Notícia

Conheça o PEIEX – Projeto Extensão Industrial Exportadora no Estado de São Paulo

PEIEXEm março de 2016 a Fundação Vanzolini assinou novo convênio com a Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos para execução do Projeto Extensão Industrial Exportadora. O novo convênio prevê 1.400 atendimentos a empresas no período de 2016 a 2017, visando melhorias de sua produtividade, qualidade e sistemas de produção e de gestão, somando-se aos 1.342 atendimentos já efetuados no convênio anterior. Os atendimentos são gratuitos, com despesas cobertas pela Apex.

No Estado de São Paulo, a Fundação Vanzolini é a entidade executora do PEIEX – Projeto Extensão Industrial Exportadora. O PEIEX objetiva capacitar empresas para aumentar sua competitividade exportadora, ofertar produtos de qualidade e utilizar as modernas ferramentas de gestão empresarial. O projeto foi criado e é mantido pela Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – para oferecimento de serviços gratuitos de capacitação e assessoria para empresas pertencentes aos mais diversos setores industriais.

Em sua origem, o convênio previa atendimentos exclusivos na região do ABC Paulista, logo estendidos a toda a região metropolitana (grande São Paulo). Durante o período inicial, de 2011/2013, o Núcleo PEIEX da Grande São Paulo realizou 192 atendimentos, alcançando expressivos resultados de competitividade e potencial exportador para as empresas. Em 2013 a Apex-Brasil ampliou o convênio com a Fundação Vanzolini/Poli-USP, inaugurando os Núcleos PEIEX da Grande Campinas e da Grande Ribeirão Preto. Frente à grande adesão e sucesso na qualificação de empresas, nova expansão foi conduzida em 2014/2015 com o lançamento dos Núcleos PEIEX do Vale do Paraíba e da Grande São José do Rio Preto. Neste período, os cinco Núcleos PEIEX contaram com equipe de mais de 30 profissionais no Estado de São Paulo e conduziram 1342 atendimentos a empresas com potencial exportador.

O PEIEX busca qualificar empresas para inserção de forma competitiva nos mercados globais. Isso pode envolver adaptações de produtos, embalagens e procedimentos de exportação, mas principalmente melhorias de gestão. Além de potencializar o comércio exterior, o projeto torna as empresas mais aptas a enfrentarem desafios em quaisquer mercados.

“Nos mais de 1300 atendimentos que já realizamos, destacam-se a falta de planejamento e a baixa produtividade como os maiores gargalos de competitividade. Muitas vezes a empresa possui potencial inovador, mas por falta de planejamento comete erros e indefinições de estratégia que a prejudicam. E há muito a fazer para melhorar a produtividade, alcançar preços competitivos ou diferenciação em mercados mais disputados.”
Prof. Dr. Mario Sergio Salerno – Coordenador do PEIEX Poli-USP/Fundação Vanzolini

O PEIEX não faz distinção de porte. Qualquer empresa que queira crescer precisa fazer a lição de casa: investigar, planejar, avaliar oportunidades e traçar ações para contornar desafios. Não foi diferente para as grandes empresas brasileiras que atingiram sucesso internacional e “nossas” empresas do PEIEX têm seguido o mesmo caminho.

Para mais informações, inscrições, casos e resultados, acesse www.peiexsp.com.br e assista ao vídeo explicativo para conhecer melhor o PEIEX:


Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*