Notícia

Educação Física para todos

O curso “Educação Física e Esporte como Inclusão Social na Escola” preparou 2.557 professores de Educação Física da rede pública estadual em exercício para receberem alunos com algum tipo de deficiência física, intelectual, visual ou auditiva. 

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) detectou que muitos docentes não estavam preparados para receber esses alunos e acabavam colocando-os à parte nas aulas de Educação Física. As crianças e os adolescentes cegos, por exemplo, ouviam música, e surdos disputavam xadrez, enquanto os não portadores de deficiência corriam, jogavam bola ou desenvolviam outras atividades físicas.
 
Em parceria com a Fundap e a Fundação Vanzolini, a SEDPcD desenhou a formação semipresencial para os professores, com carga horária de 44 horas. 
Por meio de videoconferências, videoaulas, exercícios no Ambiente Virtual de Aprendizagem e sugestões de leitura, os docentes aprofundaram o estudo de algumas deficiências; discutiram procedimentos para lidar com situações corriqueiras, como tirar um deficiente físico de uma cadeira de rodas; conheceram novas possibilidades de exercícios e as regras de cada esporte adaptado; e ouviram histórias de atletas, adolescentes e crianças que superaram suas limitações com a ajuda dos colegas de escola e de professores. 
 
A Fundação Vanzolini participou da gestão das ações de desenvolvimento do curso, da modelagem dos conteúdos para as diferentes mídias da produção de videoaulas, das atividades e materiais de apoio e do monitoramento da execução do projeto.