Notícia

A hora da exportação

Entrevista PEIEX - Fundação VanzoliniAs pessoas podem reclamar da crise, mas poucas vezes o Brasil reuniu condições tão favoráveis para a exportação.

O programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios esteve com Gabriel Dantas, consultor do PEIEX – Projeto Extensão Industrial Exportadora, da Fundação Vanzolini, para apresentar algumas dicas às empresas que desejam começar no comércio exterior.

Apesar da burocracia e dos problemas de infraestrutura, não é difícil exportar. A primeira providência é identificar o mercado, como por exemplo, o país consumidor em potencial do produto. Existem empresas que ajudam a encontrar compradores no exterior. Outra dica é visitar feiras de negócios.

Para exportar a empresa precisar ter uma licença concedida pela Receita Federal e verificar a legislação do país de compra. Também é recomendável registrar a marca; fazer o Hedge, um contrato de proteção cambial para se prevenir da oscilação do dólar; e ter um site bilíngue e embalagem no idioma do país.

A matéria destacou ainda o case de uma empresa de salgadinhos de mandioca e beterraba que ganhou espaço no mercado externo.

A empresa começa com uma vantagem competitiva: tem matéria-prima abundante e barata no Brasil. “Quando eu vi o produto lá fora, eu falei: se eles conseguem fazer lá sem as raízes, aqui no Brasil, que é um grande produtor dessas raízes, a gente pode fazer também e competir lá fora”, explica o empresário Felipe Dorf.

Para saber um pouco mais sobre este case de sucesso, acesse o link da matéria completa.

E se você também é empresário e deseja expandir os horizontes do seu negócio, conheça o PEIEX, um programa gratuito, desenvolvido pela Fundação Vanzolini, em parceria com a Apex-Brasil.


Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*