Notícia

Novo referencial do Processo Aqua

Critérios foram aperfeiçoados e novos pontos foram instituídos, entre eles os do pbe edifica. Desde 2012, a Fundação Vanzolini vem trabalhando na renovação do referencial técnico para edificações habitacionais do Processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental), e agora publicou no site o resultado desse trabalho: uma nova versão com critérios aperfeiçoados, que aumenta ainda mais o desempenho ambiental das edificações e que inclui novos critérios, como os do PBE Edifica.

Entre as novas orientações do documento, se destacam a introdução da norma de desempenho para edifícios da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a NBR 15575; a maior adesão do Processo AQUA à ENCE (Etiqueta Nacional de Conservação de Energia), que avalia a eficiência energética de equipamentos; e a inclusão dos critérios da PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem) Edifica, que avalia a eficiência energética do edifício. Tanto a ENCE, quanto o PBE Edifica, foram criados pelo Inmetro em parceria com a Eletrobrás e possuem graduações que vão de “A” a “E”, de acordo com a eficiência energética.

A atualização do referencial técnico buscou valorizar os empreendimentos que se preocupam com a acessibilidade, projetos que possibilitem a adaptação dos compartimentos conforme o envelhecimento dos usuários e que proponham um desenho universal das unidades habitacionais.

Além disso, o novo referencial exige maior rigor na valorização dos resíduos gerados no canteiro de obras, monitoramento do consumo de água e energia durante a execução do projeto, minimização dos riscos sanitários no canteiro e escolha de produtos com procedência para desestimular a informalidade na cadeia produtiva de materiais de construção.

Em relação aos impactos da edificação no entorno, foram aprimorados os requisitos de desempenho em relação a preservação e melhoria da qualidade ecológica e paisagística do local, com a especificação do plantio de espécies vegetais complementares entre si, não invasivas, adaptadas ao clima e ao terreno. Também foram aperfeiçoadas as preocupações que visam criar um ambiente exterior agradável, um dos exemplos, é o novo critério que avalia o índice de reflectância solar dos materiais de revestimento dos pisos, coberturas, fachadas e muros.

O texto do novo referencial foi remodelado, com maior detalhamento sobre a evolução dos critérios. A revisão dos referenciais técnicos ocorreu com base na experiência acumulada pela equipe técnica da Fundação Vanzolini, responsável pelo processo de certificação, e fóruns de discussão formados por empresas e profissionais do mercado, além do intercâmbio técnico com o parceiro Francês CERQUAL, do grupo QUALITEL, um dos principais organismos de certificação do mundo e responsável pela certificação da Alta Qualidade Ambiental – HQE da habitação na França. Este padrão de análise e revisão será utilizado também para as atualizações futuras dos referenciais técnicos do Processo AQUA.

A atualização dos requisitos da certificação se preocupou em acompanhar a evolução mundial da construção sustentável e em melhor se adequar aos requisitos da SBAlliance – organização internacional sem fins lucrativos, que tem o objetivo de promover a adoção de práticas sustentáveis nos edifícios, por meio da promoção de indicadores universais comuns para a avaliação de desempenho – da qual a Fundação Vanzolini é uma das entidades fundadoras.