio já reconheceu 78 estudantes, de 28 universidades espalhadas por 13 estados brasileiros.

Além de abrir as inscrições em outubro deste ano, o Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável irá realizar a cerimônia de premiação da 9ª edição no mesmo mês.  A premiação é parte do compromisso que a Odebrecht tem em fomentar a pesquisa em soluções criativas que atendam às necessidades de hoje sem comprometer as gerações futuras. A Odebrecht e seus Negócios acreditam que muitas das respostas para os desafios da sociedade estão nas salas de aula e na motivação dos jovens para ousar e inovar.

Comentários