LAVA inicia a construção de uma torre de energia escultórica na Alemanha

Teve início a construção do projeto de renovação da torre de armazenamento de energia que o escritório LAVA (Laboratório para Arquitetos Visionários) projetou em Stadtwerke Heidelberg (SWH) em Heidelberg, na Alemanha. A nova fachada da torre cilíndrica de 56 metros e o projeto de um parque adjacente fazem parte de uma iniciativa para criar um marco escultural e símbolo de energia sustentável para a cidade.

Para adicionar dinamismo à antiga torre, o LAVA apresenta uma nova fachada em várias camadas com 11 mil placas de aço inoxidável em forma de diamante, as quais estão conectadas a uma rede de cabos de aço que pode girar até 45 graus com o vento. De acordo com os arquitetos, a quantidade de placas corresponde ao número de famílias que serão beneficiadas com a energia produzida. As geometrias da fachada foram inspiradas por formas encontradas na natureza.

Em tons de azul, os painéis de lã mineral compõem a camada interior isolante da fachada. Iluminada à noite por luzes LED de baixo consumo, a luz também representa as atividades internas da torre, sinalizando o preenchimento e esvaziamento do tanque de armazenamento. O movimento, a luz e a sombra controlam a aparência da torre, que se transforma através das estações ou da hora do dia.

Desde que o LAVA ganhou a competição para projetar a torre em 2016, um dos principais focos do trabalho desenvolvido foi a engenharia do edifício. Para garantir a eficácia do projeto, extensivas análises solares e testes com túneis de vento foram realizados. A energia solar e eólica produzida será utilizada para aquecer a água e então vendê-la como energia de calor.

O parque apresenta caminhos circulares que se cruzam em diferentes inclinações ao redor da torre, chamados “laços de energia” que alcançam os limites do terreno de 10.000 metros quadrados. Uma escada helicoidal posicionada no lado de fora da torre junto com dois elevadores permitem aos visitantes acessar o espaço de eventos na cobertura, com um bistrô e terraços ao ar livre. Como o novo edifício mais alto de Heidelberg, o terraço da cobertura oferecerá vistas panorâmicas da cidade.

Fonte: Archdaily

Comentários