Notícia

Segurança da informação

Mesmo sem uma legislação brasileira que estabeleça a forma como as companhias devem lidar com informações e dados de clientes, funcionários ou parceiros, algumas empresas já perceberam que ter um processo adequado de segurança, que leve a oferecer uma “política de privacidade”, pode ser um diferencial competitivo. E, para isso, as empresas têm buscado certificações na área de segurança da informação. 


A Fundação Vanzolini, uma das principais certificadoras do país, está qualificada para emitir certificados de conformidade segundo as normas ISO 20000-1 (referencial internacional para a Gestão de Serviços de TI), ISO 27001 (norma internacional que possibilita às organizações avaliarem o seu sistema de gestão da segurança da informação), e é o único órgão no Brasil a conceder a certificação GoodPriv@cy, que estabelece requisitos para o gerenciamento da proteção e privacidade dos dados nas organizações.  


?Os certificados asseguram que existe uma relação de transparência entre a organização e seus clientes. Na certificação GoodPriv@cy, ao fazer um cadastro, por exemplo, você estará ciente de que forma as informações fornecidas serão utilizadas pela organização. Isso, sem dúvida, é um diferencial competitivo?, explica Airton Gonzalez, gerente de certificação da Fundação Vanzolini  


Apesar de não serem obrigatórias no Brasil, Gonzalez diz que há no país um movimento de instalação de grandes empresas européias e asiáticas em que as certificações ISO 27001 e GoodPriv@cy são exigidas. ?A proteção e sigilo de dados pessoais é hoje reconhecido como um direito fundamental. No entanto, verifica-se que a falta de um sistema de proteção de dados pessoais pode afetar o setor produtivo, já que dificulta uma maior abertura a fluxos comerciais com países que adotam legislação mais rígida a respeito, gerando uma certa insegurança por conta da falta de tratamento adequado para essas questões?. 

?Além desse fluxo de empresas estrangeiras que exigem essas certificações, o tema já está em discussão na Câmara e, em breve, teremos alguma legislação que tratará dessa questão. Isso, certamente, acarretará em uma grande procura por essas certificações?, conclui.


Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (11) 3836-6566 ramais 103, 105, 106 e 115 ou e-mail: certific@vanzolini.org.br.