Notícia

Coordenador de projetos da Fundação Vanzolini fala sobre modernização das telecomunicações em Cuba

TelecomunicaçõesA modernização gradativa das telecomunicações em Cuba é um importante indicador de futuras mudanças políticas e econômicas. A abertura das zonas de wi-fi, sendo cinco em Havana e o restante em 16 cidades, faz parte da estratégia de prover internet a todos os cubanos até 2020, alinhada à “Agenda Conectar 2020” aprovada em 2014 pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), que estabelece, entre outras metas, que nos países em desenvolvimento, 50% das pessoas deveriam usar internet ou ter acesso à rede em suas casas e que os serviços de banda larga não deveriam representar mais do que 5% da renda média mensal das famílias.

Para o professor Mauro Spinola, coordenador de projetos da Fundação Vanzolini, a abertura proporcionada pela conexão de telecomunicações na Ilha, tem perspectivas similares ao que ocorreu na Polônia com a queda do comunismo, quando o país se integrou rapidamente ao resto da Europa. Porém, Spinola avalia que não é possível prever em que velocidade essa integração vai ocorrer e quando será suspensa a censura da internet.

Confira a matéria na íntegra.

fonte: Valor Econômico


Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*