Notícia

Por uma internet livre

No segundo dia de Campus Party, os 6.800 campuseiros vindos de vários cantos do mundo (e do Brasil!) puderam, entre outras atrações, assistir ao debate de Al Gore (vice-presidente dos Estados Unidos durante o governo de Bill Clinton, entre 1993 e 2001) e Tim Berners-Lee (criador da World Wide Web, em 1989).

Em quase uma hora e meia, os dois dos maiores nomes trazidos para a Feira defenderam uma internet livre de censura e controle.

“A rede deve ser como uma folha em branco. Tanto o controle da rede como o monopólio são ruins na internet para pessoas inovadoras como vocês (campuseiros). Preocupo-me quando um grande site controla todo um segmento. Provavelmente as inovações sairão somente dos laboratórios desta empresa e isso não é bom”, explicou Tim Berners-Lee.  “Esta nova geração, usando a internet, pode empoderar indivíduos para fazer um futuro melhor”, garantiu Al Gore.

O ex-vice presidente dos Estados Unidos e defensor de causas ambientalistas também lembrou a necessidade de novos modelos educacionais para o mundo. “Precisamos desenvolver um modelo que seja baseado na busca, usando a criatividade do aluno e tendo o professor como guia.”

A Campus Party também abriu as portas para o público em geral. Durante o dia todo, milhares de pessoas puderam circular na área aberta e gratuita do evento. A Fundação Vanzolini é parceria da Campus Party há 4 anos.