Notícia

AQUA-HQE certifica prédio hospitalar pela primeira vez

O Instituto de Oncologia Santa Paula (IOSP) acaba de receber a certificação AQUA (Alta Qualidade Ambiental) por sua operação e uso sustentáveis. Depois de um ano de avaliação contínua, o IOSP é o primeiro edifício hospitalar do Brasil a apresentar as condições ideais de operação sustentável para receber pacientes para o tratamento de câncer por essa certificação.

“A sustentabilidade permeia os nossos processos principalmente no que se refere aos cuidados com o paciente e o ambiente no qual vamos atendê-lo. Entendemos que, além de oferecermos os melhores equipamentos e a melhor equipe médica, também devemos estar em harmonia com o meio ambiente”, afirma Dr. George Schahin, presidente do Hospital Santa Paula.

Para operar de acordo com o selo AQUA, o IOSP apresentou indicadores de desempenho de 12 meses para atender aos critérios da certificação. Além disso, o Instituto também passou por diagnóstico e inventário para legitimar as condições de segurança, habitabilidade e qualidade ambiental.

Operação sustentável

De acordo com o gerente de engenharia do IOSP, Walmor Pedro Brambilla, o perfil de qualidade ambiental do edifício cumpriu satisfatoriamente 14 categorias:

1. Relação do edifício com seu entorno
2. Escolha integrada de produtos, sistemas e processos construtivos
3. Canteiro de obras com baixo impacto ambiental
4. Gestão da energia
5. Gestão da água
6. Gestão dos resíduos de uso e operação do edifício
7. Manutenção – permanência do desempenho ambiental
8. Conforto térmico
9. Conforto acústico
10. Conforto visual
11. Conforto olfativo
12. Qualidade sanitária dos ambientes
13. Qualidade sanitária do ar
14. Qualidade sanitária da água

Entre os benefícios do selo AQUA para os usuários do IOSP destacam-se aspectos relevantes para pacientes em tratamento de câncer. Pacientes de quimioterapia que precisam, por exemplo, permanecer em infusão por quatro horas, três vezes por semana, ficam afastados de espaços com potencial para emissão de odores, evitando incômodos a esses indivíduos naturalmente mais sensíveis e propensos a enjoos e náuseas.

Lançada em 2008, pela Fundação Vanzolini, a certificação de sustentabilidade Processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental) trouxe uma proposta de mudança na cultura da construção civil brasileira. Desde então, a certificação obteve grande sucesso no mercado e superou o número de 300 edificações e 10.000 unidades habitacionais certificadas. Mesmo com êxito alcançado no período, o sistema de avaliação de desempenho ambiental brasileiro (AQUA), versão adaptada da certificação francesa Démarche HQE (Haute Qualité Environmentale), se renovou e alcançou um novo patamar em 2014: promoveu a fusão entre os referenciais técnicos brasileiros e franceses, criando a certificação AQUA-HQE, e a partir daí, passou a integrar uma Rede Internacional de Certificação para a sustentabilidade na construção.

Informações: www.santapaula.com.br