Notícia

Professor da Fundação Vanzolini fala sobre a indústria de games

Uma pesquisa conduzida pela Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (Fusp), que ouviu 133 empresas nacionais desenvolvedoras de games, constatou que a indústria brasileira de jogos eletrônicos tem competência, profissionais qualificados e escolas que formam pessoas para trabalhar no setor, no entanto carece de mais experiência nas áreas de negócios, comercial e administrativa

Para o professor da Fundação Vanzolini e vice-coordenador do estudo, Davi Nakano a indústria de games no Brasil é pequena e iniciante, em comparação com os líderes do mercado. O país não aparece como produtor importante e, segundo ele, é preciso criar condições de financiamento e capitalização para essas empresas, além de capacitar seus empresários.

Outra maneira de ajudar o setor seria a criação de demanda, que poderia vir, por exemplo, com a valorização de jogos para o ensino, nas escolas.

Clique e confira mais sobre o estudo.