Notícia

PROJETO 5S NO DAEE

A Fundação Vanzolini realizou um treinamento sobre a Gestão da Qualidade e Programa 5S (metodologia de origem japonesa para a organização de ambientes) para o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica de SP).


 


A iniciativa proporcionou melhoria na organização do ambiente do trabalho, destacando a responsabilidade necessária com a sociedade e meio ambiente. Entre as atividades programadas, os funcionários assistiram à apresentação de cases empresariais que aplicaram os conceitos do 5S. O projeto foi desenvolvido pelo professor Marcelo Pessoa e realizado pelos professores Paulino Graciano Francischini e Marcos Pandolfi.


 


Um dos momentos mais esperados pelos funcionários, durante a consultoria prestada pela Fundação Vanzolini, foi o Dia D, que ficou conhecido como o Dia do Descarte, coordenado pelo Departamento de Desenvolvimento Organizacional do DAEE, através da gestora Izildinha Esquirra. Os participantes receberam camisetas com dizeres relativos ao 5S e os alunos que participaram do curso eram também identificados por um avental azul. Houve demarcação antecipada dos locais onde ficariam os materiais inservíveis, separados por tipo: biblioteca, papel, equipamentos, entre outros. No final do dia, cerca de três toneladas de materiais foram separados e doados a uma ONG de catadores de papel, localizada no Centro da cidade de São Paulo. Com a venda do material descartado, a ONG obteve R$950,00. A partir desse resultado, o DAEE se prepara para estender esse tipo de iniciativa para outras áreas, pois, é uma atitude desenvolvida em grupo e que demonstra preocupação com o meio ambiente e com a sociedade e vai além da organização e disciplina no ambiente de trabalho.


 


Esse é um dos resultados alcançados pelas empresas que aplicam a metodologia 5S na organização do ambiente de trabalho. Outras ferramentas também podem ser aplicadas após a análise do Escritório Central de Projetos da Fundação Vanzolini, que atua em contato com os clientes potenciais detectando oportunidades de negócio e analisando as competências internas para o suprimento destas necessidades, por meio de pesquisas e análises.


 


Na opinião do professor Paulino Graciano Francischini, da Fundação Vanzolini, um dos responsáveis pela aplicação do programa 5S, embora sua aplicação não seja obrigatória, é um excelente ponto de partida para a implementação de programas mais complexos como ISO 9000, Lean Manufacturing, Total Productive Maintenance ou Total Quality Management. Com sua aplicação é possível obter ganhos significativos de produtividade e redução de custos, uma vez que proporciona acesso mais rápido aos recursos produtivos e libera espaço para a instalação de áreas produtivas, antes ocupadas com materiais fora de uso?, destaca Paulino.


 


Atualmente, a Fundação Vanzolini é uma das entidades apta a oferecer cursos e consultoria com base no programa 5S diretamente nas empresas. Esse trabalho é desenvolvido desde 1994, depois da visita ao Brasil do professor Kenji Nakata com apoio da JICA do Japão, organização que promove a difusão das técnicas industriais japonesas, incluindo o 5S, em vários países.


 


Mais informações: tel. (11) 3024-2262 – ecp@vanzolini.org.br