Notícia

Pela primeira vez, a Fundação Vanzolini concede certificação AQUA para um parque

No dia 24 de novembro será realizado o lançamento da Pedra Fundamental do Parque Ecológico Imigrantes, o primeiro a receber certificação AQUA, concedida pela Fundação Vanzolini. A colocação da Pedra Fundamental marca o início das obras do projeto pioneiro, idealizado pela Fundação Kunito Miyasaka, que já nasce dentro dos conceitos da sustentabilidade com o certificado AQUA referente à fase programa. Isso garante que o projeto terá baixo impacto no meio ambiente durante a fase de construção, menor consumo dos recursos naturais e de geração de resíduos.


Para Léo Ota, membro do Comitê executivo do Parque Ecológico, a emissão da certificação AQUA, totalmente adaptada à realidade brasileira, com reconhecimento internacional, garante avaliação completa do empreendimento, por meio de auditorias presenciais, realizadas pelos profissionais da Fundação Vanzolini. ?Isso nos dá credibilidade, segurança e resultados positivos para os negócios e empreendedores que apostam no projeto inédito no Estado de São Paulo?, conclui ele.


Com um conceito arquitetônico totalmente inovador, as áreas construídas do parque ficarão suspensas sobre uma densa floresta de Mata Atlântica. Passarelas entre as copas das árvores ligarão os espaços modulares projetados para abrigar salas multiuso, biblioteca, auditórios e centro de pesquisa. Um elevador vertical panorâmico permitirá o tráfego de visitantes entre as trilhas e esses espaços.


A área total de 4.570 m2 construída contará ainda com áreas de descanso, centro de pesquisa e auditórios para seminários e palestras, tudo totalmente integrado com respeito e preservação ao meio ambiente. O Parque Ecológico Imigrantes ficará às margens da Rodovia dos Imigrantes, no km 34,5, entre as cidades de São Paulo e Santos, e proporcionará amplo convívio com a natureza, aproximação das pessoas com a fauna e flora e com todo o Ecossistema Mata Atlântica. No site www.parqueimigrantes.org.br é possível obter mais informações sobre o projeto, que estabelecerá a ligação entre o Parque Estadual da Serra do Mar e a Represa Billings.



SOBRE A CERTIFICAÇÃO AQUA ( www.processoaqua.com.br) – Desenvolvida e adaptada à realidade brasileira pela Fundação Vanzolini, maior certificadora nacional, a certificação AQUA se baseia em 14 critérios de sustentabilidade, divididos em quatro fases: eco-construção, eco-gestão, conforto e saúde. Isso abrange a concepção, o projeto, a construção e a fase de uso dos empreendimentos, sejam eles residenciais, comerciais, complexos esportivos ou arenas ou ainda destinados à habitação popular. Com isso, reduz custos operacionais, geram baixo impacto no meio ambiente durante a fase de construção, consomem menos recursos naturais e geram menos resíduos.


A certificação vem ganhando cada vez mais adesão de construtoras e incorporadoras no país. Criada em 2008, já conta com 32 processos iniciados, 28 certificados emitidos (fases de concepção, programa e operação) e 17 empreendimentos certificados, totalizando cerca de 200 mil m2.


Entre os empreendimentos em processo de certificação AQUA, na cidade de São Paulo, estão o Jardim Corporate Center, da Incorporadora JHSF; Showroom Casa Natura; Centro de Eventos Nortel e Três  escolas estaduais da Fundação para o Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (FDE), responsável pela rede física da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Na Bahia, há dois empreendimentos residenciais da construtora Ecomundo e 01 edificos de escritórios corporativos da Syene . No Rio de Janeiro, em Niterói, a unidade da loja Leroy Merlin já obteve a certificação de todas as fases, além da Escola de Sustentabilidade Campus Natura, em Nazaré Paulista (SP), e a unidade Leroy Merlin em Taguatinga (DF).


A certificação é abrangente e inclui parâmetros técnicos, regulamentações e normalização técnica nacional. Sua metodologia, baseada no HQE francês, é reconhecida internacionalmente por diversas entidades certificadoras no mundo (França, Alemanha, Inglaterra, Finlândia, Itália  e Estados Unidos), que fazem parte da SB Alliance, da qual a Fundação Vanzolini é membro fundador e ocupa a vice-presidência.