Notícia

Fundação Vanzolini integra projeto Escolas que Inovam

Após meses de articulações iniciadas em 2012 entre a Fundação Telefônica, a Telefônica Vivo e a prefeitura de São Paulo, a Fundação Vanzolini – organização parceira do projeto Escolas que Inovam, finalmente ativou o link de 100 mega dedicado que vai conectar todos os salões da Campos Salles. A possibilidade de conectar 100% dos alunos a internet, uma das principais ações propostas pelo projeto, é um sonho que vem sendo esperado por professores e equipe pedagógica. Na Amorim Lima, infra-estrutura semelhante está sendo também implementada.

A operação exigiu trabalho conjunto de diversas instituições pois na região onde a escola está localizada, no bairro de São João Clímaco – zona sul da capital paulista, até então só era possível contratar/acessar conexão de no máximo 10 megas de velocidade. Na primeira quinzena de julho, a Telefônica concluiu a instalação dos cabos de fibra óptica até a entrada do Pólo Cultural de Heliópolis, complexo cultural onde está localizada a instituição. A implantação e acompanhamento dos serviços de infra-estrutura da rede sem fio ficaram a cargo da Fundação Vanzolini.

As obras tiveram mais um dificultador. “Tivemos que nos adequar ao ritmo da reforma que está em curso na Campos Salles”, afirma André Luiz da Rocha Bastos, coordenador de TI da Fundação Vanzolini. Desde janeiro de 2014, a escola se transformou num verdadeio campo de obras e toda a estrutura elétrica e lógica também teve de ser refeita. No dia 28 de julho, a equipe coordenada por André  juntamente com a equipe da Telefônica Vivo finalmente conseguiu ativar o link que possibilita a transferência de conteúdos em alta velocidade.

Uma rede wi-fi já foi montada para conectar todos os espaços, das áreas administrativas aos salões. Funcionários, professores e alunos agora podem conectar-se a banda larga usando computadores ou dispositivos móveis (tablets e celulares).

Além da conexão, a Fundação Telefônica, entregou à escola neste semestre 165  notebooks e 4 carrinhos de recarga para estes computadores portáteis. A partir de agosto, cada salão receberá um carrinho com 40 computadores para serem utilizados pelos alunos.

 

Fonte: Escolas que Inovam