Notícia

Empresa atendida pela Fundação Vanzolini recebe prêmio de sustentabilidade nos EUA

A marca paulista Feitiços Aromáticos recebeu uma homenagem da organização norte-americana sem fins lucrativos B Lab, uma certificação do sistema B com relevância mundial e que reconhece entre micro, pequenas e médias empresas ao redor do mundo aquelas que têm os melhores resultados em boas práticas de sustentabilidade. A avaliação de Impacto B estuda mais de 1,2 mil corporações e mais de 120 indústrias de todo o mundo, pontuando critérios como o impacto que cada empresa pode causar em seus colaboradores, comunidade e no ambiente.

Em abril deste ano, a B Lab divulgou que a marca brasileira ficou entre as melhores pontuações do mundo, alcançando 143 pontos e ficando ao lado de várias empresas internacionais. “É quase surreal, uma pequena empresa, da sofrida zona leste de São Paulo, conseguir um destaque desta proporção. Porém, é uma grande injeção de ânimo e nos incentiva a continuar nossa pequena construção, tijolo a tijolo”, é o que diz Raquel Cruz, cofundadora da marca.

A maior pontuação alcançada este ano foi da Juhudi Kilimo, do Quênia, uma provedora de crédito rural para compra de ativos agrícolas, que obteve 178 pontos. Em 2014 a Feitiços Aromáticos ficou com uma das maiores pontuações em sustentabilidade do Brasil.

Estratégia

Atendida desde 2013 pelo Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), ação da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) que qualifica e auxilia micro e pequenas empresas inexperientes ou iniciantes no comércio internacional a exportar, a Feitiços Aromáticos já foi a várias feiras e missões internacionais. Com exportações em curso para o Chile, a marca se aproximou de compradores da Colômbia e fechou parcerias para futuros contratos.

Confirmando a importância da premiação, a marca recebeu, apenas um dia após a divulgação das empresas reconhecidas em 2015, o contato de um possível cliente dos Estados Unidos (EUA), que solicitou informações sobre os produtos brasileiros e abriu a possibilidade de uma parceria para a primeira loja fora do Brasil.

Para Raquel, o trabalho junto à Apex-Brasil é de importância fundamental no caminho das exportações. “Para a pequena empresa é muito difícil criar uma estratégia de exportação de maneira solitária. O apoio dos consultores é fundamental para o empresário porque é um trabalho muito profundo que vai desde o diagnóstico da empresa até as orientações e o traçado do caminho estratégico”.

A organização B Lab promove essa premiação a empresas que se candidatam e concordam em passar por um processo de validação, como cumprimento de exigências legais e de desempenho. Para empresas fora do círculo EUA e Canadá, há a certificação internacional que é dividida por blocos regionais. O Brasil se encontra junto com Argentina, Chile e Colômbia.

Cosméticos sensuais

Localizada na zona leste de São Paulo, a Feitiços Aromáticos produz aromaterápicos inspirados na brasilidade de frutas e flores exóticas e tem o DNA sustentável, o que lhe rendeu o reconhecimento pela B Lab. A marca começou produzindo colônias para o mercado esotérico/místico. Poucos anos depois, iniciou parceria com a rede de lojas Mundo Verde e começou a produção da linha natural.

Em 2008 uma rede de lingerie entrou em contato propondo a criação de uma linha de produtos mais leves para o segmento de cosméticos sensuais. Assim surgiram produtos que vão de gel beijável com variados sabores a kits com óleos de massagem. Os produtos foram bem aceitos nas feiras do setor e pelos clientes, tornando-se o grande atrativo da empresa no mercado.

De olho no mercado internacional foi criada a marca Brasil Aromáticos e hoje a empresa atua com três linhas de produtos: Místico, Sensual e Natural. Para conquistar o público utilizando as peculiaridades dos produtos brasileiros, a marca foi pioneira na aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nos segmentos sensual e místico para comercialização nacional e internacional.

Saiba mais

O PEIEX é um projeto da Apex-Brasil que qualifica as empresas para a melhoria da estratégia organizacional voltada para a cultura exportadora, capacitando-as para participação em rodadas de negócios com tradings e missões internacionais. É feito um diagnóstico e são propostas soluções nas áreas de vendas e marketing, finanças e custos, capital humano, comércio exterior e manufatura.

Operacionalizado através de convênios com instituições de ensino ou de pesquisa, o PEIEX disponibiliza 38 núcleos operacionais localizados em 14 unidades da federação:  Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Pará e Rio de Janeiro.

Especialistas com formação superior e pós-graduados, os técnicos extensionistas assessoram as empresas no diagnóstico, implementação de melhorias e avaliação.

Para conhecer mais acesse www.apexbrasil.com.br/peiex ou entre em contato através do e-mail peiex@vanzolini.org.br.

Fonte: Apex-Brasil | Foto: Feitiços Aromáticos