Casa AQUA, projetada com base nos referenciais AQUA-HQE, é destaque na Folha de S. Paulo

Casa AQUA 2016

A Casa AQUA está de volta. O projeto foi destaque no último domingo na Revista São Paulo, da Folha de S. Paulo e estará em exposição em tamanho real durante a 30ª edição da CASA COR, maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do país, de 10 de maio a 17 de julho de 2016, no Jockey Club de São Paulo. O projeto foi concebido para atender aos critérios do Referencial Técnico da Certificação da Construção Sustentável – AQUA-HQE (Alta Qualidade Ambiental) aplicado no Brasil pela Fundação Vanzolini.

Trata-se de uma edificação que terá aplicados diferentes sistemas construtivos e soluções que economizam recursos naturais, reduzem a poluição e respeitam o meio ambiente com elevados níveis de conforto e saúde para os usuários.

Entre as soluções e sistemas de sustentabilidade da casa, estão a fachada ventilada e cobertura verde, para garantir o conforto térmico dos usuários; energia gerada por meio de painéis fotovoltaicos e turbina eólica; sistema de aproveitamento de água da chuva, entre outras.

A Inovatech Engenharia, consultoria de sustentabilidade para a construção civil, é a empresa idealizadora do projeto em parceria com o escritório Mindlin Loeb+Dotto Arquitetura, comandado pelos arquitetos Rodrigo Mindlin Loeb e Caio Dotto, de São Paulo.

“O objetivo é levar para a mostra um espaço conceitual, onde serão aplicados diferentes sistemas construtivos que aumentam o conforto dos usuários, além de materiais e soluções de projeto que diminuam o impacto da construção sobre o meio ambiente externo”, afirma Luiz Henrique Ferreira, diretor da Inovatech Engenharia.

De acordo com Caio Dotto, trata-se de “um módulo habitacional mínimo, energeticamente autônomo, móvel e capaz de se adaptar às variantes necessidades de seus usuários ao longo de seu ciclo de vida. A casa pretende não só registrar um modelo residencial unifamiliar industrializado como também provocar a reflexão sobre o que é de fato necessário consumirmos para se viver bem e como isso se reflete na natureza”.

A primeira Casa AQUA foi apresentada na Feicon Batimat 2009, a segunda na Ambiental Expo 2010, uma versão de apartamento modelo e o desenho de um Pavilhão educativo. Para Rodrigo Mindlin Loeb, sócio do escritório, “a Casa AQUA ganhou status de objeto de design, objeto de desejo customizável, modular, transferível e assim mais sustentável”.

Soluções e sistemas de sustentabilidade da Casa AQUA 2016:

  • Fachada ventilada e cobertura verde, para garantir o conforto térmico dos usuários;
  • Energia através de painéis fotovoltaicos e turbina eólica;
  • Sistema de aproveitamento de água da chuva;
  • Caixilhos em PVC para melhor isolamento térmico e acústico;
  • Sistema construtivo em placas de concreto e steelframe;
  • Uso de revestimentos com conteúdo reciclado;
  • Iluminação inteligente em LED;
  • Uso de equipamentos e metais sanitários com baixo consumo de água.

Clique no link e leia a íntegra da matéria.

Comentários