Notícia

Nota de esclarecimento

Em relação às informações veiculadas na imprensa, em que entidades como hospitais, fundações e institutos podem ser proibidas, a partir de 2010, de oferecer cursos de especialização lato sensu, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), conforme parecer já aprovado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e sob futura análise para homologação do ministro da Educação, a Fundação Vanzolini esclarece que:


– a medida não tem qualquer relação com os atuais programas de pós-graduação lato sensu e MBA da Universidade de São Paulo (USP), em operação nesta instituição;


– todos os cursos de pós-graduação e MBA, operacionalizados pela Fundação Vanzolini, são da USP, de acordo com o convênio mantido com a Universidade de São Paulo, o que assegura ao aluno a obtenção de certificado emitido e reconhecido pela própria USP;


– o parecer do CNE diz respeito a um credenciamento especial, em que uma entidade é credenciada pelo MEC para oferecer cursos de especialização sem vínculo com uma instituição de ensino superior.


Esse, portanto, não é o caso dos cursos de pós-graduação e MBA da USP, operacionalizados pela Fundação Vanzolini, uma instituição que preza pelo correto cumprimento do convênio mantido com a Universidade.


Diretoria Executiva
Fundação Vanzolini