Notícia

Sede do Sinduscon-BA receberá Selo Ouro do IPTU Verde em Salvador

O edifício sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), será contemplado com o Selo Ouro do IPTU Verde, benefício fiscal que foi regulamentado nesta terça-feira (24/3), pela Prefeitura de Salvador. O empreendimento da entidade foi o primeiro edifício comercial da Bahia a receber a certificação AQUA-HQE (Alta Qualidade Ambiental) nas fases Programa, Concepção e Realização, o que o capacitou para o nível ouro do tributo municipal.

“Além do incentivo fiscal o enquadramento de nossa sede no IPTU Verde representa um exemplo para o setor, do investimento na sustentabilidade dos projetos”, destaca Rafael Filgueiras, vice-presidente do Sinduscon-BA.

O IPTU Verde estabelece requisitos em cinco grandes áreas: Gestão Sustentável das Águas; Eficiência e Alternativa Energética; Projeto Sustentável; Emissão de Gases de Efeito Estufa e Bonificações.

O prefeito de Salvador ACM Neto destacou a importância da participação da sociedade na elaboração da lei do IPTU Verde e comemorou o resultado. “A Regulamentação, feita após amplo debate com os setores, posiciona a lei de Salvador na vanguarda deste tipo de legislação.” O benefício fiscal concederá descontos de 5% a 10% no valor do IPTU para donos de imóveis que contenham equipamentos e soluções ambientais.

O IPTU Verde estabelece três faixas de benefício: imóveis cujos equipamentos considerados sustentáveis somem 50 pontos receberão o selo “bronze” com direito a um desconto de 5%; com 70 pontos “selo prata” e 7% de desconto e o selo ouro requer mínimo de 100 pontos, com desconto de 10% no imposto.

O projeto

A sede do Sinduscon-BA é um edifício comercial eco-eficiente com nove pavimentos. A opção por construir dentro dos critérios estabelecidos pelo Processo AQUA – primeiro referencial técnico brasileiro para construções sustentáveis e auditado pela Fundação Vanzolini visa demonstrar ao mercado baiano a viabilidade econômica e técnica de incorporar novas tecnologias, sistemas e materiais com foco sustentável da concepção ao uso e operação de um edifício.

A sustentabilidade do edifício está relacionada à redução dos impactos ambientais ao longo do seu ciclo de vida, ao uso racional de recursos, gestão sustentável da água e da adoção de soluções que propiciem a eficiência energética.

Os espaços do prédio foram concebidos para promover a saúde e o bem-estar dos usuários, com soluções e tecnologias que proporcionam conforto higrotérmico, acústico, ofaltivo e visual, além da qualidade sanitária dos ambientes, da água e do ar. 

Fonte: TN Sustentável